A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
Gestão da Saúde Pública e Privada

Pré-visualização | Página 2 de 4

das decisões assumindo a gestão dos serviços de saúde.
 
Assinale a alternativa que apresenta a resposta correta:
A) As sentenças I, III, IV e V estão corretas.
B) As sentenças I e V estão corretas.
C) As sentenças I e III estão corretas.
D) As sentenças I, II, III, IV e V estão corretas.
A lei n. 9.656/1998 estabelece o Plano-Referência de Assistência à Saúde, determinando os critérios mínimos que todos os planos de saúde devem cumprir.
 
Sobre os referidos critérios, assinale V para verdadeiro e F para falso nos itens que seguem:
 
( ) Número limitado para consultas médicas.
( ) Procedimento de inseminação artificial.
( ) Proibição de limitação de prazos e custos para internações.
( ) Cobertura ao recém-nascido por até trinta dias após o parto.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de respostas:
A) V – F – F – V.
B) F – F – V – V. 
C) V – V – V – V. 
D) V – F – V – F.
A lei e sua regulamentação são instrumentos de regulação do setor de saúde, buscando garantir o equilíbrio da relação entre consumidores e operadoras. Assim, determinam padrões de cobertura, conceituam objetivamente as doenças ou lesões preexistentes, proíbem limites à quantidade de procedimentos e estabelecem o compromisso das operadoras aos seus assistidos.
 
Sobre a regulação da saúde suplementar, assinale V para verdadeiro e F para falso nas afirmações que seguem:
 
( ) Antes da aprovação da lei n. 9.656/1998, cada segmento do mercado de operadoras de planos de saúde seguia um conjunto de diretrizes básicas, onde somente algumas delas eram comuns aos diversos setores.
( ) A lei n. 9.656/1998 delimita os tipos de planos de saúde segundo a complexidade do nível de atenção - ambulatorial, hospitalar, com e sem obstetrícia, e com e sem assistência odontológica – e a opção das operadoras escolherem entre as respectivas amplitudes de cobertura.
( ) A lei n. 9.656/1998 obriga as operadoras de planos de saúde renovarem automaticamente os contratos, cobrando taxas previamente estabelecidas sobre dispositivos os opcionais do pacto.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de respostas:
A) V – V – V.
B) V – F – F.
C) V – V – F.
D) V – F – V.
O mercado da saúde privada possui características bem específicas – é a transação comercial de um bem, no caso, um contrato de prestação de serviços envolvendo um vendedor (muitas vezes através de um corretor ou agente de vendas) e um comprador, seja este pessoa física ou jurídica [...]. Se por um lado é perceptível que existe um mercado, não é tão óbvia a ideia de que esse mercado necessita de regulação estatal. E, muito menos, qual regulação estatal é a mais adequada. O governo, como vimos, fez a opção, ainda que dentro de certa tensão – de localizar seu foco na área de saúde, em detrimento de uma visão exclusivamente de produto financeiro.
 
CONASS. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Coleção Para Entender a Gestão do SUS 2011. v. 12. Brasília: CONASS, 2011 (adaptado).
 
Nesse contexto, assinale V para verdadeiro e F para falso nas afirmações que seguem:
 
( ) A ANS é responsável por monitorar o setor da saúde privada e estabelecer as normas, enquanto a fiscalização fica por conta do Ministério da Saúde.
( ) Até a promulgação da lei n. 9.656/1998 e da lei n. 9.961/2000, os planos de saúde eram regulados como qualquer outro produto, através do Código de Defesa do Consumidor.
( ) A aprovação da lei n. 9.961/2000 que criou a ANS, representou uma vitória do Ministério da Saúde que discordava do modelo proposto pelo Ministério da Fazenda.
( ) Aprovada a Lei Orgânica do SUS (Lei n. 8.080/1990), observou-se que o setor da saúde suplementar teve um crescimento desordenado e desregulado, ocasionando a criação da Agência Nacional de Saúde Suplementar.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de respostas:
A) V – V – V – F.
B) V – V – V – V.
C) F – V – V – V.
D) F – V – V – F.
Os sistemas de saúde complementar e suplementar apresentam significativas diferenças, apesar de serem modelos de serviço da saúde privada.
 
Nesse sentido, analise e associe os itens que seguem:
 
I - Saúde complementar.
II - Saúde suplementar.
 
( ) Tratam-se de Municípios de pequeno porte que realizam convênios com hospitais privados para atender os pacientes do SUS.
( ) Para aliviar a fila de espera dos exames, permite-se que três laboratórios da rede privada sejam conveniados ao SUS pelo Secretário Estadual da Saúde.
( ) Uma nova empresa de planos de saúde oferece um pacote promocional para os profissionais de determinada organização.
( ) Um centro de reabilitação de fisioterapia atende apenas os pacientes de determinada empresa de saúde.
( ) Uma Organização Social de Saúde assume a gestão de três UBS em determinada localidade da cidade.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de respostas:
A) I – II – II – II – I.
B) II – II – I – I – I.
C) I – I – II – II – I.
D) II – I – II – II – I.
As operadoras de planos de saúde, é preciso considerar e registrar, a partir de uma visão empreendedora e extremamente arrojada, ao longo do seu processo de evolução prestaram e prestam um grande serviço à população brasileira, permitindo o seu acesso aos serviços de saúde. Em especial porque ocuparam uma fatia enorme do espaço deixado pela ineficiência, pela ausência efetiva de determinação política e pela incapacidade de financiamento do setor público. Nos anos 80, havia cerca de 15 milhões de clientes dos planos de saúde, excetuando-se os de planos próprios, registrados pela Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge e pela Federação das Unimed’s. Esses números revelavam a consolidação das empresas de planos de saúde como alternativas assistenciais para os trabalhadores especializados da região sudeste.
 
Sobre o papel das operadoras de saúde e suas especificidades, assinale a alternativa correta:
A) A liberdade para estabelecer regras próprias, mesmo após o início da fiscalização pela ANS, causa ainda mais prejuízos aos clientes. 
B) Atender um dos maiores objetivos buscado pelo cliente num plano de saúde, ou seja, a segurança ao acesso dos serviços. 
C) Representam uma ameaça ao funcionamento do SUS, pois geram uma concorrência direta.
D) Em que pese as dificuldades encontradas pelo SUS, a adesão aos planos de saúde ainda é baixa, sendo utilizado principalmente por idosos e gestantes.
A descentralização é coerente com a concepção de um Estado Federativo obediente aos princípios constitucionais que devem ser assegurados e exercidos em cada esfera do governo. No SUS a diretriz da descentralização corresponde à distribuição do poder político, da responsabilidade e dos recursos da esfera federal para a estadual e municipal, ou seja, estamos falando de uma desconcentração do poder da União para os Estados e Municípios, tendo como objetivo a consolidação dos princípios e diretrizes do SUS.
 
Com base na lei n. 8.080/1990 sobre a competência de cada esfera administrativa do governo relacionada à saúde, assinale a alternativa correta:
A) É dever dos Estados evitar interferir nas redes hierarquizadas dos Municípios.
B) Cabe ao Município planejar, organizar, controlar e avaliar as ações/serviços de saúde, bem como gerir e executar os serviços públicos de saúde. 
C) Cabe à União fiscalizar os postos de saúde de todos os Municípios da federação. 
D) É responsabilidade do Município definir e coordenar os sistemas de vigilância epidemiológica e sanitária.
O mercado de saúde suplementar está diretamente ligado com questões de urbanização e industrialização, pois quanto mais infraestrutura possuírem as cidades e mais pessoas estiverem empregadas, maior será o número de planos de saúde comercializados.
 
Sobre as diferentes perspectivas do mercado de saúde suplementar, analise as sentenças que seguem:
 
I – Sua tendência é desaparecer com o passar do tempo, devido ao progressivo crescimento do SUS.
II - Por conta da vantagem financeira, a maioria dos beneficiários se encontra em planos individuais

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.