A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Homeopatia - Resumo - Matéria médica Tarentula (aranhas)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Tarentula
•Tarentula hispanica
•Tarentula cubenses
•Mygale lasiodora
•Theridion
•Aranea diadema
TARENTULA HISPANICA
• Aranha comum nos países quentes do Mediterrâneo; 
• Assemelha-se as aranhas domésticas, mas é maior e mais forte; 
• A Tintura mãe é preparada com o animal inteiro que é esmagado e acrescentado álcool a 90º, a partir daí obtemos as diferentes diluições
A Picada:
• Dor intensa ; 
• Sensação de frio e pequeno edema a partir do ponto de inoculação do veneno, estendendo -se pelo corpo ; 
• Pequenas convulsões ; 
• Ansiedade com dispnéia, febre e delírio -indivíduo confuso, atrapalhado, estonteado . 
• Face pálida, pulso irregular e fraco .
Indivíduos que vibram em ... 
• São laboriosos, com uma inquietude mental e física muito intensa com grande ansiedade; • Comportamento rancoroso (envolvem as pessoas em suas teias); 
• Quadros maníacos violentos, gestos ameaçadores, falam de destruição e morte. Este instinto destrutivo podem levá-lo a rasgar as roupas, arrancar os cabelos, golpear o corpo e até agredir pessoas queridas. 
• Blasfemadores, astutos, amorais; 
• Dissimuladas, quando não há alguém para observá-los os sintomas histéricos desaparecem; 
• Tudo os aborrece, não toleram a menor contradição, recusam-se a comer, gritam; 
• São hipersensíveis à musica, que a princípio os excita e logo os tranquiliza, melhorando seus sintomas;
• Avesso à companhia, mas quer alguém presente; 
• Ingratos, descontentes, guiados por caprichos, obstinados. 
• Humor variável (passa de alegria com risos histéricos a uma profunda tristeza com pranto abundante), no entanto o que predomina é a tristeza e a melancolia; 
• Demência senil; 
• Crises de delírio incoerentes, canta e dança; 
• Impulso de mudar de lugar, agita-se sem parar, movimenta os membros a cabeça.
Sono: 
• Antes de dormirem: agitação dos membros (Causticum, Zincum metallicum); 
• O sono é agitado por sonhos e pesadelos. Desperta com sobressaltos e palpitações;
Cabeça: 
• Constantemente em movimento, sensações de calor ardente; 
• Dores inúmeras e variadas. Podem se acompanhar de dispnéia, palpitações, tristeza, desejo de chorar, sensação de congestão que agrava por abaixar e pela luz. 
• Dores agudas – gritos do paciente. 
• Olheiras azuladas, fotofobia; 
• Olhos brilhantes e bem abertos, midríase direita e miose esquerda; 
• Prurido ocular com lacrimejamento espesso; Sintomas de conjuntivite, sensação de areia nos olhos;
Ouvidos: 
• Dores com sensação de zumbido, com vertigem; dor queimante , que agrava pela pressão; 
• Secreção mucosa ou marrom espessa. 
Face e Nariz : 
• Face pálida contrastando com pescoço vermelho; 
• Epistaxe abundante, sangue negro e facilmente coagulável;
Digestivo: 
• Odontalgias com sensação de formigamento, como se os dentes estivessem soltos e fossem cair (Kent). Dores pulsáteis e com sensação de choque - pior com o frio; 
• Boca seca, halito fétido e aftas dolorosas na língua; 
• Dor de garganta quando fala, tosse, boceja ou engole; 
• Sensação de constrição dolorosa ao fumar e engolir. Amigdalite com febre alta;
• Sede intensa, anorexia. Aversão à carne, pão e chocolate; 
• Soluços, náuseas e vômitos biliosos mucosos ou alimentares; 
• Dores no estômago leves e outras vezes violentas, com angústia, desfalecimento e sobretudo inquietude e necessidade de movimentar-se; 
• Constipação com esforços ineficazes, com fezes duras;
Aparelho Urinário:
• Urina vermelho escuro, fétida com sedimento arenoso; 
• Cistites com dores e incapacidade de urinar ou em gotejamento; 
Orgãos Genitais: 
• Desejos sexuais incontroláveis, lascivos, maníacos sexuais, homosexualismo; 
• Ereções, sêmen sanguinolento; 
• Mulheres: Vulva seca e quente, com muito prurido (Boericke);
Respiratório: 
• Rouquidão, sensação de ardor da garganta; 
• Tosse seca com expectoração abundante (levando ao vômito); 
• Dispnéia com respiração ofegante e ataques de sufocamento seguidos por choro, gritos e inquietude; Opressão no tórax.
Costas e Extremidades: 
• Rigidez dolorosa do pescoço e ao longo da coluna; 
• Violentas dores lombares e articulares - não suporta peso das roupas (LATHOUD); 
• Agitação das extremidades, move as mãos constantemente, coça os dedos sem parar; 
Pele: 
• Prurido, formigamento, ardor e pontadas em todo o corpo; Crosta láctea.
O ANIMAL DE TARENTULA HISPANICA DANÇA CONFORME A MÚSICA... 
• Intolerante contradição 
• Enfrenta 
• Vingativo 
• Inquietude intensa (Ars, Cham)
 • Não fica parado um só minuto 
• Alterações no comportamento quando ouve música (acompanha com canto e dança, dentro do ritmo)
• Desejo de correr, dançar e saltar 
• Destrutivo (arranca seus pelos e/ou penas) (rasgando e destruindo coisas) dele e outros 
• Libido acentuado 
• Lascivo 
• Prurido intenso nos genitais 
• Aversão a carne 
• Gosta Alimentos crus Areia Salgados e picantes (o que em animais chama mais atenção)
TARENTULA CUBENSES (ARANHA CUBANA)
• Medicamento para toxemia, condições sépticas. 
• Adequado aos tipos mais graves de dores e inflamação, prostração precoce e persistente. 
• Diversas formas de supuração maligna. 
• Tonalidade roxa e ardente com dores em fisgada (medicamento para as dores da morte). 
• Prurido, principalmente em órgãos genitais. 
• Pés inquietos. 
• Vertigem após o calor e transpiração quente. 
• Dores entorpecentes no alto da cabeça.
• Estômago duro e doloroso. Perda do apetite, exceto para primeira refeição. 
• Prurido na região renal. 
• Mãos trêmulas, úmidas e inchadas. 
• Retenção de urina. Não pode conter quando tosse.
• Pele: pontos vermelhos e acnes. Carbúnculos ardentes com dores em fisgadas. Cor roxa, gangrena. Abcessos onde as dores e a inflamação predominam. 
• Sonolência. Sono inquieto. Sono impedido por tosse forte.
Efeitos da Tarantula cubensis D6 na injúria induzida pela aflatoxina em parâmetros bioquímicos em ratos 
O presente estudo investiga os efeitos da Tarantula cubensis D6 no balanço oxidante-antioxidante e alguns parâmetros bioquímicos contra a exposição à aflatoxina. 
Tarantula cubensis D6 neutralizou parcialmente os efeitos deletérios da aflatoxina.
MYGALE LASIODORA (ARANHA NEGRA DE CUBA) 
• O veneno tem ação eletiva sobre o sistema nervoso. 
• Apresenta fraqueza, palpitações, nervosismo, medo. 
• A coréia (Distúrbio encefálico caracterizado por movimentos musculares anormais e espontâneos, sem propósito, irregulares, rápidos e transitórios, sugerindo uma dança), é o seu principal campo terapêutico.
THERIDION (ARANHA LARANJA DE CURAÇAO)
• Inquietude, não encontra prazer em nada. O tempo passa depressa. 
• Vertigem, com náuseas e vômitos ao menor movimento, especialmente quando fecha os olhos. 
• Sensível à luz. Pressão por tras do globo ocular. 
• Enjôo no mar. Náuseas e vômitos quando em movimento. 
• Sensibilidade entre as vértebras. Evita pressão na coluna. 
• Fisgadas e pressão em toda pele. Sensações de prurido. 
ARANEA DIADEMA
• Todos os sintomas se caracterizam por periodicidade, friagem e muita susceptibilidade à umidade. 
• Dores no nervo trigêmeo direito. Confusão. 
• Dores nos dentes a noite. 
• Estômago: Câimbras após comer. Dor no epigástrio quando comprimido.
• Menstruação precoce e abundante. 
• Dilatação abdominal. 
• Dores nos ossos das extremidades. Sensação de inchaço e dormência. 
• Sono inquieto.
DIFERENCIAL
Referências
1. DEMARQUE, D.; JOUANNY, J.; POITEVIN, B.; SAINT-JEAN, Y. - Farmacologia e Matéria Médica
Homeopática. S. Paulo: Organon, 2009
2. KENT, J.T. - Lições de Filosofia Homeopática. 3ª edição. S. Paulo: Organon, 2014
3. BOERICKE, W. - Matéria Médica Homeopática com Índice Terapêutico - Trad. por B. Fraenkel. R. de Janeiro, 1993.
*Anotações e resumo de aula ministrada pela Prof Msc Cideli Coelho

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.