A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Degeneração hidrópica e distúrbios circulatórios

Pré-visualização | Página 2 de 2

do estado de choque hipovolêmico e ocasionando a morte. 
O choque hipovolêmico acontece quando se perde uma grande quantidade de líquido e sangue, o que faz com 
que o coração deixa de ser capaz de bombear o sangue necessário para todo o corpo e consequentemente oxigênio. 
Inicialmente quando a entrega de oxigênio diminui, os tecidos compensam, extraindo uma porcentagem maior de 
oxigênio oferecido; a baixa pressão artéria desencadeia uma resposta adrenérgica, com vasoconstrição mediada pelo 
sistema nervoso simpático. Os aspectos morfológicos são identificados macroscopicamente é a palidez da pele ou até 
mesmo cianótica (arroxeada), onde são sinais evidentes de hipovolêmia. O nível de consciência é caracterizado como 
uma perfusão cerebral prejudicada, onde o paciente consciente pode ter perda de volêmia significativa.