A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Avaliação II individual

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disciplina:
	Direito Tributário e Empresarial (DIR98)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual ( Cod.:668469) ( peso.:1,50)
	Prova:
	29753082
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda: Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	A Constituição Federal não cria tributos, apenas estabelece competências para que, através da lei, as pessoas políticas os possam criar. Com relação à competência residual tributária da União Federal outorgada pela Constituição Federal de 1988, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	É direito da União instituir impostos não previstos no artigo 153, da Carta Magna, desde que eles sejam não cumulativos e não tenham base de cálculo própria dos demais impostos descritos na Constituição.
	b)
	É o direito de instituir taxas e contribuições de melhoria.
	c)
	Esse direito não está sujeito ao princípio de legalidade e somente pode ser utilizado em caso de guerra ou comoção interna grave.
	d)
	É o direto da União instituir impostos e contribuições sociais por portaria, desde que não cumulativos.
	2.
	O tributo é gênero, ou seja, faz parte de um grupo maior, e comporta cinco espécies tributárias, que compõem um grupo menor, de acordo com a Constituição Federal. Sobre as espécies tributárias, assinale a alternativa CORRETA que as contempla:
	a)
	Imposto e contribuição compulsória.
	b)
	Contribuição compulsória e contribuição social.
	c)
	Taxas e investimento sobre ganho real.
	d)
	Contribuição de melhoria e empréstimo compulsório.
	3.
	O poder de tributar é muito antigo, tendo como objetivo primeiro de aumentar a receita pública e ser revertido para as necessidades sociais. A fim de evitar controvérsias ou entendimentos distintos sobre o assunto, o Código Tributário contemplou no art. 3º o conceito de tributo. Sobre os elementos que caracterizam o tributo, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	O tributo tem de ser criado por lei e seu pagamento é obrigatório.
	b)
	O pagamento do tributo é um meio de sanção aplicado ao contribuinte.
	c)
	A analogia, no direito tributário, também cria tributos.
	d)
	O fato gerador antecede a criação do tributo, motivo pelo qual não se aplica o princípio da legalidade.
	4.
	Competência tributária é o meio pelo qual a Constituição Federal concedeu às pessoas políticas o poder de criar tributos através da lei. Nesse sentido, a competência tributária para instituir imposto sobre a propriedade territorial rural pertence a quem?
	a)
	Privativamente aos municípios que optarem por fiscalizar e cobrar o imposto, na forma da lei, conforme determina a Constituição Federal.
	b)
	Concorrentemente à União e aos municípios que optarem por fiscalizar e cobrar o imposto, na forma da lei, conforme determina a Constituição Federal.
	c)
	Concorrentemente à União e ao Distrito Federal.
	d)
	Exclusivamente à União.
	5.
	A Constituição Federal não cria tributos, apenas estabelece competência para que as pessoas políticas os criem através de lei. À União cabe, por exemplo, instituir privativamente impostos sobre importação e exportação de produtos. Sobre a competência tributária prevista na Constituição Federal, analise as seguintes sentenças:
I- A discriminação da competência elencada pela CF é rígida.
II- Os tributos de competência residual cabem à União.
III- A competência concorrente é exercida pelos estados e municípios e é rígida.
IV- A competência extraordinária cabe aos municípios, em caso de calamidade pública.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	As sentenças I e II estão corretas.
	b)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	c)
	Somente a sentença I está correta.
	d)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	6.
	A obrigação tributária é um fato jurídico previsto em lei que faz nascer o dever de pagar tributos ao Estado. O sujeito passivo, que é o contribuinte ou responsável, está obrigado por lei a satisfazer a obrigação tributária. Sobre a obrigação tributária, analise as seguintes afirmativas:
I- A obrigação principal nasce com o fato gerador, e a prestação é a entrega do dinheiro ao Estado credor.
II- A obrigação acessória nasce apenas com uma prestação positiva, ou seja, obrigação de fazer.
III- A causa da obrigação tributária é o fato gerador e o objeto é a prestação a ser paga.
IV- A obrigação acessória nasce com uma prestação positiva ou negativa, com interesse de arrecadar ou fiscalizar os tributos.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	As afirmativas I e II estão corretas.
	b)
	As afirmativas I, III e IV estão corretas.
	c)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	d)
	Somente a afirmativa II está correta.
	7.
	A Construtora Predial Ltda. teve contra si lavrada, há poucos dias, uma Notificação Fiscal de Lançamento de Débito (NFLD) em razão da falta de declaração e pagamento da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). A sociedade empresária precisa, com urgência, suspender a exigibilidade do crédito tributário, ante seu interesse em participar de licitação que ocorrerá em breve. Sobre as condutas que atendem à necessidade da construtora, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	Declaração tardia da CSLL.
	b)
	Parcelamento.
	c)
	Ajuizamento de ação anulatória sem depósito ou pedido de antecipação de tutela.
	d)
	Realização de depósito judicial do montante parcial.
	8.
	Uma vez nascida a obrigação tributária, surge com ela o direito do Estado de cobrar o tributo do contribuinte. Entretanto, o Código Tributário prevê algumas situações em que o crédito tributário tem sua exigibilidade suspensa, até que determinada situação seja discutida. Sobre a temática, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A moratória suspende a exigibilidade do crédito tributário.
(    ) É caso de suspensão a concessão de medida liminar em mandado de segurança.
(    ) Suspende a exigibilidade do crédito tributário as reclamações e recursos, nos termos da lei.
(    ) Suspende a exigibilidade do crédito tributário o depósito de seu montante parcial.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	a)
	F - F - F - V.
	b)
	V - F - F - F.
	c)
	V - V - V - F.
	d)
	F - V - V - F.
	9.
	Com o nascimento da obrigação tributária (fato gerador) nasce o direito ao crédito. Contudo, a cobrança do crédito tributário não é absoluta, ou seja, existem algumas situações em que a legislação permite a extinção do crédito tributário. Sobre essas situações, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Desde que autorizado por lei, os créditos existentes do contribuinte para com o fisco poderão ser compensados.
(    ) O acordo, ou transação, só é possível se houver algum crédito do contribuinte para com a Fazenda.
(    ) É permitida a extinção do crédito tributário através da remissão da dívida, desde que autorizado por lei.
(    ) O pagamento e a compensação são as únicas formas de extinção do crédito tributário.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	a)
	F - F - F - V.
	b)
	V - F - F - V.
	c)
	V - F - V - F.
	d)
	V - V - V - F.
	10.
	O senso comum, ou seja, a maioria das pessoas leigas tratam como sinônimos os termos tributos e impostos. Entretanto, todo tributo é imposto, haja vista ser obrigatório, já o imposto, que é espécie, é um tipo de tributo, que é gênero. Sobre imposto, assinale a alternativa CORRETA:
	a)
	O governo pode instituir imposto mediante uma catástrofe pública.
	b)
	Não existe contraprestação imediata e específica do Estado.
	c)
	Uma das características do imposto é a de não ser pessoal, tratando todos na mesma intensidade.
	d)
	Está vinculado à contraprestação do Estado, sendo o contribuinte beneficiário direto.
Parte inferior do formulário