Buscar

EMBRIOLOGIA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO Alba.ppt

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 72 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 72 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 72 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

EMBRIOLOGIA DO
 SISTEMA 
RESPIRATÓRIO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE 
SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Moore, K.L., Persaud, T.V.N, Torchia, MG. EMBRIOLOGIA 
CLÍNICA. 10 ed. Rio de Janeiro: Editora Elsevier. 2016.
Schoenwolf, G.C., Bleyl, S.B., Brauer, F.R., Francis-West, 
P.H. LARSEN EMBRIOLOGIA HUMANA. 5 ed. Rio de 
Janeiro: Editora Elsevier. 2016.
REVISANDO......
1ª SEMANA: Clivagens 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
2ª SEMANA: Formação e 
Implantação do Blastocisto
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
3ª SEMANA: GASTRULAÇÃO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Camundongos 7 dias de 
gestação (16 dias em humanos)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Camundongos 7 dias de gestação 
(16 dias em humanos)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
3ª e 4ª SEMANA - NEURULAÇÃO 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Dobramento do embrião no plano mediano
Prega cefálica
Prega caudal
Membrana
Bucofaríngea
Encéfalo
anterior Notocorda
Intestino anterior Intestino posterior
Pedículo
vitelino
Celoma
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
 Dobramento do embrião no Plano Horizontal
Celoma 
extra-embrionário
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
CAVIDADE DO CORPO DO EMBRIÃO
4ª SEMANA
Celoma Intraembrionário torna-se a cavidade 
do corpo do embrião
Origina três cavidades do corpo
•Uma cavidade pericárdica
•Dois canais pericardioperitoneais
•Uma cavidade peritoneal
Essas cavidades têm: 
Parede parietal (pleura) derivada do mesoderma somático
Parede visceral (pleura) derivado do mesoderma esplâncnico 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
EMBRIOLOGIA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO
DESENVOLVIMENTO 
EMBRIOLÓGICO DA 
LARINGE,
TRAQUEIA, 
BRÔNQUIOS
E PULMÕES
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FOLHETOS 
EMBRIONÁRIOS
E O SISTEMA 
RESPIRATÓRIO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Arcos faríngeos I, II, III, IV
Bolsas 
faríngeos 
1, 2, 3, 4
DESENVOLVIMENTO DO PRIMÓRDIO RESPIRATÓRIO
Sulcos faríngeos 
1, 2, 3, 4
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO DO PRIMÓRDIO RESPIRATÓRIO
25º – 28º DIAS = ASSOALHO DOS 
ARCOS FARÍNGEOS CAUDAIS
Local do sulco laringotraqueal
CAUDAL ao 4º par de 
bolsas faríngeas
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO DO PRIMÓRDIO RESPIRATÓRIO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
CAUDAL ao 4º par de 
bolsas faríngeas
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
MICROSCOPIA 
ELETRÔNICA DE 
VARREDURA: 
EMBRIÃO DE 25 DIAS
FENDA 
LARINGOTRAQUEAL
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
25º DIA = CORTE SAGITAL DO EMBRIÃO: 
DIVERTÍCULO LARINGOTRAQUEAL
Pregas traqueoesofágicas longitudinais se desenvolvem no 
divertículo laringotraqueal
SEPTO TRAQUEOESOFÁGICO
Divide a porção cranial do intestino anterior 
DESENVOLVIMENTO DO SEPTO 
TRAQUEOESOFÁGICO
uma parte dorsal 
(primórdio da orofaringe 
e do esôfago)
uma parte ventral 
TUBO LARINGOTRAQUEAL 
(primórdio da laringe, 
traquéia, brônquios e 
pulmões) 
DESENVOLVIMENTO DO SEPTO 
TRAQUEOESOFÁGICO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
MESÊNQUIMA (CRISTA NEURAL)
4º e 6º arcos faríngeos 
ENDODERMA
- Proliferação e recanalização (10ª semana)
Epitélio de revestimento
Cartilagens e
Músculos
 DESENVOLVIMENTO DA LARINGE 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
 DESENVOLVIMENTO DA LARINGE 
4 SEMANAS 5 SEMANAS
6 SEMANAS 10 SEMANAS
Mesênquima prolifera rapidamente produzindo um par 
de TUMEFAÇÕES ARITENÓIDES
▪Crescem em direção a língua
▪Transformam a abertura da laringe (glote primitiva) num canal em 
forma de T e reduzindo sua luz a uma estreita fenda
Abertura da 
Laringe
Tumefações 
Aritenóides
4 SEMANAS 5 SEMANAS
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
6 SEMANAS 10 SEMANAS
A abertura da laringe (glote) muda de forma 
FENDA T (reduz a luz a uma estreita fenda)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
RECANALIZAÇÃO DA LARINGE: 10a SEMANA
▪Epitélio prolifera rapidamente 
e oclui a luz da laringe
▪Recanalização (formam-se 
recessos, delimitados por 
mucosas que se tornam as 
pregas vocais e vestibulares)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
LARINGE ADULTA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ATRESIA LARÍNGEA
✔Falta de RECANALIZAÇÃO da laringe;
✔ Pode ser completa (ATRESIA) ou parcial 
 (ESTENOSE ou REDE LARÍNGEA);
✔ Vias aéreas distais ao bloqueio se tornam 
 DILATADAS; e os pulmões estão 
 AUMENTADOS e cheios de LÍQUIDO;
✔ Anomalia RARA.
✔Tratamento: DILATAÇÃO ENDOSCÓPICA DA 
REDE LARÍNGEA
NA CLÍNICA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO DA TRAQUEIA
4 semanas 10 semanas
11 semanas 12 semanas
CORTES TRANSVERSAIS NO DUCTO LARINGOTRAQUEAL
e glândulas 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO DOS BRÔNQUIOS E PULMÕES
B = 6 SemanasA = 5 Semanas
ENDODERMA + MESODERMA ESPLÂNCNICO
2 BROTOS BRÔNQUICOS PRIMITIVOS 
BROTOS BRÔNQUICOS SECUNDÁRIOS
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ENDODERMA + MESODERMA ESPLÂNCNICO
DESENVOLVIMENTO DOS BRÔNQUIOS E PULMÕES
FARINGE
TRAQUÉIA 
BROTOS BRÔNQUICOS
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ESTÁGIOS SUCESSIVOS DO DESENVOLVIMENTO 
DOS BROTOS BRÔNQUICOS, BRÔNQUIOS E 
PULMÕES.
Maior e mais 
verticalizado
BROTOS BRÔNQUICOS
CORAÇÃO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FASES DO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DO PULMÃO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
PERÍODO EMBRIONÁRIO
26 dias à 6a semana
✔ Divertículo
 e 
✔ 3 series iniciais de 
ramificação
FASES DO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DO 
PULMÃO
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
PERÍODO PSEUDOGLANCULAR
14 gerações adicionais de ramificação, resultando na 
formação dos Bronquíolos Terminais.
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
PERÍODO CANALICULAR
▪ O tecido pulmonar altamente vascularizado; 
▪ De cada bronquíolo terminal 🡺 2 ou + BRONQUÍOLOS RESPIRATÓRIOS
▪Epitélio pulmonar inicia a diferenciação em tipos celulares especializados 
(células ciliadas, secretoras, neuroendócrinas e precursoras de penumócitos I 
e II)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa.Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
• Bronquíolos Respiratórios formam os SACOS TERMINAIS 
(ALVÉOLOS PRIMITIVOS) – densa rede de capilares
• Células epiteliais muito delgadas (células alveolares tipo I);
• Células alveolares tipo II (20ª semana) – SECRETAM SURFACTANTE 
(fosfolipídeos);
• Estabelece a barreira hematoaérea
PERÍODO SACULAR (TERMINAL) 26ª SEMANA - NASCIMENTO
Prevenir uma atelectasia (colapso dos sacos 
terminais durante a expiração)
PERÍODO ALVEOLAR (36ª SEMANA – 8 anos)
✔ Membrana alveolocapilar delgada que permite as 
trocas gasosas.
✔Maturação dos alvéolos 
✔95% dos alvéolos maduros só após o nascimento.
CONSTITUIÇÃO DA BARREIRA HEMATOAÉREA
4. Membrana Basal Alveolar
5. Membrana Basal do Capilar
6. Célula Endotelial
1. Pneumócito I
2. Espaço alveolar
3. Pneumócito II
CRESCIMENTO PULMONAR
Fatores importantes:
1. Espaço toráxico adequado,
2. Movimentos respiratórios fetais (MRFs);
3. Volume adequado do líquido amniótico.
MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS FETAIS 
(MRF)
✔ Detectados por ULTRASSONOGRAFIA em tempo real;
✔ Ocorrem antes do nascimento (11ª. SEMANA) até o termo;
✔ Exercem força suficiente para causar 
 ASPIRAÇÃO do LÍQUIDO AMNIÓTICO para os PULMÕES;
✔ INTERMITENTES (30% durante o período REM – movimento 
rápido dos olhos do sono);
✔ Essenciais para o DESENVOLVIMENTO NORMAL dos 
pulmões.
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
PAPEL DOS MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS FETAIS (MRF) NO 
CRESCIMENTO PULMONAR
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
✔Padrão dos MRFs usado no DIAGNÓSTICO do TRABALHO de 
PARTO e na previsão de SOBREVIVÊNCIA de prematuros;
✔Ao NASCIMENTO: feto já realizou EXERCÍCIOS 
RESPIRATÓRIOS por vários meses = CONDICIONAM os 
músculos respiratórios;
✔AUMENTAM com a aproximação da hora do PARTO;
✔Gradiente de pressão = ESTÍMULO.
MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS 
FETAIS (MRF)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
PULMÃO AO NASCIMENTO
METADE do seu volume preenchido por 
LÍQUIDO (líquido amniótico, do próprio 
pulmão e das glândulas da traqueia)
PULMÃO AO NASCIMENTO
✔ AERAÇÃO ao nascimento:
▪ dilatação dos órgãos colapsados 
e vazios;
▪ substituição rápida do líquido 
intra-alveolar pelo ar;
 
✔ REMOÇÃO do líquido por 3 vias:
▪ boca e nariz por pressão do tórax durante o parto;
▪ artérias e veias e capilares pulmonares;
▪ linfáticos (maiores e mais numerosos do que no adulto e 
com corrente mais rápida nas primeiras horas).
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
 
Você não conseguiu passar um cateter através 
do esôfago até o estomago. Quais as hipóteses 
diagnósticas e sua conduta?
Você está de plantão no 
centro obstétrico. Um bebê 
recém-nascido apresentou 
tosse contínua e sufocação. 
Havia quantidade excessiva 
de secreção mucosa e saliva 
na boca do bebê, e ele 
apresentava considerável 
dificuldade em respirar. 
NA CLÍNICA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ORIGEM EMBRIOLÓGICA: 
Fusão incompleta das pregas traqueoesofágicas - 4ª semana
FÍSTULA TRAQUEOESOFÁGICA
NA CLÍNICA
AS QUATRO PRINCIPAIS VARIEDADES DE 
FÍSTULA TRAQUEOESOFÁGICA (FTE)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FÍSTULA 
TRAQUEOESOFÁGICA
+
ESÔFAGO EM FUNDO CEGO
=
CONTEÚDO DA BOCA INDO 
PARA A TRAQUEIA = 
PNEUMONIA ASPIRATIVA 
(DIFICULDADE RESPIRATÓRIA)
E CONTEÚDO DA TRAQUEIA REFLUINDO PARA A CAVIDADE ORAL = 
ACÚMULO DE SECREÇÃO MUCOSA NA BOCA
FÍSTULA 
TRAQUEOESOFÁGICA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
RX CONTRASTADO: 
OBSTRUÇÃO
+
IMPOSSIBILIDADE DE 
PASSAR O CATETER 
DO ESÔFAGO PARA O 
ESTÔMAGO
=
ESTENOSE 
ESOFÁGICA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ESTENOSE 
ESOFÁGICA
✔ TOSSE
✔ SUFOCAÇÃO
✔ QUANTIDADE 
 EXCESSIVA DE SALIVA
FÍSTULA 
TRAQUEOESOFÁGICA 
(FTE)
+
85% DOS 
CASOS
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
FISTULA TRAQUEOESOFÁGICA
ATRESIA 
DO 
ESÔFAGO 
(85%)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Fístula Traqueoesofágica / Atresia do Esôfago 
Feto 
masculino – 
17 semanas
Segmento esofágico
superior em fundo 
cego
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO EMBRIOLÓGICO DO 
DIAFRAGMA
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
S
E
P
T
O 
T
R
A
N
S
V
E
R
S
O
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
CANAIS PERICARDIOPERITONIAIS
Septo
transverso
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Septo Transverso
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
DESENVOLVIMENTO DO DIAFRAGMA
✔ 4 componentes embrionários:
 SEPTO TRANVERSO;
 MEMBRANAS PLEUROPERITONEAIS;
 MESENTÉRIO DORSAL DO ESÔFAGO;
 INVASÃO MUSCULAR A PARTIR DAS PAREDES LATERAIS DO CORPO (setas 
grossas azuis) – 9ª a 12ª semanas
Ao exame físico o mesmo apresenta o abdome 
muito achatado e a ausculta revela sons de 
movimentos peristálticos intestinais no lado 
esquerdo do tórax. Quais as hipóteses 
diagnósticas e sua conduta?
Você está de plantão no 
centro obstétrico e 
recepciona um 
recém-nascido que 
apresenta grave 
dificuldade respiratória. 
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
ORIGEM EMBRIOLÓGICA: 
DEFEITO DE FORMAÇÃO E 
OU FUSÃO DA MEMBRANA 
PLEUROPERITONEAL 
6ª. SEMANA
=
CONTEÚDO DO ABDOME 
INDO PARA A CAVIDADE 
TORÁXICA 
= INIBIÇÃO DO 
DESENVOLVIMENTO E 
INSUFLAÇÃO DO PULMÃO: 
HIPOPLASIA PULMONAR 
(GRAVE DIFICULDADE 
RESPIRATÓRIA)
HDC = MAIS COMUM DO LADO 
ESQUERDO (CRESCIMENTO DA 
MEMBRANA PLEUROPERITONEAL É 
MAIS PRECOCE DO LADO DIREITO)
HÉRNIA 
DIAFRAGMÁTICA 
CONGÊNITA (HDC)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
RX SIMPLES DE TÓRAX: 
IMAGENS DE ALÇAS 
INTESTINAIS NO 
HEMITÓRAX 
ESQUERDO
+
ABDOME MUITO 
ACHATADO
=
CONTEÚDO 
ABDOMINAL NO 
TÓRAX (ALÇAS 
INTESTINAIS)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
HÉRNIA 
DIAFRAGMÁTICA 
CONGÊNITA (HDC)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA CONGÊNITA (HDC)
FAMERP - FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Profa. Dra. Alba Regina de Abreu Lima 
Hipoplasia pulmonar - Oligoidrâmnio
OBRIGADA!