A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Bases Celulares e Moleculares - 1º SEMESTRE (UNINOVE)

Pré-visualização | Página 3 de 3

do osso: 99% do cálcio
está na estrutura óssea. Calcemia é a
manutenção dos níveis de cálcio
equilibrado. Baixa calcemia: ação direta =
retirada de íon cálcio do cristal de
hidroxiapatita que vai para o líquido
intersticial e vai pelo capilar na circulação
sanguínea; segunda forma = ação
hormonal, paratormonio(PTH)
osteoblastos suspender síntese de
colágeno, secretam fator estimulador de
osteoclasto fazendo o osteoclasto fazer a
absorção de cálcio, aumenta a liberação
de calcio e aumenta a calcemia (destrui
uma parte do osso)
A calcitonina estimula a deposição de
cálcio no osso.
Raquitismo: em crianças, a matriz não
calcifica e deforma o disco epifisário, gera
deformidade do esqueleto. ausência de
vitamina D menor absorção de cálcio no
intestino.
Osteomalacia: em adulto, calcificação
deficiente da matriz neoformada e
descalcificação da matriz formada, gera
fragilidade óssea.
Osteoporose: mais reabsorção do que
neoformação.
Diartrose - permite movimentação dos
ossos
Sinartroses - movimentação limitada dos
ossos, sinostoses (tecido ósseo),
sincondroses (cartilagem hialina),
sindesmoses (tec. conj. denso)
- Tecido Muscular:
As células se alongam, grande síntese de
proteínas. Proteínas que formam
filamentos. Estruturas geradoras das
forças necessárias para contração com
gasto de ATP.
Ligado aos ossos por tendões, funções de
sustentação e locomoção. Resposta a
neurônio motor somático.
Estriado esquelético: está preso ao osso,
feixes de células cilíndricas longas,
multinucleadas, com núcleos periféricos,
estriações transversais, contração rápida,
vigorosa, contração voluntária.
Mioblastos - célula que deu origem à
formação da fibra celular.
Estriado cardíaco: células alongadas e
ramificadas, unidas por feixes intercalares,
presença de estrias transversais, núcleos
centrais, contração rápida, vigorosa,
ritmada, contração involuntária.
@VeterinariaAndress�
7
Bas�� ���ul���� e M�l��u��r��
Liso: aglomerados de células fusiformes,
sem estriações transversais, contração
lenta, contração involuntária.
Alterações - membrana celular =
sarcolema citoplasma = sarcoplasma REL
= retículo sarcoplasmático
Tec. Mus. Esquelético: feixes de células
longas, cilíndricas, multinucleadas com
muitos filamentos: miofibrilas. Hipertrofia
x Hiperplasia.
Organização do músculo estriado
esquelético: revestimento de tecido
conjuntivo.
Epimísio, Perimísio, Endomisio.
Funções do tecido conjuntivo de
revestimento: união de fibras, regulação
da força de contração, transmissão da
força de contração de contração do
músculo aos ossos e tendões.
Vascularização: os vasos sanguíneos
penetram no músculo através dos septos
do conjuntivo e formam extensa rede de
capilares que correm entre as fibras
musculares. Vasos linfáticos e nervos
também estão presentes.
As fibrilas diretamente envolvidas com a
contração são actina e miosina, proteínas
contráteis. Além dessas duas:
regularizadoras da contração: troponina e
tropomiosina. Titina e nebulina são
proteínas acessórias gigantes.
Sarcômero: unidade contrátil da fibra
muscular.
A titina é ligada na linha M.
Núcleos mais periféricos são
características de músculo estriado
esquelético. A área H é mais escura
porque possui miosina. A parte A tem
filamento fino e filamento grosso em
sobreposição.
Titina - proporciona elasticidade e
estabiliza a miosina.
Nebulina - auxilia o alinhamento da
actina.
Fibras vermelhas: rico em mitocôndria e
mioglobina. Contração + lenta, menos
fadiga, + resistência. Ex: pernas, músculos
posturais, gastrocnêmio. Utiliza depósitos
de gordura corporal.
Fibras Brancas: menos mitocôndrias,
menos mioglobina. Contração rápida, +
fadiga. Ex: músculos de movimentos finos
e precisos, curta duração. Utiliza glicólise
anaeróbica (glicogênio)
Fibras intermediárias/Rosadas:
características dos dois grupos.
Triades:
Quem forma a tríade: túbulo t e o retículo
sarcoplasmático.
depósito de cálcio: dentro do retículo
sarcoplasmático.
Mecanismo de contração muscular:
A acetilcolina chega na fenda sináptica
desencadeando uma despolarização, ela
precisa ser degradada para concluir o seu
papel e se finalizar ali.
Tropomiosina - bloqueia todos os sítios
ativos que permitem a interação entre
miosina e actina.
Miosina
Actina
Troponina
Troponina quando
Músculo estriado cardíaco: células
alongadas ramificadas, presença de
junções intercalares (batimento ritmado),
núcleos centrais, sistema túbulos T e
retículo sarcoplasmático: díades, 40% do
volume total são mitocôndrias.
@VeterinariaAndress�
8
Bas�� ���ul���� e M�l��u��r��
Músculo liso: células fusiformes, núcleo
único e central, pode ocorrer hiperplasia e
hipertrofia (útero gestação), revestimento
de lâmina basal e rede de fibras
reticulares (contrações simultâneas),
junções comunicantes presentes, cavéolas
(íons cálcio), retículo sarcoplasmático liso
ausente, presença de corpos densos.
Contração do músculo liso: sob o estímulo
do SN autônomo, íons de cálcio migram
das caveolas para o sarcoplasma. Os íons
de cálcio interagem com a calmodulina.
Esse complexo ativa a enzima cinase da
cadeia leve da miosina
Regeneração do tecido muscular: estriado
esquelético, células satélites, estriado
cardíaco não regenera em caso de lesão
ocorre fibrose, no liso ocorre mitose.
- Tecido Nervoso
Características gerais: o sistema nervoso
evoluiu juntamente com o sistema
endócrino para controle de órgãos
especializados. Distribui-se pelo
organismo em uma rede de comunicações
e divide-se em:
Sistema Nervoso Central (encéfalo e
medula espinal)
Sistema Nervoso Periférico (nervos e
gânglios)
Funções: detectar, transmitir, analisar e
utilizar as informações geradas pelos
estímulos sensoriais representados por
calor, luz, energia mecânica e
modificações químicas no ambiente
interno e externo. Organizar e coordenar
direta ou indiretamente o funcionamento
de quase todas as funções do organismo
(viscerais, motoras, endócrinas e
psíquicas)
Organização: Sistema Nervoso Central
dividido em SNP (aferente - recebem as
informações para o SNC) e SNP eferente
(transmite para a periferia informações
geradas no SNC).
Células nervosas e células não nervosas
nervosas: neurônios
Não nervosas: células da glia - astrócitos,
oligodendrócitos, microglias, células
ependimárias.
Corpo celular ou pericário: centro trófico
da célula.
Núcleo: cromatina frouxa, nucléolo
evidente, citoplasma maior REG
(substância de Nissl).
Axônio: único - especializado em
transmitir e conduzir estímulo
central oligodendrócito bainha de mielina
@VeterinariaAndress�
9