A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
PELE

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
PELE e LESÕES DE PELE 
Revisão - Anatomia e histologia 
 
Pele 
 
A pele pode ser fina ou espessa (palma das mãos, planta dos pés e 
articulações). 
 
 
 
Epiderme 
 
Composta por epitélio estratificado pavimentoso queratinizado, 
composto principalmente por queratinócitos, além dos melanócitos, 
células de Langerhans e Merkel. 
 
➺ Camada basal: composta por células prismáticas ou cuboides, 
separa a derme da epiderme, é rica em células tronco, tem intensa 
atividade mitótica, renovando constantemente a epiderme (junto com 
a camada espinhosa), devido a estas funções também é chamada de 
germinativa. 
Função: orientar o crescimento dos queratinócitos em direção a 
superfície, estimula a atividade mitótica, barreira a macromoléculas. 
A tela subcutânea é o reservatório de gordura, participando da 
termorregulação e proteção. 
 
● Queratinócitos: produzem a queratina, tornando a pele forte e 
impermeável. 
Obs: próximo à superfície, os queratinócitos perdem seus núcleos e 
se achatam, formando uma barreira compacta e impermeável 
chamada de camada córnea. 
● Melanócitos: produzem melanina, que ao ser fagocitada pelo 
queratinócitos, dão cor para a pele, protegendo ela contra os raios 
solares. 
● Células táteis/ Merkel: relacionadas com a sensibilidade, 
comunicação com o meio externo. 
● Células de Langherans: englobam bactérias e resíduos estranhos, 
oferecendo a 1º proteção contra patógenos (sistema imune da pele). 
 
➺ Camada espinhosa: acima da camada basal, formada por células 
cuboides achatadas, com um núcleo central e filamentos de queratina 
(tonofilamentos). Os tonofilamentos e os desmossomos auxiliam na 
manutenção e coesão entre as células da epiderme, dando 
resistência a atrito. Nesta camada existem também células-tronco, 
que realizam mitose (menor quantidade que a camada basal). 
 
➺ Camada granulosa: células poligonais achatadas, com núcleo 
central e citoplasma com basófilos (liberam heparina e histamina 
durante processos inflamatórios). 
 
➺ Camada lúcida: mais evidente na pele espessa, constituída por 
células achatadas eosinofilas e translúcidas, com núcleos e organelas 
que foram digeridas por lisossomos. 
 
➺ Camada córnea: espessura variável, composta por células 
achatadas, mortas e sem núcleo, o citoplasma destas células é 
repleto de queratina. 
● A queratinização (cornificação) transforma os queratinócitos em 
células córneas, achatadas e secas, protegendo a pele de lesões e 
microrganismos, dura 28 dias, as células mortas vão se 
desprendendo, renovando a pele constantemente. 
 
Obs: a exposição constante ao atrito estimula a formação de um calo, 
que consiste no espessamento da cama córnea. 
 
 
 
 
 
2 
PELE e LESÕES DE PELE 
Revisão - Anatomia e histologia 
 
Derme 
 
Formada por tecido conjuntivo, tem espessura variável, tem 
superfície externa irregular, com saliências, chamadas de papilas 
dérmicas que aumentam a área de contato da derme com a 
epiderme, unindo estas duas camadas, são mais frequentes em 
regiões com maior pressão e atrito. 
A derme tem vasos sanguíneos, linfáticos, nervos, além de 
estruturas como: folículos pilosos, glândulas sebáceas e glândulas 
sudoríparas. 
 
➺ Camada papilar: mais espessa, com tecido conjuntivo frouxo, com 
papilas dérmicas. 
➺ Camada reticular: mais espessa, com tecido conjuntivo denso. 
 
 
Hipoderme 
 
Formada por tecido conjuntivo frouxo, que o une a derme aos órgãos 
próximos, ela promove o deslizamento da pele sobre as estruturas 
nas quais se apoia. Pode ter o panículo adiposo, que é uma camada 
de gordura, variando de acordo com o local e o estado nutricional do 
indivíduo. 
 
Pelos 
Situados na epiderme, constituído por células queratinizadas, 
produzidas pelos folículos pilosos. Os pelos tem uma parte livre 
(haste) e uma parte intradérmica (raiz). 
 
O pelo fetal ou lanugem é fino, claro e pouco desenvolvido, o pelo 
terminal é espesso, pigmentado, são os cabelos, barbas, pilosidade 
pubiana e axilar. 
 
 
 
 
 
 
Glândulas sudoríparas 
Podem ser: 
● Écrinas: localizadas em toda a pele, principalmente nas regiões 
palmoplantares e axilas. A sudorese é muito importante para o 
equilíbrio da temperatura corporal. 
● Apócrinas: situadas na região axilar, anoperineal, inguinal, monte de 
Vênus e ao redor dos mamilos. 
 
 
Unhas 
Formadas por queratina, 
recobrem a última falange 
dos dedos, fixadas sobre 
a epiderme (leito ungueal).