A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Interações medicamentosas - Farmacologia (resumo)

Pré-visualização | Página 1 de 2

30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 1/13
Interações medicamentosas
Na área da saúde é comum eventos de interação medicamentosa
Média de medicamentos utilizados por pacientes: 10-13
Para o estudo das interações medicamentosas,  não é suficiente o conhecimento de substâncias básicas do 
medicamento, é preciso entender seu mecanismo de ação, por onde ele passa e etc
A polifarmácia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é o uso rotineiro e concomitante de 
quatro ou mais medicamentos (com ou sem prescrição médica) por um paciente.
Polifarmácia na População Mundial - 8,1%
18,4% em idosos
Interação Fármaco Nutriente
> pacientes que recebiam alimentação via naso-enteral, recebiam medicamento pela mesma via
> Alguns indivíduos apresentaram interações fármaco e nutriente
O perigo disso é não analisar essa possibilidade e ficar se indagando "Por que o anti-hipertensivo não faz 
efeito?" e coisas assim, ou seja, não desconfiar que está havendo interação do fármaco com o alimento
Situações de contraindicação de medicamentos
> Pode ser perigoso para determinada população
> Pode causar interação medicamentosa
Grave: Ameaça vida do paciente
Moderada: Pode causar exacerbação da condição do paciente
Tempo de interação: Rápido (ex: benzodiazepínico + opioide) ou Lenta 
Gravidade: Grave, Moderada, Mínima.
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 2/13
Mínima: Pode limitar efeito clínico
Normalmente não se interfere em casos de interações moderadas ou mínimas.
Quais são os tipos de interações?
> In vitro
> In vivo
Ou
Interações farmacêuticas (físico-químicas)
Exemplo: Medicamento fotossensível
Acontece fora do organismo. Ex: misturar duas medicações pra ser administrado, ou administrar 1 logo em 
seguida do outro. Sofrerão uma reação química, a partir do contato delas. Pode não haver efeito biológico e 
formar outro composto sem atividade.
> Precipitação
> Floculação
> Turvação
> Alterações da cor da mistura
Exemplos:
Interações farmacêuticas (físico-químicas)1.
Efeitos (farmacodinâmicas)2.
Caminho (farmacocinéticas)3.
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 3/13
Adsorção é a adesão de moléculas de um fluido (o adsorvido) a uma superfície sólida (o adsorvente);
Incompatibilidades Medicamentosas ❌
Equipo de Soro em Y (medicações simultâneas)
Algumas interações são benéficas:
Interações farmacodinâmicas
> Acontecem no local de ação dos fármacos ou no resultado final do fármaco no organismo
Vitamina C faz absorver + ferro
Carvão ativada age sobre desintoxicação
Protamina age na inativação da heparina
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 4/13
Existe duas possibilidades:
Aumento do efeito (sinergismo)
Diminuição do efeito (antagonismo)
Sinergismo
Pode ser:
Não tem como saber se o efeito vai ser exatamente o dobro, pode ser mais, menos ou outra multiplicação.
Ex: Alprazolam + Clonazepam, dois benzodiazepínicos
Propriedades: inibição leve das funções do sistema nervoso central permitindo assim uma ação 
anticonvulsivante, alguma sedação, relaxamento muscular e efeito tranquilizante
Atuam no mesmo receptor, então o efeito pode ser potencializado para além do dobro, tendo uma sedação 
muito maior.
Somação
Normalmente é mais usado na resposta terapêutica. Ex:
> Quero baixar a pressão arterial?
> Quero aumentar a diurese do paciente?
Objetivo do sinergismo de somação: Alcançar o resultado terapêutico sem exceder a dose máxima do 
di
Adição (efeito somado; mesmo receptor)
Somação (efeito somado, receptores diferentes)
Potenciação/Potencialização (efeito multiplicado)
Inibidor da ECA
Vasodilatador
Usar dois diuréticos de classes diferentes
Mecanismos diferentes
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 5/13
medicamento
Diazepam + Álcool
Ácido clavulânico + Amoxicilina (potencialização)
Antagonismo
Pode ser:
> Antagonismo competitivo: dois medicamentos que competem pelo mesmo receptor 
(reversível/irreversível)
> Antagonismo não-competitivo (um problema maior): antagonista age em sítio diferente, então o 
agonista não vai descolar antagonista (afinal de contas, agem em locais diferentes). Doses maiores do 
agonista não fazem tanto efeito.
Interações Farmacocinéticas
Acontecem em algum ponto na passagem do fármaco pelo organismo
> Interações físico-químicas no trato gastrointestinal (interação entre ácidos e bases)
> Motilidade intestinal (medicamentos que aumentam a motilidade intestinal e faz com que os 
medicamentos não sejam bem absorvidos)
> Alteração da função da mucosa
> Flora/Microbiota bacteriana (ex: uma mulher que tem disbiose e toma contraceptivo via oral. Na disbiose, 
Mecanismos diferentes (somação)
Sedativos do SNC
A ação inibitória da betalactamase do clavulanato estende o espectro da amoxicilina, abrangendo 
uma variedade maior de microrganismos, entre eles muitos dos que são resistentes a outros 
antibióticos betalactâmicos.
Fisiológica - efeito reduzido (mecanismos diferentes; receptores diferentes)
Farmacológica - efeito reduzido (mesmos receptores)
Absorção1.
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 6/13
não há quebra da molécula do anticoncepcional, dessa forma, não entra na corrente sanguínea).
Enterócito é um tipo de célula epitelial da camada superficial do intestino delgado e intestino grosso. Estas 
células podem quebrar moléculas e movê-las para dentro dos tecidos.
Utilizar antiácidos pode fazer com que medicamentos não sejam bem absorvidos pelo organismo. Isso pois 
a diminuição da acidez no estômago faz com que esse medicamento sofra pouco ionização, diminuindo sua 
capacidade de absorção e eliminação.
Hidróxido de magnésio: Efeitos laxantes (pode provocar diarreia)  
Hidróxido de alumínio: Interfere na absorção de fostato (diminui força dos ossos)
O USO DE ANTIÁCIDO É CONTRAINDICADO ANTES DE USAR QUALQUER TIPO DE MEDICAMENTO 
> O fármaco passa pelo fígado sem passar pelos hepatócitos
> ou interage com hepatócitos (metabolismo hepático)
Uma vez na circulação, o medicamento vai pros tecidos. Primeiro para os mais vascularizados.
> O PH é levemente mais ácido próximo ao tecido 
> A albumina tem uma atratividade muito grande (ex: Terra e Lua). A albumina no sangue faz papel parecido 
Distribuição2.
30/04/2021 Interações medicamentosas - Evernote
https://www.evernote.com/client/web?login=true#?b=fab61bf3-30e0-4422-180e-196dfe920a4e&fs=true&n=cd1ae677-5831-16df-5308-00d68e61fd41& 7/13
 albu a te u a at at dade u to g a de (e : e a e ua). albu a o sa gue a papel pa ec do 
com a atração gravitacional da Terra sobre a Lua. No sangue ela atrai substâncias para próximo de si; 
chegando tecido, as desprende.
> Dificilmente um fármaco não vai ser ligar a albumina. O que vai diferenciar é a capacidade da substâncias 
de se ligar a albumina (afinidade)
> A substância que se liga a albumina é aquela que ultrapassa 85% de afinidade
> Normalmente, a albumina começa a ficar mais seletiva na administração da 3ª medicação. Com duas 
drogas, dificilmente haverá competição (mesmo com uma baixa afinidade das drogas)
> Os medicamentos ácidos são os que tem mais afinidade pela albumina. Os básicos se ligam a outros 
carregadores.
> A forma que se desprende da albumina