A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Formulas das dietas enterais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Maria Luiza Alves do Nascimento 
Forma Fonte Indicação 
Proteína intacta Caseína 
Proteína isolada de soja 
Lactoalbumina 
Ovo 
Clara de ovo 
Carnes 
Leite 
Indicada a pacientes trato gastrointestinal 
integro, enzimas pancreáticas normais 
Promove maior estímulação de hormônios 
intestinais e fator de crescimento que os 
aminoácidos. 
Proteína 
parcialmente 
hidrolisada 
Caseína 
Proteína isolada de 
Soja Lactoalbumina 
Soro do leite 
Colágeno 
Indicada para pacientes com redução da 
capacidade digestiva e absortiva ou 
insuficiência pancreática . Promove maior 
estímulo de liberação dos fatores de 
crescimento e hormônios intestinais que os 
aminoácidos 
 
Dipeptídeos e 
tripeptideos 
Caseína 
Proteína isolada de soja 
Lactoalbumina 
Soro do leite 
Proteina de carne 
Colágeno 
Indicada na presença de comprometimento na 
função gastrintestinal ou na hipoalbuminemia 
severa 
Absorção passiva, não requerendo a bomba 
de sódio. Absorção melhor que quando 
fornecido aminoácidos cristalinos o proteínas 
intactas. Retenção nitrogenada melhor do que 
formas com Aa cristalinos e pior do que 
quando fornecidas proteínas intactas 
Associado com melhora da função hepatica. 
Melhora a absorção do sódio e agua e diminui 
o risco de diarreia. 
 
Aminoácidos 
cristalino 
L-aminoácidos Indicados a pacientes com redução na 
capacidade digestiva;insuficiência pancreática 
ou prejuízos na absorção seletiva de 
aminoácidos, na doença inflamatória intestinal. 
Requer transporte ativo via bomba de sódio. 
Influencia na osmolalidade da formula. 
Prejudica a palatabilidade da solução. 
 
 
Forma Fonte Indicação 
Amido Amido de milho Indicada a pacientes com 
capacidade digestiva e absortiva 
normal. Osmolalidade não é 
afetada 
Polimeros de Glicose Polímeros de glicose; 
Maltodextrina; xarope de 
milho; oligossacarídeos de 
glicose; polissacarídeos de 
Indicado quando não é 
interessante o aumento da 
osmolalidade, pois tem menor 
influencia na mesma. 
 PROTEINAS 
Carboidratos 
Maria Luiza Alves do Nascimento 
 
 
 
Forma Fontes Indicação 
 Ácidos graxos poli-
insaturados (PUFA) e 
triglicerídeos de cadeia 
longa (TCL) 
 Óleo de milho 
 Óleo de girassol 
 Óleo de soja 
 Óleo de peixe 
Fornecem ácidos graxos 
essenciais, transportam as 
vitaminas lipossolúveis e 
produção de eicosanoides. 
Servem como mediadores da 
comunicação célula. Não exercem 
influencia na osmilalidade da 
solução. 
 
Triglicerídeos de cadeia 
média (TCM) 
Óleo de coco ou TCM 
industrializado extraido 
Densidade calórica de 8,2 a 8,3 
kcal/g Rapidamente hidrolisados 
no intestino, não diretamente para 
o sistema portal. Não contêm 
ácidos graxos essenciais 
Indicados nas síndromes de má 
absorção, dado o menor estimulo 
a contração vesicular. Sua 
oxidação produz corpos cetônicos 
e CO2 o que na cirrose e no shunt 
porto-cava, pode exacerbar o 
quadro de confusão mental. 
glicose. Oligossacarideos são facilmente 
digeridos e absorvidos pelo TGI 
(mesmo nas má 
absorções)Rápida hidrólise 
intestinal.A absorção de cátions 
bivalentes, como cálcio, zinco e 
magnésio, é maior com 
polímeros de glicose 
Dissacarideos 
Sacarose (glicose- -frutose) 
Maltose (glicose- -glicose) 
Lactose (glicose- -galctose) 
Amido 
 Dextrina 
Maltose 
Sacarose 
Lactose 
Rápida hidrólise intestinal da 
sacarose e da maltose. 
A lactose é indicada quando for 
feita a administração da dieta em 
posição gástrica e não houver 
intolerância a lactose. A maioria 
das fórmulas comerciais é isenta 
de lactose 
 
Monossacarídeos: 
Glicose (dextrose) 
Frutose 
Glicose 
Frutose 
Indicado a utilização em áreas 
mais distais do TGI, pois 
apresentam-se mais hidrolisados 
tendo melhor aceitação e maior 
tolerância do TGI, melhor 
capacidade absortiva. ex: 
utilização no jejuno pois imita a 
forma fisiológica em que deveria 
se encontrar naquele momento 
 
 Lipídios 
Maria Luiza Alves do Nascimento 
 Lipídios estruturados PUFA de óleos vegetais 
TCM 
São ácidos graxos de cadeia longa 
e media reesterificados. Há o 
processo de transesterificação do 
TCM com óleo vegetal rico em 
PUFA, como o w-3 ou acido 
linoleico, resultando em um 
triglicerídeo misto em que a cadeia 
média e a longa estão dispostas na 
mesma molécula de glicerol. Essa 
configuração parece atuar 
positivamente na modulação do 
sistema imune.