A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
trabalho fernanda

Pré-visualização | Página 1 de 1

Nos dias atuais tem se tornado cada vez mais comum as prescrições de remédios 
para crianças .Os motivos são variados :agitação, desobediência, timidez, oscilação 
de humor …mas será que de fato esses comportamentos são sintomas? Ou será 
que são só uma expressão da diversidade humana ? 
Nossa sociedade é organizada a partir de um modelo social de pessoas perfeitas , 
quando a forma de agir ou de expressar não combina com esse modelo encara-se 
como algo anormal . 
Sendo assim, muitas das vezes a família a escola por ser incapazes de lidar com a 
situação, torna esse modo de agir como uma questão médica. 
Ressaltar uma característica de uma criança e utilizá-la para rotular e para explicar 
outras particularidades é uma forma de condená-la a posição de doente. 
Além disso, o uso desses medicamentos possuem diversos efeitos colaterais, no 
meu ponto de vista o uso de certas medicações em crianças pode impedir que a 
mesma crie recursos próprios para lidar com suas dificuldades. 
Eu passei por essa experiência na pele pois a minha filha teve muita dificuldade 
para aprender a ler, me foi recomendado diversos teste para saber o motivo, ela foi 
diagnosticada com dislexia,me foi recomendado uso de medicamentos para ela se 
concentra mais, só que eu como sempre fui contra a medicalização infantil achei 
melhor insistir com ela com outros métodos. 
E obtive excelentes resultados hoje ela aprendeu a ler sem ter que fazer uso de 
medicamentos para memória , concentração ...