A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
Gestão da Saúde Pública e Privada

Pré-visualização | Página 3 de 4

e não coletivos.
III - Muitos teóricos apontam a necessidade de discutir os modelos de saúde ofertados pelos planos, pois são focados na oferta-procura, dispensando práticas de prevenção e promoção.
IV - Outros profissionais da saúde, como, por exemplo, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, passaram a compor o quadro de especialidades oferecidas pelos planos de saúde.
V - A questão do envelhecimento deve ser prioridade na saúde suplementar, uma vez que o SUS não possui capacidade suficiente para atender essa demanda.
 
Assinale a alternativa que apresenta a resposta correta:
A) As sentenças II, IV e V estão corretas.
B) As sentenças III e IV estão corretas. 
C) As sentenças III, IV e V estão corretas. 
D) As sentenças II, III e IV estão corretas.
Um dos objetivos da descentralização é promover a municipalização, ou seja, passar para o Município a gestão dos serviços da atenção básica e também da rede hospitalar localizada na circunscrição.
 
Nesse sentido, analise as sentenças que seguem:
 
I - A municipalização possibilita que os Municípios assumam a gestão da saúde em seus territórios conforme as necessidades e características das suas respectivas populações.
II – Na municipalização as Unidades de Saúde da Família e os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), passam a ser de responsabilidade dos Municípios.
III - Promover a municipalização é uma responsabilidade única e exclusiva dos Estados.
IV – Os bancos de sangue e hemocentros passam a ser de responsabilidade dos Municípios.
 
Assinale a alternativa que apresenta a resposta correta:
A) As sentenças I e II são corretas.
B) As sentenças II e IV são corretas.
C) As sentenças II, III e IV são corretas.
D) As sentenças I, II e IV são corretas.
Sobre a entidade constituída por meio de pessoa jurídica na modalidade de sociedade civil ou comercial, que opera produto, serviço ou contrato, classificada conforme sua modalidade, chama-se...
 
Assinale a alternativa que completa corretamente a frase:
A) Plano de saúde.
B) Prestadora de serviço. 
C) Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
D) Operadora de saúde. 
É oportuno que se anote a expressão “mercado de serviços de saúde”, pois a expressão traz, em si, curiosas questões – desde a existência de mercados vinculados à saúde, como o mercado para insumos de material hospitalar, fármacos em geral, materiais para laboratórios etc., como também o mercado dos contratos de planos e seguros de saúde. O complexo médico-industrial produz para o sistema público, como produz para o mercado de saúde suplementar. Esse mercado tem características bem específicas – é a transação comercial de um bem, no caso, um contrato de prestação de serviços envolvendo um vendedor (muitas vezes através de um corretor ou agente de vendas) e um comprador, seja pessoa física ou jurídica.
 
CONASS. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Coleção Para Entender a Gestão do SUS 2011. Brasília: CONASS, 2011. v. 12.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa correta:
A) Apesar da saúde suplementar ser anterior ao surgimento do SUS, ela passou por diversas regulações e adequações, constituindo um mercado relativamente novo. 
B) Com o progressivo enriquecimento da população, a tendência é as pessoas procurem os planos de saúde e deixarem os serviços do SUS apenas para os procedimentos de alta complexidade.
C) Devido a quantidade de legislações e regras criadas pela ANS, o mercado da saúde suplementar é extremamente estático, existindo poucas operadoras atuantes. 
D) Apesar da atuação da ANS, os usuários encontram-se desassistidos e não possuem garantia do cumprimento dos contratos com as operadoras.
Um modelo integral [...] é aquele que dispõe de estabelecimentos, unidades de prestação de serviços, pessoal capacitado e recursos necessários à produção de ações de saúde que vão desde as ações inespecíficas de promoção da saúde em grupos populacionais definidos, às ações específicas de vigilância ambiental, sanitária e epidemiológica dirigidas ao controle de riscos e danos, até ações de assistência e recuperação de indivíduos enfermos, sejam ações para a detecção precoce de doenças, sejam ações de diagnóstico, tratamento e reabilitação.
 
TEIXEIRA, C. Os princípios do Sistema Único de Saúde. Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2011.
 
Sobre o princípio da integralidade na saúde, assinale V para verdadeiro e F para falso nas afirmações que seguem:
 
( ) Trata-se do esforço para oferecer um Sistema Único de Saúde (SUS) que atenda todas as necessidades dos usuários.
( ) Trata-se de agrupar a saúde pública em um único sistema que organiza as práticas de prevenção, cuidado e promoção da saúde.
( ) Trata-se de atender as necessidades dos usuários nos diferentes níveis de atenção à saúde.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de respostas:
A) V – V – V. 
B) F – V – F.
C) V – F – V.
D) F – V – V.
A implantação do SUS significou a extensão da assistência médico–sanitária a expressivos contingentes de brasileiros. Entretanto, para a população brasileira as consolidações de um valor de uso e a legitimação social do SUS ainda estão longe de acontecer. Então, o acesso aos serviços de saúde públicos está aberto a todos os brasileiros, não mais importando sua situação empregatícia ou legal, mas ainda existe uma longa caminhada para que toda a população realmente usufrua dos serviços da saúde de maneira completa e integral [...]. O setor de planos de saúde é definido como suplementar no Brasil, devido à opção de se pagar um seguro privado para ter acesso à assistência médica, a despeito da manutenção da contribuição compulsória para a seguridade social, que inclui o direito do acesso ao serviço público. Por outro lado, poderia ser classificado de complementar, e por vezes o é, quando supõe a existência e a limitação do sistema de saúde pública – neste caso, o sistema privado complementa a cobertura de determinados serviços.
 
PIETROBON, L.; PRADO, M. L. do; CAETANO, J. C. Saúde suplementar no Brasil: o papel da Agência Nacional de Saúde Suplementar na regulação do setor. Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 4, n. 18, p. 767-783, 2008.
 
Nesse contexto, assinale a alternativa correta:
A) Pessoas que possuem convênios não têm preferência de atendimento em um hospital público.
B) O cidadão brasileiro que tem um plano de saúde privado, pode optar por não contribuir com os impostos referentes à saúde, uma vez que ele não utiliza o serviço público.
C) É preciso optar por um modelo de saúde público ou privado para não misturar as demandas de cada sistema. 
D) Se uma pessoa possui um plano que cobre internações hospitalares, ela não pode ser internada em um hospital público, devendo ceder sua vaga para aquele que depende exclusivamente do SUS.
Os princípios e diretrizes surgem na legislação que constitui o SUS para estabelecer a forma de funcionamento desse sistema, pois ele deve seguir a mesma doutrina e os mesmos princípios organizativos em todo o território nacional, sob responsabilidade das três esferas autônomas de governo federal, estadual e municipal. Assim, o SUS não é um serviço ou uma instituição, mas um sistema que significa um conjunto de unidades, de serviços e ações que interagem para um fim comum. Esses elementos integrantes do sistema referem-se, ao mesmo tempo, às atividades de promoção, proteção e recuperação da saúde.
 
Nesse sentido, assinale a alternativa correta:
A) O princípio da universalidade é descrito no artigo 196 da Constituição Federal de 1988, estabelecendo que a saúde é direito de todos e dever do Estado. 
B) O princípio da integralidade é o mais importante de todos e está relacionado com a descentralização do serviço.
C) O princípio da universalidade refere-se apenas aos cidadãos que contribuem com a receita, ou seja, que pagam impostos.
D) O princípio da equidade está no artigo 196 da Constituição Federal de 1988, determinando o acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.