A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
31 pág.
Sistema Digestório

Pré-visualização | Página 1 de 3

- Cavidade oral: Ingestão e fragmentação
dos alimentos
- Esôfago e anus (passagens simples):
Transporte de alimentos ou resíduos
alimentares sem modificações
significativas
- Estômago e intestino: Secreção de
enzimas envolvidas na fragmentação dos
alimentos; absorção das moléculas
produzidas
- Gl. Salivares, Pâncreas e Fígado:Órgãos
secretores localizados fora do tubo
digestório que produzem secreções que
penetram no trato através de ductos
longos.
● Alimentos
- digestão em unidades menores
- absorção
- transporte pela circulação
- utilização pelo organismo
- síntese e secreção de enzimas
- secreção de sucos digestivos
- produção de muco para lubrificar e
proteger
- produção de vitaminas (comp. B, por ex)
- síntese de proteínas plasmáticas
- desintoxicação de substâncias nocivas
- produção de hormônios para a integração
do tubo digestório
● Conteúdo ingerido
- fica fora do corpo (fora da
circulação)
- absorção seletiva
- barreira epitelial
● Tipo de alimento
- adaptações morfológicas
- função especializada
- pele fina (epiderme e derme)
- mucosa
- ep. pavimentoso estratificado
queratinizado
- lâmina própria
- submucosa
- glândulas labiais (mucosas ou mistas)
- muscular
- músculo esquelético (orbicular)
Porção interna - mucosa
Porção externa - pele, tec epitelial
- mucosa
- ep. pavimentoso estratificado
queratinizado
- lâmina própria
- submucosa
- glândulas bucais (serosas, mucosas e
mistas)
- muscular
- periósteo
- músculo esquelético
9 - epitélio da mucosa, abaixo a lp da mucosa e
a submucosa (parte esverdeada).
9 - epitélio mais queratinizado
4 - submucosa
1 - tc adiposo
Região de glândulas
Muscula
Sem osso
Mesma configuração do lábio.
Na parte dorsal tem-se as papilas.
● Papilas linguais
- Botões gustativos da p. foliácea não
ficam na superfície.
- P. circunvalada tem ductos onde a saliva
produzida pelas gl. salivares linguais
limpam as valas. Seus botões gustativos
ficam em sua lateral.
↳ Corpúsculos gustativos
- dorso da língua, palato mole e
faringe
- sensoriais e intra-epiteliais
- 4 tipos celulares
- basais ou tronco (tipo IV)
- escuras ou sustentação (tipo I)
- claras ou sensoriais (tipo II)
-intermediárias (tipo III)
- fibras nervosas aferentes
- células I, II e III
- microvilosidades (pêlos
gustativos – MO)
- Gostos básicos (descritos no cão)
- salgado e ácido = canais iônicos
- amargo e doce = proteína G
Glutamato de Na+
↳ Lissa
- carnívoros
- TCD não modelado
- adiposo
- músculo esquelético
- pode ter cartilagem
↳ Glândulas Salivares
● Maiores (tubuloacinosas ramificadas) –
Parótida
– Submandibular
– Sublingual
– Zigomática (carnívoros) & Molar (felino)
● Menores
(tubulosas/acinosas/tubuloacinosas) –
labial
– lingual
– palatina
Todas tem a mesma estrutura geral: ácino
desemboca no ducto intercalar, onde chegará
ao ducto estriado. Nessa região tem muitas
mitocôndrias, pois ocorre reabsorção/secreção
de substâncias.
Salivares menores
● Funções
- Lubrificação e limpeza da cavidade
oral
- Atividade anti-bacteriana
- Participa na sensação gustativa
- Início da digestão: ptialina
(amilase salivar), lipase
- Formação do bolo
● Primária: isotônica ao plasma
● Secundária: intercâmbio de Cl e Na por K
e Bicarbonato (d. estriado).
● Células acinares e ductais: IgA, complexo
IgA secretor, Lactoferrina, Lisozima e
íons tiocianato
● Mucosa
- epitélio pavimentoso estratificado
queratinizado
- lâmina própria
– tecido linfático (tonsilas, nódulos
isolados)
– fibras elásticas – separa da SM
(papel da muscular)
- apresenta papilas
● Submucosa
- TC denso não modelado
- glândulas mucosas e serosas
● Muscular
- músculo estriado esquelético
● Adventícia
- TC denso não modelado - irregular
13 - epitélio da mucosa
12 - músculo
8 - glândulas
2 - fibra elástica
● A maior parte do tubo vai ter glândulas
na mucosa e um ep. simples na mucosa
para facilitar as trocas. A exceção é o
início do tubo com o esôfago que tem ep.
pseudo e sem glândulas. Tem uma
muscular da mucosa que raramente está
presente em outros sistemas.
● Camada Mucosa
- EPITÉLIO
- LÂMINA PRÓPRIA
- TC frouxo
- vasos linfáticos e sangüíneos
- glândulas e tecido linfático
- MUSCULAR DA MUCOSA -camada
circular interna -camada
longitudinal externa
● Camada Submucosa
- TC denso não modelado
- Vasos sangüíneos e linfáticos
- Plexo nervoso submucoso ou de
Meissner
- pode ter glândulas; tecido linfático
● Muscular
- interna – circular
- externa – longitudinal
- plexo mioentérico ou de Auerbach
- fibras musculares lisas (nem
sempre)
● Adventícia (início - esofago e final - o
intestino grosso entra na cavidade pélvica
e deixa de ter peritônio /Serosa - todo o
resto
- TC frouxo e T adiposo
- vasos sangüíneos e linfáticos
↳ Invervação
⟶ Sistema Nervoso Autônomo (controle
extrínseco)
● Fibras parassimpáticas pré-ganglionares
(se ligam aos plexos)
- nervo vago (exceto cólon
descendente e reto -pélvicos)
- reflexo vasovagal
- fibras sensitivas – SNC –
respostas via VAGO
- sinapses com o SN entérico
- Função
- indução da secreção das
glândulas do TD
- contração do músculo liso
● Fibras simpáticas pós-ganglionares
- nervos esplâncnicos
- fibras vasomotoras (controle do
fluxo sangüíneo para o canal)
● Parassimpático X simpático – ação no TD
- Simpático
- Parassimpático
⟶ Sistema Nervoso Entérico (controle
intrínseco)
● autossuficiente e principal controlador
- neurônios sensoriais e motores
unidos por interneurônios
● presente em todo a extensão do canal
● Composto por:
- Plexo mioentérico de Auerbach »
motilidade peristáltica
- Plexo submucosa de Meissner
» função secretora e movimentos
da mucosa
» fluxo sangüíneo local
● se interligam e têm controle cruzado
sobre as atividade
● Fibras sensitivas
- informam sobre conteúdo,
musculatura e secreções do
intestino
- interligadas com plexos próximos,
SNA (simpático) e SNC
● Mucosa
- Ep. pavimentoso estratificado
(queratinizado)
– células de Langerhans (APC)
- Lâmina própria
– glândulas cardioesofágicas
(tubulosas mucosas)
- muscular da mucosa (algumas
espécies)
● Submucosa
- TC denso fibroelástico
- glândulas esofágicas
(tubulo-acinosas)
– serosas (pepsinogênio -
precursor de pepsinogênio - e
lisozima - degrada parede
bacteriana)
– mucosas (muco)
● Muscular
- varia de esquelético a liso (espécie
e região)
● Adventícia
13 - epitélio bem queratinizado
4 - LP de tc conj da mucosa
9 - muscular da mucosa
14 - submucosa
5 - glândulas
6 - muscular
8 - circular interna - abaixo a long. externa
2 - adventícia
Principais mudanças
- Mucosa deixa de ter epitélio pavimentoso
estratificado e passa a ter o cilíndrico
simples mucoso. Começa a ter glândulas.
- Submucosa não tem mais glândulas.
- Ao invés de adventícia começamos a ter
uma serosa.
Características
- porção dilatada do TD
- produz: HCL, pepsina, renina, lipase
gástrica, hormônios parácrinos.
- apresenta cárdia, fundo, corpo, piloro,
pregas ou rugas da mucosa e submucosa.
- GP: fosseta gástrica (abertura da
glândula na superfície); glândulas na lp;
muscular da mucosa; submucosa (com
vasos grandes); túnica muscular; em
algumas regiões além da camada circular
e longitudinal, tem a camada oblíqua
long/elicoidal interna; serosa.
↳ Glândulas gástricas
Por que tem-se mais muco na entrada? O
estômago produz bastante ácido clorídrico,
então se houver refluxo esse ácido poderia
causar lesão, então por isso esse reforço. No
piloro também tem-se esse reforço para
proteger o duodeno.
- Mudança de epitélio pavimentoso
estratificado para cilíndrico simples
mucoso, gl cardioesofágicas
↳ Cárdia
● criptas (fossetas) são curtas, predomínio
de gl. mucosa.
↳ Fúndica
Mucosa
● criptas curtas e gl. formadas por muitos
tipos celulares
● ep. cilíndrico simples
● produção de muco
● íons bicarbonato
- presos no muco
- mantêm pH neutro próximo da
célula
● L. própria
- TC frouxo
- ocupado por glândulas fúndicas
● muscular da mucosa
- liso
- 2 a 3 camadas (L a OI – CE ou M –
LE)
Glândulas da região fúndica
Célula regeneradora: se diferencia em outras
células.
● células