A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
QUESTIONÁRIO - bactérias

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Explique o que são seres eucariontes e procariontes, exemplificando um ser
de cada espécie e esquematizando sua célula e/ou sua estrutura.
Seres eucariontes tem como definição de núcleo verdadeiro,é uma célula mais com-
plexa com núcleo definido e maior estrutura,reproduzem-se por mitose e meiose.Já os
seres procariontes não possuem organelas membranosas,seu material genético está
no citoplasma.
Exemplos de seres eucariontes: fungos,plantas e animais.
Seres procariontes: bactérias e arqueias.
2. Cite as principais diferenças entre os agentes agressores.
Nos procariontes o cromossomo bacteriano possui genes que codificam as proteínas
para que ocorra o funcionamento da célula.
Nas eucariontes tem presença de um núcleo delimitado por envoltório nuclear,que
protegeas moléculas de dna existentes nessa região.
3. Explique as composições das membranas das bactérias Gram + e Gram –.
Nas bactérias gram positivas tem maior quantidade de peotioglicano e ácidos teicoi-
cos.
Gram negativas a parede celular apresenta maior complexidade, com o peptioglicano
em menor quantidade também possui uma outra membrana externa formada por lipo-
polissacarídeo.
4. Explique o processo de coloração de GRAM passo a passo, e ao fim, explique
por que cada tipo de bactéria cora de uma cor específica.
I. Para o preparo da coloração de gram é preciso a preparação da lâmina com a fixa-
ção do esfregaço da amostra.
II. Após fixação em lâmina, aplicar a violeta de genciana(corante púrpura),esperar 1
minuto o corante agir e logo após lavar com água destilada.
III. As células absorvem a solução e ficam coradas de púrpura.
IV. aplica-se a solução de iodo mordente e deixa agir por 1 minuto.
V. As células ficam azul escuras depois da aplicação do corante na lâmina.
VI. É utilizado agente descorante para que aconteça a descoloração e espera agir por
15 segundos.
VII. células gram positivas ficam azul escurs e gram negativas sem cor.
VIII. feito as etapas acima é aplicado agente contrastante safranina por 30 segun-
dos na lâmina preparada
IX. então as celúlas gram positivas ficam azuis escuras e gram negativas ficam róseas
ou vermelhas na lâmina
X. Após concluida todas as etapas a lâmina é levada para observação no microscópio
eletrônico.
A cor vai variar de bactéria para bactéria de acordo com sua morfologia e característi-
cas da parede celular,a fim de,facilitar para o diagnóstico eficaz do exame e o médico
prosseguir para o tratamento com êxito.
5. A respeito das Micobactérias, explique:
a) Qual a coloração específica para elas?
Coloração Ziehl-Neelsen
b) Por que não podem ser coradas com GRAM?
O álcool tem resistência que impede a coloração das bactérias para serem avalia-
das pela técnica de gram.
6. A respeito do crescimento microbiano:
a) Quais são os principais fatores que afetam o crescimento?
Diversas coisas podem afetar o crescimento microbiano em diferentes situações, a
temperatura, além de outros fatores como pH, quantidade de oxigênio e pressão
osmótica são exemplos de fatores que afetam diretamente no metabolismo desses
microorganismos.
b) Explique o que são microrganismos Termófilos, Mesófilos, Psicrófilos e
Hipertermófilos;
Para diferentes microorganismos, existem diferentes temperaturas ótimas para seu
metabolismo, eles são caracterizados em:
Termófilos: microorganismos que sobrevivem em altas temperaturas, entre 50ºC a
60ºC.
Hipertermófilos: são uma espécie mais extrema que os termófilos, crescendo em
temperaturas acima de 80ºC.
Mesófilos: microorganismos que crescem em temperatura moderada, normalmente
entre 25ºC a 40ºC.
Psicrófilos: microorganismos de temperatura ótima baixa, entre 15ºC a 20ºC.
c) Explique o que são microrganismos Acidófilos, Neutrófilos e Alcalifílicos.
Quando se diz respeito a concentração do pH, o microorganismo deve ser capaz
de manter o seu pH intracelular neutro, independente do valor externo.
Acidófilos: organismos de pH ótimo na faixa de 0,1 a 5,4.
Neutrófilos: microorganismos que crescem em pH ótimo de 5,4 a 8,5.
Alcalófilos: assim como o nome sugerem, organismos que tem pH ótimo alcalino,
entre 8,5 e 11,5.
7. Sobre os Cocos Gram +:
a) Quais são as duas famílias de importância clínica?
Dentre os cocos gram +, destacam-se as famílias Micrococcaceae e Streptococca-
ceae.
b) Como elas se subdividem?
A família Micrococcaceae tem como principal representante clínico os Staphylococ-
cus spp., já a família Streptococcaceae se divide em streptococcus, enterococcus e
aerococcus.
c) Cite 3 doenças causadas pelos Cocos gram + e 3 doenças causadas pelos
Bacilos gram +.
Dentre as doenças causadas por cocos gram positivos, existe a síndrome da pele
escaldada, causada pela Staphylococcus aureus; Endocardite infecciosa, causada
pela bactéria Streptococcus viridans; Meningite neonatal, causada pela Enterococ-
cus faecium.
Já as doenças relacionadas a bacilos gram positivos, podemos mencionar o tétano,
causado pela bactéria Clostridium tetani; Botulismo, causado pela Clostridium botu-
linium; Gangrena gasosa, que é causada pela Clostridium perfringens.
8. Como é feita a separação dos Staphylococcus para os Streptococcus? Expli-
que detalhadamente o passo a passo.
Existe uma enzima chamada catalase, responsável por converter o peróxido de hi-
drogênio em oxigênio + água, com essa liberação de oxigênio resulta em bolhas de
ar que são facilmente identificáveis em um teste laboratorial. É feito um esfregaço
nas lâminas com cada amostra e depois, água oxigenada é colocada na lâmina, re-
sultando na visível diferenciação de cada amostra. No caso, o Staphylococcus tem
a enzima catalase ativa, já a Streptococcus não.
9. Grupo Neisseria:
a) Quais são os tipos que compõem o grupo?
Neisseria lactamica, Neisseria cinérea, Neisseria polysaccharea, Neisseria subfla-
va, Neisseria sicca, Neisseria mucosa, Neisseria flavescens, Neisseria elongata,
Neisseria meningitidis e Neisseria gonorrhoeae.
b) Quais são as doenças causadas?
Meningite, meningococcemia, gonorreia, conjuntivite neonatal e a doença inflamat-
ória pélvica.
c) Explique as provas bioquímicas que classificam cada tipo de Neisseria.
A Prova de degradação dos carboidratos (açúcares) Prepara-se uma suspensão
densa da bactéria em solução salina 0,85%, utilizando o crescimento de uma sub-
cultura pura, obtida a partir do meio de isolamento não seletivo (ágar chocolate enri-
quecido) com crescimento de 18 horas. Pingue de duas a três gotas em cada um dos
tubos de CTA, contendo1 de cada um dos açúcares (glicose, maltose e sacarose, res-
pectivamente). Misture a solução no terço superior do meio com alça bacteriológica.
Incube entre 35,5 e 36,5ºC por 24, 48 e 72 horas, sem atmosfera de CO2, essa
prova será positiva para Neisseria gonorrhoeae, apenas quando a glicose for o
único carboidrato metabolizado e na neisseria meningitidis quando ouver acidificação
da glicose e da maltose.
A reação de oxidase colocando o reativo diretamente sobre a colônia, na placa
de cultivo, ou preparando previamente uma fita de oxidase. Se você utilizar o re-
ativo em solução sobre a colônia, este deverá ser preparado no momento do
uso, não podendo ser estocado. Se você preferir utilizar as fitas reativas de
oxidase, veja como prepará-Ias em Preparo dos meios. Para realizar a reação
da oxidase, pegue uma colônia suspeita e esfregue-a sobre a fita. A cor rosa
aparecerá rapidamente, entre 10 a 20 segundos, nas reações positivas, como a
neisseria gonorrhoeae.
Na catalase, Com o auxílio de uma alça bacteriológica, pegue uma colônia sus-
peita do meio de TMm e homogeneíze sobre uma lâmina limpa, seca e desengordura-
da, adicione uma gota de peróxido de hidrogênio a 10 volumes, que correspon-
de a uma solução a 3%. A reação de catalase detecta uma enzima
hemoprotéica, que cataliza a quebra do peróxido de hidrogênio em oxigênio e
água. Na reação positiva, ocorrerá desprendimento de pequenas bolhas e, na
reação negativa, o líquido permanecerá inalterado. A Neisseria gonorrhoeae