A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Segurança do Paciente nas Unidades de Saúde

Pré-visualização | Página 1 de 1

SEGURANÇA
DO PACIENTE
NAS UNIDADES
DE SAÚDE
APOIO:
Segundo a Organização
Mundial de Saúde - OMS,
dezenas de milhares de
pacientes sofrem, anualmente,
danos desnecessários em
serviços de saúde.
Desta forma, medidas de
prevenção destes eventos
precisam ser adotadas com vistas
a reverter tal panorama nos
serviços de saúde.
O NÚCLEO DE SEGURANÇA DO
PACIENTE (NSP) É A
INSTÂNCIA RESPONSÁVEL
PELA ELABORAÇÃO, EXECUÇÃO
E MONITORAMENTO DAS
AÇÕES E ESTRATÉGIAS PARA A
PROMOÇÃO DA SEGURANÇA
DO PACIENTE, ALÉM DE
ORIENTAR A VIGILÂNCIA E O
MONITORAMENTO DE
INCIDENTES RELACIONADOS À
ASSISTÊNCIA À SAÚDE.
1. Identificação e decisão de investigar;
2. Seleção de pessoas para composição
do time de investigação;
3. Organização e coleta de dados;
4. Determinação da ordem cronológica do
incidente;
5. Identificação e classificação do tipo de
incidente;
6. Identificação dos fatores contribuintes;
7. Elaboração de recomendações e
desenvolvimento de um plano de
ação.
A tratativa dos eventos deve ser
realizada no intuito de encontrar falhas
no processo, de forma a transparecer os
pontos críticos, sem procurar culpados,
dessa forma, os funcionários e
envolvidos com o evento devem ser
preservados.
A partir do registro é possível, sistematizar
reuniões mensais ou quinzenais para análise
do número de eventos, principais causas da
ocorrência, locais com maior ocorrência dos
eventos e inclusive avaliar o dimensionamento
das equipes.
METAS INTERNACIONAIS DE
SEGURANÇA DO PACIENTE
IDENTIFICAÇÃO
CORRETA DO PACIENTE
MELHORAR A
COMUNICAÇÃO ENTRE OS
PROFISSIONAIS DE SAÚDE
MELHORAR A SEGURANÇA
DOS 
MEDICAMENTOS
GARANTIR O LOCAL CORRETO, O
PROCEDIMENTO CORRETO, E A
CIRURGIA NO PACIENTE CORRETO
REDUZIR O RISCO DE
INFECÇÃO ASSOCIADO AO
CUIDADO
REDUZIR O RISCO DE DANOS
AOS PACIENTES RESULTANTE
DE QUEDAS
É preciso desenvolver registros toda vez
que ocorrer um evento adverso
relacionado a uma das 6 metas.