A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
Apresentação encontro dos saberes final ok

Pré-visualização | Página 1 de 2

Metodologias ativas para formação de farmacêuticos: A metodologia da problematização com arco de Maguerez aplicada ao curso de farmácia.
Clara Araújo Bittencourt Alves 
Orientador: Prof. Dr. André Luís Morais Ruela
Universidade Federal de Ouro Preto
Escola de Farmácia 
Encontro dos Saberes 
Pró-Ativa
Ouro Preto – Minas Gerais
Novembro/2019
Bom dia a todos. Meu nome é Clara, sou graduanda do curso de Farmácia da UFOP e fui bolsista pró ativa no ano de 2019 através do projeto intitulado como “Metodologias ativas para formação de farmacêuticos: A metodologia da problematização com arco de Maguerez aplicada ao curso de farmácia.” orientado pelo professor doutor André Luís Morais Ruela. E hoje irei apresentar pra vocês esse projeto.
1
Metodologias ativas
As metodologias ativas de ensino são estratégias em que o aluno ocupa o papel principal no processo de ensino-aprendizagem;
É um desafio para educadores;
Seu uso na educação aumentou implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Graduação em Farmácia
Intuito de buscar uma formação dos professionais de saúde mais orientada para o Sistema Único de Saúde (SUS).
Resolução nº 6 de 19 de outubro de 2017
O que são metodologias ativas? Então...metodologias ativas são estratégias de ensino em que o aluno ocupa o papel principal no processo de ensino aprendizagem e o professor atua como o coadjuvante, sendo esse tipo de metodologia um desafio para muitos educadores, devido a falta de experiência e a dificuldade de abordar tal estratégias dentro da sala de aula que é bem diferente do modelo tradicional.
2
Aqui eu trago duas resoluções do Ministério da Educação, uma de 2017e outra de 2018, onde mostra a importância das metodologias ativas no curso de graduação em Farmácia.
3
Essa resolução já trás a importância do extensão.
4
Metodologia da problematização
A metodologia da problematização é utilizada em situações nas quais os temas estejam relacionados com a vida em sociedade e com a realidade 
É uma proposta de ensino, estudo e trabalho
 Método do Arco de Charles Maguerez
Arco de Maguerez
Foi elaborado na década de 70 do século XX;
Tornou-se público a partir de 1977 Bordenave e Pereira (1989) Pouco utilizado pela área da educação;
Inspirado em Paulo Freire Educação libertadora
Com a necessidade de um ensino mais voltado para a construção do conhecimento do aluno, o Arco de Maguerez passou a ser considerado como alternativa nas últimas décadas do século XX.
Paulo Freire chama de educação libertadora ou problematizadora a educação em que não existe uma separação rígida entre educador e educando. Ambos são educadores e educando no processo de ensino e aprendizado. “Desta maneira, o educador já não é o que apenas educa, mas o que, enquanto educa, é educado, em diálogo com o educando que, ao ser educado, também educa”. A educação libertadora abre espaço para o diálogo, a comunicação, o levantamento de problemas, o questionamento e reflexão sobre o estado atual de coisas e, acima de tudo, busca a transformação.
6
O Arco de Maguerez é sistematizado em cinco etapas que tem como ponto de partida a observação realidade que, observada sob diversos ângulos, permite ao estudante ou pesquisador extrair e identificar os problemas ali existentes. O esquema do Arco é o seguinte:
7
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Objetivos
Utilizar metodologias ativas de ensino, centradas na aprendizagem do estudante, com critérios coerentes de acompanhamento e de avaliação do processo ensino-aprendizagem conforme preconizam as diretrizes curriculares nacionais do curso de Farmácia (Resolução CNE/CES nº 6, de 19 de outubro de 2017);
Permitir aos discentes conhecer a metodologia da problematização com arco de Maguerez, bem como aplicá-la dentro de tópicos do conteúdo programático da FAR410 - Produtos Saneantes e Domissanitários; 
Desenvolver o senso crítico e o compromisso social dos discentes do curso de Farmácia, buscando meios de aproximar os conteúdos estudados na graduação à realidade que vivem; 
Buscar a melhoria contínua do ensino no curso de graduação em Farmácia, organizando um relato da experiência por parte dos discentes envolvidos neste projeto. 
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Observação da realidade
LEVANTAMENTO DO PROBLEMA
“ A produção de sabões artesanais é uma prática comum em algumas comunidades, usando o sabão produzido na limpeza domiciliar diária.”
“ O uso de sabões permite produzir produtos domissanitários de qualidade ao mesmo tempo que possibilita reciclar óleos e gorduras que seriam descartados.”
Problemas: produção de sabões de forma errónea, segurança e qualidade.
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Pontos chaves
POSSÍVEIS CAUSAS/DETERMINANTES PARA EXISTÊNCIA DO PROBLEMA EM ESTUDO
Como reciclar óleo e gordura que seriam descartados?
Como produzir sabão de qualidade reciclando óleo e gordura?
A produção do sabão é segura ao manipulador?
13
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Teorização 
ESTUDO E INVESTIGAÇÃO SOBRE O PROBLEMA;
É uma reação de saponificação, que se dá pela hidrólise alcalina dos ácidos graxos presentes na estrutura química dos óleos e gorduras, formando os subprodutos glicerina e sais de ácido graxo (sabões)
Na teorização, estabeleceu-se que a reação de saponificação se dá pela hidrólise alcalina dos ácidos graxos presentes na estrutura química dos óleos e gorduras, formando os subprodutos glicerina e sais de ácido graxos (sabões). Assim, na hipótese de soluções, definiu-se que para produzir sabão de qualidade deve-se partir de fórmulas bem definidas e testadas, havendo noções de garantia da qualidade durante o processo de fabricação. 
15
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Hipóteses de solução
É CONSTRUÍDA APÓS O ESTUDO COM QUESTIONAMENTOS;
Como que o sabão será feito? 
 
 Fórmulas, materiais necessários, local, EPI’s, garantia da qualidade e etc...
Simulação do processo
Integrar com a graduação 
Oficina com a comunidade
Habilidades práticas em química
definiu-se que para produzir sabão de qualidade deve-se partir de fórmulas bem definidas e testadas, havendo noções de garantia da qualidade durante o processo de fabricação
17
Processo a frio, com maturação lenta (45-60 dias)
observação da realidade
pontos-chave
teorização
hipóteses de solução
aplicação à realidade 
Aplicação a realidade
SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS 
Projeto de extensão 
 
Ações sociais 
 
 
Oficinas para fabricação 
Pesquisa 
Participação da comunidade externa e alunos do ensino médio
“Sabões artesanais ecológicos: Produção e promoção da sustentabilidade ambiental”
Coletas de óleos e gorduras e divulgação de cartilhas 
Testes de novas fórmulas na disciplina de Saneantes e Domissanitários.
23/11/2019, das 08 às 12 h – I Oficina de Sabões Ecológicos: A ser realizada na Escola Estadual de Ouro Preto (polivalente), durante a Feira de Ciências promovida pelo próprio colégio
21
*23/11/2019, das 08 às 12 h – I Oficina de Sabões Ecológicos: A ser realizada na Escola Estadual de Ouro Preto (polivalente), durante a Feira de Ciências promovida pelo próprio colégio
Coleta do óleo
(ação contínua)
Filtração do óleo aquecido
Padronização de formulação (etapa de pesquisa)
Pesquisa bibliográfica sobre o tema
Caracterização da formulação
Organização da oficina
Produção usando o óleo coletado (oficina)*
Divulgação dos resultados do projeto
Tratamento

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.