A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
70 pág.
O Território Nacional espaço Brasileiro o modelo econômico brasileiro

Pré-visualização | Página 3 de 15

Bioma amazônico: área de ocorrência no Brasil
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Nome do Concurseiro(a) - 000.000.000-00, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
http://www.grancursosonline.com.br
http://www.grancursosonline.com.br
13 de 70www.grancursosonline.com.br
GEOGRAFIA DO BRASIL
O Território Nacional; Espaço Brasileiro; O Modelo Econômico Brasileiro
Prof. Luis Felipe Ziriba
A enorme biodiversidade do bioma amazônico se encontra ligada ao clima 
quente e úmido (graças, ao qual, fatores bióticos são mais acelerados), à sua 
superlativa dimensão em associação aos patamares de relevo.
O clima é o equatorial, em imensa parte da Amazônia brasileira, havendo a 
ocorrência de clima tropical apenas em porções ao sul da floresta.
Sobre a superlativa dimensão, o bioma amazônico é disparado o maior bioma no 
Brasil, mas se estende para outros oito países: Bolívia, Peru, Equador, Venezuela, 
Colômbia, Guina, Suriname e Guiana Inglesa. Em 1978, os países da América do 
Sul formalizaram um tratado de cooperação mutua para a Amazônia em vários sen-
tidos (fronteiras, segurança, soberania, preservação de recursos), chamado de Tra-
tado de Cooperação Amazônica (TCA). A seguir, apresento um artigo interessante 
sobre o TCA e seus entraves mais recentes. Recomendo a leitura integral, é curto: 
https://www.mundorama.net/?p=11110
Por fim, os patamares diferenciados de relevo da Amazônia brasileira promovem 
extratos de biodiversidade diferenciados à medida que ocorrem flora e fauna adapta-
das a condições diferentes de solo e disponibilidade hídrica, entre outros fatores. So-
bre esse tema, é preciso analisar um pouco mais, então vamos aos três patamares:
Mata de igapó e matas de várzea: nas margens do rio Amazonas, e em seus 
rios tributários, na planície amazônica, onde as terras são mais baixas, formam-se 
os chamados igarapés e também, em patamares mais altos, os terrenos de várzea. 
A diferença de um para outro é muito simples. Enquanto nos igarapés as matas 
são permanentemente inundadas; nas várzeas, são periodicamente (parte do ano) 
inundadas. Nessas áreas, as árvores atingem até 20 metros de altura, mas a maio-
ria possui entre quatro e cinco metros, principalmente, nas matas de várzeas (que 
são periodicamente inundadas, ao contrário dos igarapés que são permanentemen-
te inundados). As espécies vegetais encontradas são totalmente adaptadas a ter-
renos alagadiços nestes ambientes. Suas plantas, de menor porte, são hidrófilas 
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Nome do Concurseiro(a) - 000.000.000-00, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
http://www.grancursosonline.com.br
http://www.grancursosonline.com.br
14 de 70www.grancursosonline.com.br
GEOGRAFIA DO BRASIL
O Território Nacional; Espaço Brasileiro; O Modelo Econômico Brasileiro
Prof. Luis Felipe Ziriba
(adaptadas a regiões alagadas), possuindo como espécies comuns a vitória-régia, 
as orquídeas, as bromélias e outras e árvores como palmeiras. Vale destacar nova-
mente que os campos, ou matas inundáveis, podem ser perenes, como nos igara-
pés, ou intermitentes, como nas matas de várzeas;
Mata inundada
Obs.:� nas matas inundadas, em ambientes de presença marinha (nas partes lito-
râneas), em foz de rios que deságuam no mar, ocorre a formação dos man-
gues, que são constituídos por vegetação adaptada à inundação ao longo 
do ano, porém, com água salinizada. Solos halófitos (adaptados a grande 
quantidade de sal) e plantas pneumatófitas (com raízes suspensas) são dois 
termos relacionados aos mangues. A seguir, estão as áreas de mangues no 
Brasil de forma aproximada e com destaque, também, para sua tipologia 
comum com raízes mais elevadas e terrenos inundados. Veja, contudo, que 
os mangues não são exclusividade da Amazônia, ocorrendo em praticamen-
te todo o litoral brasileiro.
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Nome do Concurseiro(a) - 000.000.000-00, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
http://www.grancursosonline.com.br
http://www.grancursosonline.com.br
https://pt.wikipedia.org/wiki/Vitória-régia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Orquídea
15 de 70www.grancursosonline.com.br
GEOGRAFIA DO BRASIL
O Território Nacional; Espaço Brasileiro; O Modelo Econômico Brasileiro
Prof. Luis Felipe Ziriba
Ocorrência dos mangues
Mangues
•	 Matas de terra firme: são os domínios predominantes em área, com cerca 
de 85% de todo o bioma, e situados nas partes planálticas (ou seja, fora da 
planície amazônica). São nos terrenos de matas firmes (terras mais altas) 
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Nome do Concurseiro(a) - 000.000.000-00, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
http://www.grancursosonline.com.br
http://www.grancursosonline.com.br
16 de 70www.grancursosonline.com.br
GEOGRAFIA DO BRASIL
O Território Nacional; Espaço Brasileiro; O Modelo Econômico Brasileiro
Prof. Luis Felipe Ziriba
que o aproveitamento agropastoril se processa em toda a Amazônia Legal, 
principalmente em estados como Pará e Rondônia. Nas terras firmes, a flo-
resta é densa, com madeiras nobres como mogno, cerejeira e altíssima bio-
diversidade faunística.
Alguns Dados sobre a Superlativa Biodiversidade e Importância da 
Amazônia
Estima-se que praticamente 20% das espécies conhecidas no planeta estejam 
na Amazônia. De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA), em 
2005, a fauna amazônica era constituída de 4.221 espécies de animais, 1,3 mil 
espécies de peixe, 30% insetos do planeta, 2.500 espécies de árvores e mais 
de 30 mil espécies de flora
Na Amazônia, há também a maior bacia hidrográfica do mundo, com 25 mil qui-
lômetros de rios navegáveis e 6.675km somente no rio Amazonas.
Rede hidrográfica amazônica
O conteúdo deste livro eletrônico é licenciado para Nome do Concurseiro(a) - 000.000.000-00, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título,
a sua reprodução, cópia, divulgação ou distribuição, sujeitando-se aos infratores à responsabilização civil e criminal.
http://www.grancursosonline.com.br
http://www.grancursosonline.com.br
17 de 70www.grancursosonline.com.br
GEOGRAFIA DO BRASIL
O Território Nacional; Espaço Brasileiro; O Modelo Econômico Brasileiro
Prof. Luis Felipe Ziriba
Por fim, os solos amazônicos são pobres naturalmente. Em função da intensa 
ação de transformação por parte da imensa bacia hidrográfica, não se aprofunda-
ram os perfis e horizontes do solo. São solos, portanto, via de regra, rasos e are-
nosos, onde o que dá sustância e enorme biodiversidade à floresta é exatamente o 
humus, ou seja, a camada orgânica de micro-organismos, bichos mortos e folhas.
Texto Complementar
Parque Nacional Montanhas de Tumucumaque
Com quase 3,9 milhões de hectares, uma área superior à de alguns estados brasileiros 
como Alagoas e Sergipe, o Parque Nacional Montanhas de Tumucumaque foi criado em 
agosto de 2002, sendo desde então uma das maiores áreas protegidas tropicais do 
mundo. Cobre uma porção significativa de uma região de extrema importância ecológi-
ca, o Escudo das Guianas, caracterizado por elevadíssimos valores de riqueza biológica 
e taxa de endemismo. Está situado na região Noroeste do estado do Amapá, uma das 
áreas de menor densidade demográfica da Amazônia. Tais fatos, associados ao alto grau 
de proteção de seus ecossistemas, legitimam essa Unidade de Conservação como um 
dos mais relevantes instrumentos de preservação ambiental da Amazônia brasileira.
Os benefícios gerados