A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Homeopatia - Resumo - Matéria médica Apis Mellifica

Pré-visualização | Página 1 de 1

Apis Mellifica
· Tintura Mãe: maceração de abelhas operárias inteiras e vivas em álcool
*Indivíduos previamente sensibilizados podem desenvolver grave reação anafilática = IgE dependente
VENENO
A. ENZIMAS
A.1 - FOSFOLIPASE A2: ↑ permeabilidade vascular --↑ histamina e causa lise celular
A.2 HIALURONIDASE: despolimeriza ácido hialurônico intercelular, reduzindo
sua viscosidade e tornando o mais permeável a líquidos
B PEPTÍDEOS
B.1 MELITININA: ação curarisante e causa liberação de histamina. Pode
ter ação letal e paralisante. Agem nos receptores colinérgicos nicotínicos na
placa motora competição com ACh
B.2 APAMINA: atravessa barreira hematoencefálica . Muito utilizada como
veículos de medicamentos que agem no SN. Poder de bloquear canais de
potássio dependentes de cálcio
B.3 PEPTÍDEO MCD: Mast Cell Degranulating induz a degranulação de mastócitos ↑ Histamina e ↑ Heparina: potente ação inflamatória
C. HISTAMINA, DOPAMINA, SEROTONINA E NORADRENALINA
D. AMINOÁCIDOS LIVRES: ALANINA, ARGININA E CISTINA
E. ACETILCOLINA
F. LIPÍDEOS
G. AÇUCARES: GLICOSE E FRUTOSE
H. COMPONENTES VOLÁTEIS: ACETATO DE ISO AMILASE 
SEU EMPREGO JUSTIFICA A AÇÃO PRECOCE E RÁPIDO DO MEDICAMENTO NAS REAÇÕES INFLAMATÓRIAS
!! FOSFOLIPASE A2 e MELITINA: Alto poder imunogênico
· Por serem alérgenos potentes em indivíduos sensibilizados, deve ser usado com moderação
· mesmo em baixas dinamizações.
· In vitro: CH 15 provoca inibição da degranulação de basófilos humanos
Sinais
DOR
RUBOR
CALOR
PICANTE
ARDENTE
MELHORA POR COMPRESSAS FRIAS
EXPERIMENTAÇÃO (Ação rápida e curta)
· Pele: Edema vermelho, róseo, ardente
· Mucosas : glote, mucosas respiratórias
· Serosas : edemas e exsudatos (pleurais, pericárdicos, sinoviais,
· Aparelho Urogenital : nefrite de origem imunoalérgica com oligúria, proteinúria , edema sem sede, cistite intersticial com oligúria
· FALTA DE SEDE NAS FEBRES!!!! ALTERNA QUENTE E SECO!!!!
As principais indicações terapêuticas são:
1. Dermatologia
· Todos os edemas de origem alérgica ou inflamatória (picadas de insetos, queimaduras, edemas palpebrais, angioedemas
· Eritemas, urticária, dermatites (atopia , contato, DASP, hipersensibilidade)
2. Otorrinolaringologia
· Rinites edematosas
· Faringites e amigdalites
· Úvula edemaciada e pendurada como um saco cheio de água (Kali bi; Kali i; Phytolacca decandra)
3. Todas as síndromes febris (com ou sem sinais de localização, tendo as características de Apis):
· Herpes zoster, caxumba, erisipela, escarlatina
· Pleurisias e pericardites de origem viral
· Encefalites virais
4. Ginecologia: 
· Dores em cistos ovarianos
· Dores da descida do leite na amamentação
· Ooforites (direito)
5. Cefaléias ou enxaquecas vasomotoras: 
· indicada quando as dores melhoram claramente por aplicações frias
GENERALIDADES e MODALIDADES
· Dores melhoram por aplicações frias e pioram pelo calor
· Dores vão da direita para a esquerda
· Agrava: toque, sono, calor, após o meio dia das 16:00 ás 18:00 hs
· Melhora: ar livre, banhos frios, descobrindo se
SINTOMAS MENTAIS
· O mais impressionante é a agravação pelo calor.
· Tristeza, choro frequente
· Pensamentos torturantes
· Irritabilidade, desconfiado, ciumento
· Indiferente a tudo que poderia deixa-lo feliz
· Sensação de que vai morrer, pressentimentos
· Sono agitado
· Atitudes bobas, tolas, infantis em parturiente ou idosa
· Alteração na coordenação dos movimentos = desastrado
· Desejo de companhia (colméia)
SINTOMAS FÍSICOS
· Sensação como se a cabeça se estendesse para além do corpo e que agrava pelo movimento e melhora por pressão ( Arg n);
· Olhos são muito sensíveis à luz: conjuntiva inflamada pálpebras inchadas (blefaroconjuntivite)
· Ausência de sede e desejo de leite frio;
· Grande distensão abdome com muita flatulência;
· Sensação de ânus aberto com evacuação involuntária. 
· Diarréia aquosa amarelada (não consegue urinar sem defecar);
· Urina diminuída (gota a gota) faz esforços e elimina gotas com sangue, quentes, queimantes. 
· Dores inflamatórias nos rins, ureteres, bexiga e uretra;
· Dores reumáticas, inchaços nos joelhos, fraqueza paralítica das extremidades, alteração na coordenação dos movimentos;
· Metrorragia, metrite com dores ardentes, tendência em afetar o ovário direito como Lach para o esquerdo
· Dispnéia, respiração difícil
ANTÍDOTOS: PLANTARIS e LACH
COMPLEMENTAR DE NAT M
Referências
1. DEMARQUE, D.; JOUANNY, J.; POITEVIN, B.; SAINT-JEAN, Y. - Farmacologia e Matéria Médica Homeopática. S. Paulo: Organon, 2009
2. KENT, J.T. - Lições de Filosofia Homeopática. 3ª edição. S. Paulo: Organon, 2014
3. BOERICKE, W. - Matéria Médica Homeopática com Índice Terapêutico - Trad. por B. Fraenkel. R. de Janeiro, 1993.
 div>Ícones feitos por <a href="https://www.freepik.com" title="Freepik">Freepik</a> from <a href=https://www.flaticon.com/br/ title="Flaticon">www.flaticon.com</a></div>
1. 
*Anotações e resumo de aula ministrada pela Prof Msc Adalberto

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.