A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
Atividade de Radiologia

Pré-visualização | Página 2 de 2

A variação do fluxo de uma bobina (primário) induz uma tensão na outra bobina (secundário). Em outras palavras, as bobinas estão ligadas por indutância mútua. 
FOWLER, R. Fundamentos de eletricidade. 7.ed. vol 2. Porto Alegre: AMGH, 2013 (adaptado). 
Partindo destas informações, por que precisamos ter um transformador de alta tensão  no equipamento de raios X? 
	
	
	
	Para regular a tensão de saída, amplificando a tensão enviada ao tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de saída, reduzindo a tensão de entrada para o tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de entrada, muito alta e nociva para a queima do tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de saída, que não pode ser enviada em alta tensão ao tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de entrada, transformando corrente alternada em contínua. 
	
Explicação:
A tensão de entrada dos transformadores vem da tomada, com 110/220V AC. Estes dispositivos amplificam a tensão de saída em quilovolts, para alimentar o tubo com alta tensão, necessária para a produção dos raios X.  
 
	
	
	 
		
	
		4.
		Um transformador consiste em duas ou mais bobinas ligadas entre si por meio do fluxo magnético. A variação do fluxo de uma bobina (primário) induz uma tensão na outra bobina (secundário). Em outras palavras, as bobinas estão ligadas por indutância mútua. 
FOWLER, R. Fundamentos de eletricidade. 7.ed. vol 2. Porto Alegre: AMGH, 2013 (adaptado). 
Partindo destas informações, por que precisamos ter um transformador de alta tensão  no equipamento de raios X? 
	
	
	
	Para regular a tensão de saída, reduzindo a tensão de entrada para o tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de saída, que não pode ser enviada em alta tensão ao tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de entrada, muito alta e nociva para a queima do tubo. 
	
	
	Para regular a tensão de entrada, transformando corrente alternada em contínua. 
	
	
	Para regular a tensão de saída, amplificando a tensão enviada ao tubo. 
	
Explicação:
A tensão de entrada dos transformadores vem da tomada, com 110/220V AC. Estes dispositivos amplificam a tensão de saída em quilovolts, para alimentar o tubo com alta tensão, necessária para a produção dos raios X.  
 
	
	
	TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
	 
		
	
		5.
		A Portaria n° 453/98 do Ministério da Saúde/SVS (ANVISA) proibiu a utilização de qual (is) tipo (s) de sistema (s) de tomografia computadorizada?
	
	
	
	5ª geração
	
	
	3ª e 4ª geração
	
	
	Multidetector de 2 canais e de 8 canais
	
	
	2ª geração
	
	
	Helicoidal simples e multidetector
	
Explicação:
A resposta correta é: 2ª geração
	
	
	 
		
	
		6.
		A evolução tecnológica da TC em relação às suas gerações é uma busca incessante na melhora de quais referências progressivamente? 
	
	
	
	Diminuição do tempo de exames e melhora da qualidade de imagem. 
	
	
	Aumento do número de cortes e diminuição do espaço da CPU. 
	
	
	Aumento do número de filmes utilizados e melhora da qualidade de imagem. 
	
	
	Aumento do tempo de exames e melhora da qualidade de imagem. 
	
	
	Melhora no processamento das imagens e aumento no tempo de imagem.
	
Explicação:
A resposta correta é: Diminuição do tempo de exames e melhora da qualidade de imagem. 
	
	
	 
		
	
		7.
		A respeito da TC helicoidal ou espiral, assinale a opção CORRETA.
	
	
	
	O tubo e os detectores não se movem durante a aquisição dos cortes. 
	
	
	O tempo da mesa é interrompido a cada corte. 
	
	
	O tempo de giro do tubo é sempre maior que um minuto. 
	
	
	Durante a aquisição dos cortes, a mesa de exame sofre movimento contínuo, o que favorece a diminuição de artefatos por respiração. ​ 
	
	
	O tempo de realização do exame é mais prolongado em relação ao TC de gerações anteriores.
	
Explicação:
A resposta correta é: Durante a aquisição dos cortes, a mesa de exame sofre movimento contínuo, o que favorece a diminuição de artefatos por respiração. ​
	
	
	RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
	 
		
	
		8.
		Como podemos minimizar os artefatos de fluxo? 
	
	
	
	Utilizando bandas de saturação e compensação de fluxo. 
	
	
	Evitando sequências com supressão de gordura. 
	
	
	Diminuindo o FOV e o TR. 
	
	
	Solicitando que o paciente permaneça imóvel. 
	
	
	Evitando sequências com FOV pequeno. 
	
Explicação:
A resposta correta é: Utilizando bandas de saturação e compensação de fluxo. 
	
	
	ULTRASSONOGRAFIA
	 
		
	
		9.
		Por que é necessária a utilização de gel na realização de exame radiográfico?
	
	
	
	Porque a velocidade de propagação do som no ar é alta.  
 
	
	
	 Porque é preciso inserir uma lubrificação entre o transdutor e a pele.  
 
	
	
	Porque o ultrassom não interage com o meio aéreo. 
 
	
	
	 Porque é necessário reduzir ao máximo o espaço entre o transdutor e o tecido. 
	
	
	Porque é preciso deslizar o transdutor em pessoas com pele seca. 
 
	
Explicação:
Como a velocidade de propagação do som no ar é baixa, é necessário reduzir ao máximo o espaço entre o transdutor e o tecido. Por esse motivo é que utilizamos o gel condutor, pois ele reveste a borracha do transdutor e reveste a pele, reduzindo o espaço entre as duas superfícies.  
 
	
	
	 
		
	
		10.
		Sobre o ultrassom, podemos afirmar que: 
I) Trata-se de um tipo de radiação ionizante.  
II) Está a uma faixa de frequência audível e visível.  
III) A energia da ultrassom é determinada por sua frequência e comprimento de onda.  
Das afirmativas anteriores, estão corretas . 
 
 
	
	
	
	I e II 
 
	
	
	I, II e III.  
 
	
	
	Somente III 
 
	
	
	Somente I 
 
	
	
	Somente II