A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Atlas de Histologia do Genital Masculino (prática)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Reprodutor Fláuber Sousa - Med - 79 - UFCG 
Histologia - Genital Masculino - Prática 
Lâmina 1 - Epidídimo - Coloração Especial 
• É um único tubo que se enovela 
• Armazena o espermatozoide 
• Possui Epitélio Simples 
Pseudoestratificado Estereociliado 
• Os estereocílios absorvem os resíduos do 
processo de espermiogênese 
• O ducto deferente (está na mesma 
lâmina de epidídimo) transporta os 
espermatozoides maduros do epidídimo 
para o ducto ejaculatório. 
• O epitélio do ducto deferente continua 
sendo Pseudoestratificado 
Estereociliado 
• Ao redor do ducto deferente temos três 
camadas de tecido muscular: 
o Longitudinal interna 
o Circular Média 
o Longitudinal Externa 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lâmina 32 - Túbulos Seminíferos 
• Possuem epitélio estratificado germinativo 
• A espermatogênese ocorre da periferia para 
a luz do tubo 
• Células observadas: 
o Células Mióides: são do tipo 
pavimentoso e revestem externamente o 
túbulo seminífero. Além disso, possuem a 
capacidade de contrair facilitando o 
processo de liberação dos 
espermatozoides na luz do túbulo 
seminífero. 
o Células de Sertoli: possuem um grande 
citoplasma (ocupando quase todo o 
espaço do túbulo seminífero), apesar de 
não ser possível sua observação. São 
conectadas uma as outras por zônulas de 
oclusão o que promove a formação da 
barreira hematotesticular (impede a 
entrada de vasos sanguíneos no meio do 
túbulo) e possuem a função, 
principalmente, de nutrir as células que 
participam do processo de 
espermatogênese. Entretanto, apenas 
conseguimos observar seus núcleos 
que se encontram na periferia do túbulo 
seminífero e possuem formato de meia 
lua. 
o Células de Leydig: estão presentes no 
espaço intersticial, ou seja, fora do túbulo 
seminífero e possui a função de liberar 
testosterona na corrente sanguínea. 
Desse modo, o espaço intersticial é muito 
vascularizado (contrapondo-se ao interior 
do túbulo). 
o Espermatogônias: células menores na 
periferia dos túbulos seminíferos, escuras 
e bem redondas. 
o Espermatócitos Primários: as maiores 
células estão em meiose I 
o Espermatócitos Secundários: um pouco 
menores e estão sofrendo meiose II 
o Espermátides: núcleo um pouco menos 
alongado que o do espermatozoide pela presença de corpo residual 
o Espermatozoides: núcleos alongados, próximos à luz (centro) dos túbulos 
seminíferos. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lâmina 13 - Próstata 
• Glândula Prostática é do tipo túbulo alveolar e são revestidas por um epitélio colunar ou 
cúbico simples 
• No meio da lâmina existe um espaço em branco, o qual é a uretra prostática que possui 
um epitélio semelhante o da bexiga urinária e, portanto, é um Epitélio de Transição 
• Ao redor da uretra prostática temos Tecido Conjuntivo Frouxo 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lâmina 33 - Epidídimo (JÁ POSSUI EXLICAÇÃO DE EPIDÍDIMO NA LÂMINA 1) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
	Histologia - Genital Masculino - Prática
	Lâmina 1 - Epidídimo - Coloração Especial
	Lâmina 32 - Túbulos Seminíferos
	Lâmina 13 - Próstata
	Lâmina 33 - Epidídimo (JÁ POSSUI EXLICAÇÃO DE EPIDÍDIMO NA LÂMINA 1)