A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
Suporte Básico de Vida

Pré-visualização | Página 1 de 2

Suporte Básico de Vida - com Audiodescrição
Nas diretrizes de 2015, a American Heart Association trouxe a cadeia de sobrevivência do Atendimento Cardiovascular de Emergência Intra-Hospitalar (PCRIH). São elos que compõe essa cadeia:
Escolha uma opção:
a.
(1º ELO) Reconhecimento e Acionamento do Serviço de Emergência; (2º ELO) RCP imediata de alta qualidade; (3º ELO) Rápida Desfibrilação; (4º ELO)  Serviços Médicos Básicos e Avançados de Emergência; (5º ELO) Suporte Avançado de Vida e cuidados pós-PCR.
b.
(1º ELO) Reconhecimento e acionamento da equipe de resposta rápida; (2º ELO) Rápida Desfibrilação; (3º ELO) RCP contínua de alta qualidade; (4º ELO) Suporte Avançado de Vida; (5ºELO) Cuidados pós-PCR.
c.
(1º ELO) Vigilância e prevenção; (2º ELO) Reconhecimento e Acionamento do Serviço Médico de Emergência; (3º ELO) RCP imediata de alta qualidade; (4º ELO) Rápida Desfibrilação; (5º ELO) Suporte Avançado de Vida e cuidados pós-PCR. 
São elos da cadeia de sobrevivência intra-hospitalar, lançados em 2015 pela American Heart Association: (1º ELO) Vigilância e prevenção; (2º ELO) Reconhecimento e acionamento do serviço médico de emergência; (3º ELO)  RCP imediata de alta qualidade; (4º ELO)  Rápida Desfibrilação; (5º ELO)  Suporte Avançado de Vida e cuidados pós-PCR.
d.
(1º ELO) Prevenção da PCR; (2º ELO)  RCP precoce de alta qualidade; (3º ELO)  Rápido acionamento da equipe de resposta rápida; (4º ELO) Suporte Avançado de Vida eficaz; (5º ELO)  Cuidados pós-PCR integrados. 
Feedback
Sua resposta está correta.
A resposta correta é:
(1º ELO) Vigilância e prevenção; (2º ELO) Reconhecimento e Acionamento do Serviço Médico de Emergência; (3º ELO) RCP imediata de alta qualidade; (4º ELO) Rápida Desfibrilação; (5º ELO) Suporte Avançado de Vida e cuidados pós-PCR..
Informação
Marcar questão
Texto informativo
Sr. Justino, 65 anos, é hipertenso, tabagista, possui níveis de colesterol elevados e vem enfrentando problemas na empresa em que trabalha como eletricista.  Ao chegar em casa após um dia difícil de trabalho, ele queixou-se para o seu filho, que é enfermeiro, de cansaço e dor no peito e nas costas. Prontamente, ele foi pegar o tensiômetro digital e constatou pressão arterial de 172X103mmHg e frequência cardíaca de 88bpm. Logo após, seu Justino sentiu uma dor ainda mais intensa no peito e caiu desacordado no chão da sala. Logo que o pai caiu no chão, seu filho detectou que ele estava em parada cardiorrespiratória (PCR). Considere que você é o filho de senhor Justino. Lembre-se de que ele é um profissional de saúde.
Questão 2
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Quais os sinais clínicos que você verificou para o reconhecimento da PCR? Lembre-se de que você é um profissional de saúde.
Escolha uma opção:
a.
Inconsciência, ausência de respiração normal e ausência de pulso central.  
A PCR é caracterizada pela inconsciência, ausência de respiração normal e ausência de pulso central palpável. 
b.
Inconsciência, cianose central e ausência de respiração.
c.
Ausência de respiração normal, palidez da face e pulso radial ausente.
d.
Midríase bilateral, ausência de respiração e ausência de pulso.
Feedback
Sua resposta está correta.
A resposta correta é:
Inconsciência, ausência de respiração normal e ausência de pulso central. .
Questão 3
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Você já reconheceu os sinais de PCR, quais os próximos passos no atendimento a Sr. Justino? Lembre-se de que você é um profissional de saúde e está sozinho.
Escolha uma opção:
a.
Acionar o serviço médico de emergência (192 + DEA) e iniciar as 15 compressões torácicas e 2 ventilações.
b.
Realizar 5 ciclos de 30 compressões para 2 ventilações e, em seguida, acionar o serviço médico de urgência (192 + DEA).
c.
Acionar o serviço médico de emergência (192 + desfibrilador externo automático/DEA),com o celular no viva voz, e realizar 2 ventilações de resgate. 
d.
Acionar o serviço médico de emergência (192 + DEA), com o celular no viva voz, e iniciar as 30 compressões torácicas e 2 ventilações. 
Segundo as novas diretrizes de ressuscitação da AHA (2015), o profissional de saúde treinado, no ambiente extra-hospitalar, se estiver sozinho, deve assim que possível acionar o serviço médico de emergência que, no caso do Brasil, é o SAMU por meio do telefone 192, e solicitar um DEA. Ao detectar o primeiro sinal, a inconsciência, o profissional já pode ligar para o SAMU, deixar o celular no viva voz e prosseguir com o atendimento, antecipando os passos seguintes até ser atendido, e assim ganhar tempo. Após reconhecer todos os sinais de PCR, a prioridade é realizar 30 compressões torácicas, pois elas permitem que o sangue seja bombeado do coração para o resto do corpo, seguida das 2 ventilações.
Feedback
Sua resposta está correta.
A resposta correta é:
Acionar o serviço médico de emergência (192 + DEA), com o celular no viva voz, e iniciar as 30 compressões torácicas e 2 ventilações..
Questão 4
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Qual deve ser a frequência e a profundidade das compressões torácicas realizadas em seu Justino? Lembre-se de que você é um profissional de saúde.
Escolha uma opção:
a.
Frequência de 80 a 100 compressões/minuto; profundidade de no mínimo 5 cm 
b.
Frequência de, aproximadamente, 100 compressões/minuto; profundidade de 5 a 6 cm.
c.
Frequência mínima de 100 compressões/minuto; profundidade de no mínimo 5 cm. 
d.
Frequência de 100 a 120 compressões/minuto; profundidade de pelo menos 5 cm, não devendo ultrapassar 6 cm. 
Para realizar uma RCP de alta qualidade, a AHA (2015) recomenda comprimir com força e rapidez, numa frequência entre 100 e 120 compressões por minuto, uma profundidade de 5 cm, não superior a 6 cm, permitindo o retorno total do tórax (reexpansão) para que o sangue flua para o coração e as compressões produzam um fluxo sanguíneo adequado.
Feedback
Sua resposta está correta.
A resposta correta é:
Frequência de 100 a 120 compressões/minuto; profundidade de pelo menos 5 cm, não devendo ultrapassar 6 cm..
Informação
Marcar questão
Texto informativo
Um bebê do sexo masculino, de 8 meses, com história de cardiopatia e internação anterior em UTI, é internado em uma enfermaria para a avaliação e tratamento de diarreia grave e desidratação. Lá, o bebê para de responder (fica inconsciente). 
Questão 5
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Você grita pelo enfermeiro e pelo médico e, juntamente com seu colega, também profissional de saúde, iniciam a ressuscitação (RCP realizada em equipe). Nesse caso:
Escolha uma opção:
a.
Realiza duas ventilações de resgate antes de avaliar o pulso.
b.
Avalia pulso carotídeo, constata PCR, e inicia ressuscitação na relação 30 compressões para 2 ventilações.
c.
Avalia pulso braquial, constata PCR, e inicia ressuscitação na relação 15 compressões para 2 ventilações.  
A AHA (2015) recomenda a avaliação do pulso braquial em bebês. Constatada a PCR no bebê, segue-se a relação compressão-ventilação de 30:2 em caso de um socorrista e, 15:2 em caso de dois socorristas.
d.
Avalia pulso braquial, constata PCR, e inicia ressuscitação na relação 30 compressões para 2 ventilações.
Feedback
Sua resposta está correta.
A resposta correta é:
Avalia pulso braquial, constata PCR, e inicia ressuscitação na relação 15 compressões para 2 ventilações. .
Questão 6
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
O enfermeiro e o médico ainda não chegaram e o seu colega sugere o uso do DEA, você:
Escolha uma opção:
a.
Não aceita a sugestão, pois não é apropriado o uso de DEA em bebês.
b.
Solicita que instale o DEA apenas se tiver pás pediátricas ou atenuador de carga.
c.
Solicita que instale o DEA com pás pediátricas e/ou atenuador de carga. Se este também não estiver disponível, utiliza as pás de adulto. 
O uso do DEA em bebês ocorre apenas em situações especiais, previstas nas recomendações da AHA (2015) e Sociedade Brasileira de Cardiologia (2013).
Lactentes (0 a 1 ano): um desfibrilador manual é preferível, porém se

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.