A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
Neurotransmissores - P1

Pré-visualização | Página 4 de 4

HIPERPOLARIZAÇÃO:caráter 
inibitório que significa o aumento de 
cargas negativas dentro da célula. Ocorre 
quando os canais iônicos de Na+ são 
fechados; 
REPOLARIZAÇÃO: quando as 
concentrações iônicas, após a difusão dos 
íons K+ para o exterior celular, voltam aos 
seus estados iniciais; 
PERÍODO REFRATÁRIO: 
àÉ o período de tempo depois do início de 
um potencial de ação, durante o qual a 
célula excitável não é capaz de gerar outro 
potencial em resposta a um estímulo limiar 
normal. 
• Absoluto representa o tempo 
necessário para os portões do canal 
de Na+retornarem à sua posição de 
repouso. Devido ao período 
refratário absoluto, um segundo 
potencial de ação não ocorrerá antes 
de o primeiro ter terminado. Como 
consequência, os potenciais de ação 
não podem se sobrepor e não podem 
se propagar para trás 
 
• Relativo segue o período refratário 
absoluto. Durante o período 
refratário relativo, alguns dos 
portões dos canais de Na! já 
retornaram à sua posição original. 
 
• Além disso, durante o período 
refratário absoluto, os canais de K! 
ainda estão abertos. Também é o 
intervalo de tempo durante o qual 
um segundo potencial de ação é 
gerado 
 
• O período refratário é uma 
característica-chave que distingue os 
potenciais de ação dos potenciais 
graduados. Se dois estímulos 
alcançam os dendritos de um 
Lídia M Negrão – Med 4 
 
 
neurônio em um curto espaço de 
tempo, os potenciais graduados 
sucessivos criados por esses 
estímulos podem ser somados 
Os períodos refratários limitam a 
velocidade com que os sinais podem ser 
transmitidos em um neurônio. O período 
refratário absoluto também garante o 
trajeto unidirecional de um potencial de 
ação do corpo celular para o terminal 
axonal, impedindo o potencial de ação de 
retornar. 
 
SISTEMA DE RECOMPENSA: 
• Sistema formado por circuitos 
neuronais responsáveis pelas ações 
de reforço (positivo e negativo) 
O aumento de dopamina, importante 
neurotransmissor do SNC, no núcleo 
accumbens, região central do sistema de 
recompensa e importante para os efeitos 
das drogas de abuso. (Ocorre um aumento 
de dopamina, estimulando a sensação de 
prazer ex: alimentos, sexo, música...) 
• As drogas de abuso agem nos 
neurônios dopaminérgicos, 
induzindo um aumento brusco desse 
neurotransmissor. Esse sinal é 
reforçado, pois é associado ao 
prazer, fazendo a pessoa buscar mais 
de tal coisa para proporcionar tal 
sensação. 
• Agem também sobre o sistema 
mesolímbico (fissura, memória, 
emoções ligada ao uso) e o sistema 
mesocotical, que constituem o 
sistema de recompensa. (projeção de 
campos dopaminérgicos 
• A dopamina é o principal 
neurotransmissor, mas não é o único 
nesse sistema. (serotonina, gaba, 
glutamato, noroepinefrina). 
 
 
 
 
 
 
 
Lídia M Negrão – Med 4