A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Tecido Conjuntivo (Cap. 5 - Junqueira e Carneiro 13ª ed.)

Pré-visualização | Página 3 de 3

necessários para suas células e leva de volta 
para órgãos de desintoxicação e excreção (fígado, rim 
etc.) produtos de refugo do metabolismo celular. 
 
Tipos de Tecidos Conjuntivos 
Eduarda Lima (UFCA – T31) 
 
 
 Tecido Conjuntivo propriamente 
dito 
- São duas classes: Frouxo e Denso. 
→ Tecido Conjuntivo Frouxo: 
- Suporta estruturas sujeitas a pressão e atritos 
pequenos; 
- Tipo muito comum que preenche espaços entre grupos 
de células musculares, suporta células epiteliais e forma 
camadas em torno dos vasos sanguíneos; 
- É também encontrado nas papilas da derme, na 
hipoderme, nas membranas serosas que revestem as 
cavidades peritoneais e pleurais e nas glândulas; 
- As células mais numerosas são os fibroblastos e 
macrófagos, mas todos os outros tipos celulares do 
tecido conjuntivo também estão presentes, além de 
fibras dos sistemas colágeno e elástico; 
- Tem uma consistência delicada, é flexível, bem 
vascularizado e não muito resistente a trações. 
 
→ Tecido Conjuntivo Denso: 
- Adaptado para oferecer resistência e proteção aos 
tecidos; 
- É formado pelos mesmos componentes encontrados no 
tecido conjuntivo frouxo, porém, existem menos células 
e uma clara predominância de fibras colágenas; 
- Menos flexível e mais resistente à tensão que o Frouxo; 
- Tecido Conjuntivo Denso Não Modelado: Quando as 
fibras colágenas são organizadas em feixes sem uma 
orientação definida. As fibras formam uma trama 
tridimensional, o que lhes confere certa resistência às 
trações exercidas em qualquer direção. Encontrado, por 
exemplo, na derme profunda da pele; 
- Tecido Conjuntivo Denso Modelado: Feixe de colágeno 
paralelos uns aos outros e alinhados com os fibroblastos. 
Respondem as forças de tração exercidas em um 
determinado sentido. Ex.: Tendões, estruturas alongadas 
e cilíndricas que conectam os músculos estriados aos 
ossos; 
 
 Tecido Elástico 
- Composto por feixes espessos e paralelos de fibras 
elásticas; 
- O espaço entre as fibras é ocupado por fibras delgadas 
de colágeno e fibrócitos; 
- As fibras elásticas lhe conferem cor amarela e grande 
elasticidade; 
- Não é muito frequente no organismo e está presente 
nos ligamentos amarelos da coluna vertebral e no 
ligamento suspensor do pênis. 
 Tecido Reticular 
- Muito delicado e forma uma rede tridimensional que 
suporta as células de alguns órgãos; 
- Constituído por fibras reticulares intimamente 
associadas a fibroblastos especializados chamados de 
células reticulares; 
- Cria um ambiente especial para órgãos linfoide e 
hematopoéticos (medula óssea, linfonodos e nódulos 
linfáticos, e baço); 
- Estrutura trabeculada semelhante a uma esponja, 
dentro da qual as células e os fluidos se movem 
livremente; 
Eduarda Lima (UFCA – T31) 
 
- Ao lado das células reticulares, encontram-se células do 
sistema fagocitário mononuclear que estão 
estrategicamente dispersas ao longo das trabéculas, 
monitorando o fluxo de materiais e removendo 
organismos invasores por fagocitose. 
 
 Tecido Mucoso 
- Consistência gelatinosa graças à preponderância de 
ácido hialurônico com pouquíssimas fibras; 
- A principal células desse tecido são os fibroblastos; 
- O tecido mucoso é o principal componente do cordão 
umbilical, sendo referido como geleia de Wharton. No 
adulto, é restrito à polpa jovem dos dentes.