A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
ESTUDO DIRIGIDO FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

1-Como podemos definir Biossegurança Odontológica? 
 
A Biossegurança em Odontologia é um conjunto de medidas empregadas com a 
finalidade de proteger a saúde da equipe e dos pacientes em ambiente clínico. 
Esse conjunto de medidas preventivas agrupa todos os princípios de controle de 
infecção. 
O único meio de prevenir a transmissão de doenças é o emprego de medidas de 
controle de infecção como equipamento de proteção individual (EPI), esterilização 
do instrumental, desinfecção do equipamento e ambiente, antissepsia da boca do 
paciente. 
São essenciais a padronização e manutenção das medidas de biossegurança como 
forma eficaz de redução de risco ocupacional, de infecção cruzada e transmissão 
de doenças infecciosas. 
 
 
2-Qual a diferença entre perigo e risco? 
 
A principal diferença entre Riscos e Perigos está na exposição. 
 
O Risco advém da exposição a um certo Perigo. 
Perigo é toda fonte, situação ou ato com potencial para provocar danos 
humanos em termos de lesão ou doença. 
O Perigo pode ser um produto químico, uma máquina rotativa, uma superfície 
quente, um chão escorregadio, uma área ruidosa, uma área com alta temperatura, 
área energizada, entre outros. Perceba que todos esses casos 
representam situações potenciais para acontecer uma lesão. São situações 
perigosas. 
Contudo, essa lesão só acontece se houver exposição do trabalhador a esses 
Perigos. Essa exposição tem a ver com a proximidade do trabalhador à fonte de 
perigo. 
Tomemos como exemplo uma máquina rotativa operando sem proteção. Ela é 
uma fonte de perigo. O Risco aparece com a aproximação do trabalhador ou 
qualquer outra pessoa, pois eles estão se expondo àquele perigo. Se não houver 
aproximação do trabalhador não haverá Risco de qualquer dano sobre ele. 
O mesmo acontece com uma superfície quente. Ela é uma fonte de perigo. 
Enquanto não houver aproximação de trabalhadores à superfície quente não há 
nenhum risco de acidente. Mas no momento em que há essa aproximação, 
aumenta-se a exposição e o trabalhador fica sob risco. 
O mesmo acontece com todas as outras fontes de perigo. 
Portanto, o Risco está associado à exposição ao perigo. 
Se pensarmos em uma linha cronológica, primeiro surge o Perigo para em 
seguida, se houver exposição, surgir o risco. 
 
 
Ação: Dirigir por um trajeto. 
Resultado esperado dessa ação: Chegar ao destino com segurança. 
Risco: Acidente de trânsito 
Perigos: 
• Não saber dirigir 
• Dirigir em alta velocidade 
• Não respeitar as leis de trânsito 
• Não fazer a manutenção preventiva do automóvel 
• Entre outros. 
 
 
3-Cite cinco formas de contaminação em um atendimento clínico 
odontológico. 
 
• Lesões expostas 
• Sangue 
• Saliva 
• Objetos Contaminados 
• Aerossóis (gotículas de saliva, sangue e secreções) 
 
 
4-O que é infecção cruzada? 
 
Infecção cruzada é um termo utilizado para referir-se à transferência de 
microrganismos de uma pessoa para outra pessoa, resultando necessariamente 
em uma infecção. 
 
 
5-Quais são os cuidados de Biossegurança no pré-atendimento 
ao paciente? 
 
Anamnese Preliminar (Tele orientação) 
Agendamento 
• Ordem crescente de aerossóis 
• Intervalo entre consultas 
• Higienizar	as	Mãos	 
• Guardar	pertences 
• Aferir	Temperatura 
 
 
 
 
6- Cite as áreas frequentemente esquecidas durante a 
higienização das mãos. 
 
 
7- Cite os EPI´s que devem ser utilizados pela equipe 
odontológica e os pacientes. 
• Scrub 
• Avental 
• Mascara 
• Óculos 
• Gorro 
• Face Shield 
• Luvas látex 
• Sobre luvas 
• Pro pé 
 
8-Como podemos diminuir a produção de aerossóis no 
consultório odontológico? 
• Isolamento do campo operatório 
• Sugadores de alta potência(bomba á vácuo) 
• Correta limpeza da superfícies com álcool 70% 
• Higienização do filtro do aparelho de ar condicionado 
• Deixar o mínimo de objetos expostos 
 
 
9- Quais são os locais de utilização das barreiras mecânicas? 
 
• Botões de acionamento da cadeira 
• Alça do refletor 
• Mocho 
• Apoios de cabeça e braço da cadeira odontológica 
• Corpo da seringa tríplice 
• Pontas da unidade de sucção 
 
 
 
10- Cite as etapas do processamento de artigos contaminados. 
 
• Artigo sujo 
• Exposição ao agente de limpeza 
• Lavagem 
• Enxague 
• Secagem 
• Inspeção visual 
• Preparo e embalagem 
• Esterilização 
• Armazenamento 
 
11- Como são classificados os resíduos de serviço em saúde? 
Explique. 
Segundo a Anvisa, os resíduos de saúde estão classificados em 5 grupos. Confira: 
 Grupo A – Biológicos (Resíduos potencialmente infectantes) 
São resíduos que possuam presença de agentes biológicos e que apresentem 
risco de infecção. Ex.: bolsas de sangue contaminado. 
 Grupo B – Resíduos químicos 
São resíduos que contenham substâncias químicas capazes de causar risco à 
saúde ou ao meio ambiente, independente de suas características inflamáveis, de 
corrosividade, reatividade e toxicidade. Ex.: Medicamentos para tratamento de 
câncer, reagentes para laboratório e substâncias para revelação de filmes de 
Raio-X. 
 Grupo C – Resíduos radioativos 
São resíduos de materiais que contenham radioatividade em carga acima do 
padrão e que não possam ser reutilizados. Ex.: Exames de medicina nuclear. 
 Grupo D – Resíduos comuns 
São resíduos de qualquer lixo que não tenha sido contaminado ou possa provocar 
acidentes. Ex.: Gesso, luvas, gazes, materiais passíveis de reciclagem e papéis. 
 Grupo E – Resíduos perfuro cortantes e abrasivos 
São objetos e instrumentos que possam furar ou cortar. Ex.: Lâminas, bisturis, 
agulhas e ampolas de vidro. 
É uma importante que as empresas façam a destinação correto de cada grupo de 
resíduos. Uma vez que, caso esses materiais entrem em contato com o solo ou a 
água, podem causar sérias contaminações no ambiente e causar danos à 
vegetação. Além disso, no caso de materiais perfurantes contaminados, podem 
acarretar sérios riscos à saúde da população, caso sejam descartados em aterros 
sanitários comuns. 
 
 
 
 
12- Qual a cor que representa o risco ergonômico? 
 
Amarelo