Buscar

EXERCÍCIOS SOBRE CONSTITUÍÇÕES REPUBLICANAS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

DORIVAN CONCURSOS
DISCIPLINA - HISTÓRIA
PROFESSORA - LÍZIA TALITA
ALUNO - DATA - ___/___/_____
1.
2.
 
3. Marque a alternativa que contém algumas das mudanças provocadas pela Constituição de 1891.
a) O Estado brasileiro passou a ter três poderes independentes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Além disso, eliminou-se o voto censitário. Homens a partir de 21 anos poderiam votar, porém analfabetos e mulheres continuaram sem o direito ao voto.
b) O Estado brasileiro passou a ter três poderes independentes: Executivo, Legislativo e Judiciário. O voto censitário permaneceu para os eleitores e as mulheres passaram a ter o direito ao voto.
c) O regime político passou a ser o presidencialista. A maioria da população passou a ter acesso ao voto livre e secreto, e o Estado adotou um regime dividido em três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.
d) Excetuando as mulheres, o restante da população com idade acima de 21 anos poderia votar. A Igreja passou a ter maior controle sobre os patrimônios públicos e sobre o Estado. O voto passou a ser secreto
4. Em 15 de novembro de 1889, o Brasil elaborou uma nova constituição que foi promulgada no dia 24 de fevereiro de 1891. Marque a alternativa correta sobre esse momento histórico do Brasil.
a) A Constituição de 1891 decretou a soberania da Igreja Católica no Brasil, ficando o Estado submisso às ordens papais.
b) Essa Constituição decretou uma política reformista que contribuiu para o fim do coronelismo e dos latifundiários no Brasil.
c) Essa nova constituição adotou a forma de governo presidencialista, garantindo às antigas províncias mais autonomia política.
d) A nova constituição adotou o presidencialismo como forma de governo, mas não possibilitou mais autonomia política para os estados, que se afundaram em revoltas contra a República.
5. A Proclamação da República aconteceu em 15 de novembro de 1889, levando à formação de um Governo Provisório, que lançou as bases para uma nova Constituinte e uma nova Constituição. A nova Constituição brasileira foi promulgada em 1891 e implantou grandes mudanças no Brasil. A respeito dessa Constituição, marque a afirmação FALSA:
a) implantou o federalismo no Brasil, um sistema político que concedia certo grau de autonomia para os estados em relação à União.
b) implantou o sufrágio universal masculino para todos os homens maiores de 21 anos, alfabetizados e que não fossem mendigos ou soldados rasos.
c) o presidente foi determinado como o chefe do Executivo, e a escolha do presidente ocorreria a partir de eleições diretas para um mandato de quatro anos.
d) a Constituição estipulava a realização de eleições diretas para a escolha de um novo presidente em 1891.
e) a comissão que redigiu a Constituição fazia parte da Assembleia Constituinte e, ao todo, cinco pessoas foram nomeadas para redigir o documento, que foi revisado por Rui Barbosa e aprovado pelos parlamentares brasileiros.
6. Os primeiros anos da república brasileira, e a República da Espada em particular, foram anos de adaptação e, portanto, marcados por muitas crises. Uma dessas crises ficou conhecida como Encilhamento. A respeito do Encilhamento, encontre a alternativa correta:
a) o Encilhamento foi uma crise política que marcou a disputa de Deodoro da Fonseca e Rui Barbosa, com o presidente brasileiro tentando utilizar de seu cargo para destituir Rui Barbosa de sua função a todo custo.
b) o Encilhamento foi uma rebelião que aconteceu no Rio Grande do Sul, quando tropas monarquistas rebelaram-se e iniciaram uma luta contra as forças federalistas leais ao governo.
c) o Encilhamento foi uma forte crise econômica que atingiu o Brasil como fruto da desastrada política econômica praticada por Rui Barbosa e gerou desvalorização da moeda e crescimento da inflação.
d) os efeitos do Encilhamento só foram contidos durante a gestão de Epitácio Pessoa (1919-1922).
e) o Encilhamento foi a tentativa de golpe realizada por Deodoro da Fonseca em novembro de 1891.
7. Analise as questões que seguem e assinale a opção correta.
I - As constituições outorgadas são aquelas impostas, de maneira unilateral, pelo agente revolucionário.
II - As constituições promulgadas são aquelas eleitas diretamente pelo povo.
III - As constituição promulgadas são também chamadas "Cartas Constitucionais".
a) Todas estão corretas.
b) Apenas a I e II estão corretas.
c) Apenas a I e III estão corretas.
d) Apenas a II e III estão corretas.
e) Apenas a III está correta.
8. Dentre as afirmações que seguem, quais estão corretas?
I - As constituições outorgadas são chamadas de votadas.
II - As constituições cesaristas são aquelas oriundas de plebiscito popular.
III - As constituições pactuadas são aquelas em que o poder constituinte originário se concentra nas mãos de mais de um titular.
a) Todas estão corretas.
b) Apenas a I e II estão corretas.
c) Apenas a II e III estão corretas.
d) Apenas a I e III estão corretas.
e) Apenas a III está correta.
9. Quais das Constituições Brasileiras foram promulgadas?
a) As de 1891, 1934, 1946 e 1988.
b) As de 1891, 1924 e 1988.
c) As de 1934, 1937 e 1946.
d) As de 1934, 1946 e 1967.
e) Nenhuma das anteriores.
10. Quais das Constituições Brasileiras foram outorgadas?
a) As de 1891, 1934, 1946 e 1988.
b) As de 1824, 1937 e 1946.
c) As de 1891, 1934 e 1967.
d) As de 1824, 1937 e 1967.
e) Nenhuma das anteriores.
11. Quais afirmações estão incorretas?
I - Constituição é o nome que se dá à Lei Fundamental promulgada.
II - Carta é o nome que se dá à Constituição outorgada.
III - Quanto à forma as constituições podem ser classificadas em costumeiras ou instrumentais.
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) Todas.
e) Nenhuma.
12. Das afirmações que seguem, quais estão corretas?
I - A constituição costumeira é aquela baseada nos usos, costumes, jurisprudência e convenções.
II - Quanto à extensão e finalidade a constituição pode ser classificada em analítica e sintética.
III - A constituição analítica é aquela que aborda todos os assuntos que os representantes do povo consideram essenciais.
a) Todas.
b) Apenas a I e II.
c) Apenas a I e III.
d) Apenas a II e III.
e) Nenhuma.
13. Assinale a opção que apresenta a classificação correta da Constituição Federal de 1988.
a) Promulgada, costumeira, analítica, material, dogmática, rígida, reduzida e eclética.
b) Outorgada, costumeira, sintética, material, dogmática, rígida, reduzida e eclética.
c) Promulgada, escrita, sintética, formal, histórica, semi-flexível e ortodoxa.
d) Outorgada, escrita, sintética, formal, dogmática, semi-flexível e ortodoxa.
e) Promulgada, escrita, analítica, formal, dogmática, rígida, reduzida e eclética.
14. A Constituição vigente no Brasil foi promulgada em outubro de 1988 e garantiu uma série de direitos à população brasileira. Sobre as características da estrutura do Estado expressa na Constituição de 1988, indique a alternativa incorreta.
a)      Existência de três poderes independentes: executivo, legislativo e judiciário;
b)      Poder executivo organizado em formato presidencialista;
c)      Poder executivo organizado em formato parlamentarista;
d)     Eleição direta para os cargos dos poderes executivos e legislativos.
15. No que diz respeito ao direito à propriedade da terra expresso na Constituição de 1988, é incorreto afirmar que:
a)      Os povos indígenas teriam direito à demarcação de suas terras;
b)      Os povos quilombolas teriam direito à demarcação de suas terras;
c)      A propriedade privada da terra é inviolável, desde que cumpra sua função social;
d)     A propriedade privada da terra é inviolável, independente de cumprir ou não sua função social.
16. A Constituição de 1988, conhecida como “constituição cidadã”, foi considerada uma grande conquista democrática após mais de duas décadas de regimes militares por garantir amplos direitos à população brasileira, em vários âmbitos da vida social. Aponte, dentreas alternativas abaixo, qual direito não está garantido na Constituição de 1988.
a)      Direito de voto a toda a população, incluindo analfabetos e adolescentes maiores de 16 anos.
b)      Direito ao acesso à Previdência Social pelos trabalhadores do campo.
c)      Garantia do direito amplo de greve aos trabalhadores
d)     Direito das forças policiais de praticarem a tortura para obter confissões.
17. (PUCC-SP) A Constituição de 1967, em vigor no início do governo Costa e Silva:
a) revogou os atos discricionários praticados pelo movimento militar de 1964.
b) estabeleceu o sistema de eleições diretas, eliminando o Colégio Eleitoral.
c) reforçou o presidencialismo, por intermédio do fortalecimento do executivo.
d) restaurou a democracia, pondo um fim ao expurgo que se fazia ao populismo.
e) consolidou o federalismo, que tinha sido atenuado no período de 1950-1960.
18. Leia o texto e, em seguida, assinale a alternativa correta:
O governo Castelo completou as mudanças nas instituições do país, fazendo aprovar pelo Congresso uma nova Constituição em janeiro de 1967. A expressão 'fazendo aprovar' deve ser tomada em sentido literal.(FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: EDUSP, 2013. p. 405.).
Boris Fausto adverte que a expressão “fazendo aprovar” deve ser tomada em sentido literal. Com base nisso, podemos afirmar que:
a) a Constituição não tinha efeito jurídico real.
b) a Constituição foi aprovada sem a devida anuência do Poder Legislativo.
c) nenhum congressista compareceu à apreciação do texto constitucional.
d) o Congresso não pôde aprovar a Constituição por falta de quórum.
e) não houve interesse por parte dos políticos civis em apreciar uma nova Constituição.
19. (UFMG) Considerando-se os fatores que contribuíram para a longevidade do regime militar no Brasil, é correto afirmar que foi de grande relevância:
a) A combinação entre a ordem constitucional, amparada pela Constituição de 1967, e a arbitrariedade, expressa em sucessivos Atos Institucionais.
b) A manutenção de um sistema político representativo, com eleições indiretas em todos os níveis, exceto para a Presidência da República.
c) O desenvolvimento econômico-social do País, acompanhado de um constante crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).
d) O rodízio de lideranças políticas entre as Forças Armadas, por meio de eleições indiretas no âmbito do Comando Supremo da Revolução.
20. Uma das características do Regime Militar, que vigorou no Brasil de 1964 a 1985, foi a implementação de atos institucionais com o objetivo de alterar a ordem jurídica até então vigente no país. Esses atos (também referidos como AIs) transformaram, aos poucos, o ordenamento jurídico brasileiro em um aparato autoritário. Com a Constituição aprovada em 1967, esse viés autoritário acabou por ser:
a) rejeitado pelo Congresso Nacional.
b) abandonado pelos próprios militares.
c) neutralizado pelas forças políticas de esquerda.
d) incorporado pelos artigos da Constituição.
e) intensificado com a volta do presidente João Goulart à presidência.
“NUNCA TENHA VERGONHA DOS SEUS SONHOS.”

Outros materiais