A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Cardiopatias

Pré-visualização | Página 1 de 1

@diariode_odonto 
Cardiopatas 
Cardiopatias 
Condição sistêmica relacionada as doenças do 
coração, e que são atualmente as doenças mais 
frequentes no mundo. 
Tipos mais frequentes: 
 Angina pectoris 
É uma dor no peito resultante de uma redução 
parcial e reversível do fluxo de oxigênio no 
músculo cardíaco, geralmente devido à 
obstrução das artérias coronárias. 
Estável: desencadeada pelo stress e aliviada pelo 
repouso; irradia-se para o ombro e o braço 
esquerdos, colo, mandíbula ou língua. 
Instável: pode ser precursora do infarto. 
 Insuficiência cardíaca congestiva (ICC) 
Resultado da incapacidade do coração em 
fornecer um suprimento adequado de oxigênio 
para atender às demandas metabólicas. 
- Evitar estresse 
- Consultas mais curtas 
- Sedação complementar 
 
 Arritimias 
Distúrbio do ritmo normal do coração tendo sua 
origem nos átrios (arritimia atrial) ou nos 
ventrículos (arritimia ventricular). 
- Precursora de infarto; 
- ICC 
-AVE 
 
 Infarto Agudo do miocárdio 
Consequência da falta de aporte sanguíneo no 
músculo cardíaco levando a necrose. 
Antes de tratamento dentário avaliar 
cuidadosamente o paciente que sofreu um 
infarto recente. Procedimentos odontológicos 
eletivos devem ser adiados por pelo menos seis 
meses. 
- Diminuir ao máximo o estresse 
- Consultas de curta duração 
- Sedação complementar, se necessário 
- Usar anestésicos sem vasoconstrictor 
- Evitar cirurgias no período de seis meses 
-Emergência de forma conservadora em 
ambiente hospitalar. 
 
 Cardiopatias congênitas 
Má formação do órgão cardíaco, sua etiologia é 
multifatorial, incluindo fatores genéticos, 
doenças maternas, como diabetes, lúpus, 
rubéola, sífilis que possam agir no momento da 
formação do coração do feto, ou seja, nas 
primeiras 8 semana. 
- Cardiopatias de hiperfluxo: acarretam shunt 
da esquerda para a direita, aumentando o fluxo 
sanguíneo para o pulmão CIA, CIV, PCA. 
- Cardiopatia de hipofluxo: pulmonar causam 
má formação das estruturas anatômicas do lado 
direito do coração (atresia tricúspide e 
pulmonar, estenose pulmonar) 
 
As mais comuns – cianóticas 
 Tetralogia de fallot – T4F: 
Defeito DO SEPTO VENTRICULAR 
Obstrução na via de saíde do ventrículo direito 
Aorta em dextroposilçao 
Hipertrofia do ventrículo direito 
 TGA transposição de grandes artérias 
 Atresia da válvula tricúspide 
 Hipoplasia de câmeras esquerdas 
 Ventrículo único; presença de apenas um 
ventrículo 
As mais comuns – Acianóticas 
 PCA, é para fechar após 12 a 48h 
 CIA, fisiologia comum ao nascer 
 CIV, ausência de tecido septal 
 DSAV, estenose aórtica, subaórtica, coartação 
da aorta 
Sangue venoso e arterial se misturam, o que não 
era para acontecer. 
 
 Miocardiopatias 
Doenças que afetam o músculo cardíaco em 
geral, o músculo cardíaco aumentado fica rígido 
e grosso, dificultando os movimentos de 
contração. 
- Dilatada 
- Restritiva 
- Hipertrófica 
Deixam o paciente sem forças. 
 
 
 
@diariode_odonto 
 
 Valvulopatias 
Mitral, tricúspide e aórtica, se alguma delas 
apresenta problema, ocasiona as Valvulopatias. 
As válvulas são estruturas de funcionamento 
simples, onde a abertura possibilita a passagem 
de sangue de uma cavidade cardíaca prévia 
para a seguinte, e o fechamento, impede que o 
sangue circule no sentido contrário. 
- Válvula mitral se abre do átrio esquerdo para 
o ventrículo esquerdo; 
- Válvula aórtica, que se abre do ventrículo 
esquerdo para a aorta; 
- Válvula tricúspide se abre do átrio direito para 
o ventrículo direito; 
- Válvula pulmonar, que se abre do ventrículo 
direito para a artéria pulmonar. 
Sempre segue um sentido único. Não é para 
voltar, se voltar a válvula estará com defeito. 
 
Valvulopatias: 
As Valvulopatias, também chamadas de 
valvopatias, são estenoses das válvulas 
cardíacas, impedindo a ocorrência da circulação 
normal cuja função é garantir a circulação do 
sangue em todo o aparelho cardiovascular, em 
sentido único. 
 
Valvulopatas x Coagulação 
- Válvula biológica: mantêm-se coagulado por 3 
a 6 meses. 
- Válvula mecânica: coagulação por toda a 
vida. 
Observar a condição hematológica antes de 
procedimentos invasivos. 
 A etiologia mais comumente observada de 
valvulopatia é a febre reumática, uma afecção 
auto-imune resultante de uma infecção 
bacteriana. 
Outras etiologias comumente associadas com as 
Valvulopatias são as cardiopatias congênitas, as 
miocardites e as endocardites. 
 
 Endocardite bacteriana 
Endocardite é um processo infeccioso da 
superfície do endocárdio, envolvendo 
geralmente as válvulas cardíacas. 
 
As intervenções odontológicas constituem uma 
das causas principais de bacteremia transitória. 
Epidemiologia 
Incidência – 1,6 a 6 / 100.00 pessoas/ano 
Drogaditos – 11,6/ 100.000 pessoas/ano 
Microrganismos envolvidos 
 Estreptococos viridans 
 Enterococos 
 Estafilococos 
 Bactérias gram-negativas 
 Fungos 
 Streptococcus bovis 
Achados clínicos 
Nódulos de Osler: intradérmicos, doloridos, nas 
polpas digitais. 
Hemorragias subungueais (de splinter): lesões 
lineares sob as unhas. 
Manchas de Roth: lesões hemorrágicas 
retinianas, com palidez na porção central.