A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
APOSTILA 12 senso remoto

Pré-visualização | Página 1 de 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA GRADUAÇÃO 
UNEC / EAD DISCIPLINA: TOPOGRAFIA E GEODÉSIA I 
 
NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA - NEAD Página | 53 
Professor: D.Sc. Marcos Alves de Magalhães – professormarcosmagalhaes@gmail.com 
 
2.3 Aplicações 
Os SIG’s resultam da combinação entre três tipos de tecnologias distintos: o 
sensoriamento remoto, o GPS e o geoprocessamento. 
 
2.3.1 Sensoriamento Remoto 
O sensoriamento remoto é uma tecnologia de obtenção de imagens e dados 
da superfície terrestre 
através da captação 
e registro da energia 
refletida/emitida pela 
superfície sem que 
haja contato físico 
entre o sensor e a 
superfície estudada 
(por isso é chamado 
de remoto) (FARIA, 
2020). 
Os sensores óptico-eletrônicos utilizados para a captura dessa energia 
funcionam como uma câmera fotográfica (que capta e registra a radiação – luz – 
emitida/refletida pelo objeto) que tirasse fotos da superfície terrestre, só que um 
pouco mais sofisticados. 
As câmeras fotográficas convencionais captam apenas o espectro de luz 
visível (de ondas longas), já os sensores utilizados no sensoriamento remoto 
costumam captar outras bandas (uma delas é o infravermelho, que é muito 
importante para o estudo das vegetações, por exemplo). 
Após feita a captura da imagem, estas serão analisadas, transformadas em 
mapas ou constituirão um banco de dados georreferenciados caracterizando o que 
chamamos de Geoprocessamento. 
O veículo mais utilizado para captura de imagens em sensoriamento remoto 
é, com certeza, o satélite, devido a sua melhor relação de custo-benefício, uma vez 
que ele pode passar anos em órbita da Terra. 
 
mailto:rofessormarcosmagalhaes@gmail.com
 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA GRADUAÇÃO 
UNEC / EAD DISCIPLINA: TOPOGRAFIA E GEODÉSIA I 
 
NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA - NEAD Página | 54 
Professor: D.Sc. Marcos Alves de Magalhães – professormarcosmagalhaes@gmail.com 
 
Os mais famosos satélites são: o CBERS, Chinese – Brazilian Earth 
Resources Satellite, com 1.450kg e duração de dois anos é um satélite nacional em 
parceria com a China, lançado em 1999 e administrado pelo INPE (Instituto Nacional 
de Pesquisas Espaciais); o Landsat 7 (Earth Resources Technology Satellite), com 
aproximadamente 2.100kg e mais de cinco anos de vida foi lançado em 1999. O 
primeiro Landsat foi lançado ainda em 1972; o SPOT (Sistéme Probatoire de 
L’Observation De La Terre France), com 2.700 kg e, também, mais de cinco anos de 
vida sendo que o primeiro da série (SPOT 1) foi lançado em 1986 (FARIA, 2020). 
 
2.3.2 GPS 
O GPS (Sistema de Posicionamento Global) é formado por três segmentos: o 
espacial, de controle e utilizador (FRANCISCO, 2020). 
O espacial é composto por 24 satélites distribuídos em seis planos orbitais. O 
segmento de controle é responsável pelo monitoramento das órbitas dos satélites. 
Por fim, o segmento do utilizador é o receptor GPS, responsável pela captação dos 
sinais fornecidos pelos satélites. 
Esse sistema de navegação permite, através de satélites artificiais, a 
obtenção de informações sobre a localização geográfica em qualquer lugar da 
superfície terrestre e em qualquer hora do dia. 
 
A localização geográfica ocorre em razão da emissão de rádio dos satélites, 
que são captadas por receptores GPS na Terra, onde são decodificadas as 
informações e fornecidos a latitude, longitude e altitude. 
Na história da humanidade sempre foram utilizadas técnicas de localização, 
muitas delas através de fatores naturais como estrelas, sol, vento, formações 
mailto:rofessormarcosmagalhaes@gmail.com
 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA GRADUAÇÃO 
UNEC / EAD DISCIPLINA: TOPOGRAFIA E GEODÉSIA I 
 
NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA - NEAD Página | 55 
Professor: D.Sc. Marcos Alves de Magalhães – professormarcosmagalhaes@gmail.com 
 
 
rochosas, entre outras. No entanto, 
o Sistema de Posicionamento Global 
apresenta extrema eficácia na 
obtenção de informações referentes 
à localização e orientação 
geográfica. Proporciona a posição 
geográfica em qualquer ponto do 
planeta. 
O Sistema de Posicionamento Global é um programa que foi desenvolvido 
pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, com o custo aproximado de 10 
bilhões de dólares. O primeiro receptor foi testado em 1982. O objetivo era de que 
esse se tornasse o principal sistema de navegação das forças armadas 
estadunidense (FRANCISCO, 2020).. 
Atualmente existem dois sistemas de posicionamento por Satélite em pleno 
funcionamento, o GPS desenvolvido e mantido pelos Estados Unidos e o Glonass, 
desenvolvido na Rússia. A China está desenvolvendo um sistema denominado 
Compass. Outro sistema em fase de implantação é o Galileo europeu. 
O desenvolvimento de outros sistemas de posicionamento por satélites é de 
fundamental importância para os usuários, pois o GPS, tecnologia desenvolvida e 
controlada pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, limita informações 
destinadas aos civis, e, em caso de guerras envolvendo esse país, a emissão de 
sinal pode ser ainda mais restrita. 
Atualmente, O GPS vem sendo 
utilizado em diversos setores 
econômicos, como na agricultura e no 
rastreamento de carga de veículos. 
Com os problemas de trânsito 
enfrentados nas grandes cidades, vem 
se tornando um item indispensável 
para navegação e orientação aos 
motoristas de automóveis. 
mailto:rofessormarcosmagalhaes@gmail.com
 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA GRADUAÇÃO 
UNEC / EAD DISCIPLINA: TOPOGRAFIA E GEODÉSIA I 
 
NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA - NEAD Página | 56 
Professor: D.Sc. Marcos Alves de Magalhães – professormarcosmagalhaes@gmail.com 
 
 
1) Sobre o GPS, assinale a alternativa correta: 
a) Foi desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, com o custo 
aproximado de 10 bilhões de dólares. 
b) Não limita informações destinadas aos civis. 
c) Vem se tornando um item dispensável para navegação e orientação aos 
motoristas de automóveis. 
d) O primeiro receptor foi testado em 1986. 
 
2) O sensoriamento remoto é uma tecnologia de obtenção de imagens e dados 
da superfície terrestre através da captação e registro da energia refletida/emitida 
pela superfície sem que haja contato físico entre o sensor e a superfície estudada 
(por isso é chamado de remoto). Sobre o sensoriamento remoto, assinale a 
alternativa incorreta: 
a) Os sensores utilizados no sensoriamento remoto costumam captar outras bandas 
(uma delas é o raio gama, que é muito importante para o estudo das vegetações). 
b) O veículo mais utilizado para captura de imagens em sensoriamento remoto é, 
com certeza, o satélite. 
c) Os sensores óptico-eletrônicos utilizados para a captura dessa energia funcionam 
como uma câmera fotográfica que tirasse fotos da superfície terrestre, só que um 
pouco mais sofisticados. 
d) Após feita a captura da imagem, estas serão analisadas, transformadas em 
mapas ou constituirão um banco de dados georreferenciados. 
 
3) O GPS (Sistema de Posicionamento Global) é formado por três segmentos: o 
espacial, de controle e utilizador. O segmento de controle é responsável: 
a) Pela captação dos sinais fornecidos pelos satélites. 
b) Pela obtenção de informações sobre a localização. 
c) Por comandar 24 satélites distribuídos em planos orbitais. 
d) Pelo monitoramento das órbitas dos satélites.