A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Portfólio

Pré-visualização | Página 1 de 1

Centro Universitário Internacional - UNINTER 
Curso de Bacharelado em Química 
Portfólio – Fase AII - 2021 
 
 
 ANÁLISE DA SITUAÇÃO DE CONSUMO NO PARANÁ 
 Jéssica de Oliveira Soares 
 
 
RESUMO: Neste trabalho foi analisada a economia do Estado do Paraná, com base no resultado de 
índices de consumo de dois tipos de família, onde se observou que há uma função decrescente quanto a este 
índice em ambas as famílias, impactando mais na que tem menor renda. Foi analisado também o quadro 
pessoal do autor que reside no mesmo estado, apresentando já neste caso a função de consumo de uma 
forma crescente, visto que o mesmo tem uma renda maior que seus gastos atuais. 
 
PALAVRAS-CHAVE: Paraná, Consumo, Economia. 
 
 
INTRODUÇÃO 
 
 O presente trabalho visa analisar a situação financeira atual do estado do 
Paraná, mais concretamente as relações entre renda e consumo observando como se dá o 
comportamento em diferentes classes familiares, será abordado também o quadro pessoal 
do autor quanto ao mesmo tema. 
Este trabalho tem como objetivo conscientizar sobre a relevância do consumo de 
forma responsável . Organizado em cinco partes, tendo por início a visão sobre os índices 
de consumo familiar do Paraná, seguido por informações do quadro pessoal do autor e 
problematização da função consumo e por fim as considerações finais e as referências. 
 
SITUAÇÃO GERAL DO PARANÁ 
 
O Paraná é um estado localizado na região sul do Brasil, tem como Capital a cidade de 
Curitiba, conta com a população estimada em 11.516.840 de habitantes e área territorial 
199.298,982 km², segundo informações do IBGE (2020) . Em aspecto econômico, teve 
como receitas realizadas 60.163.576,12246 R$ (×1000) e despesas empenhadas 
55.534.402,97483 R$ (×1000), dados de 2017. 
Segundo o índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), aferido pela 
Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela 
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), 
caiu 5,5% em abril, evidenciando os efeitos de casos de covid-19 no Paraná. 
Na tabela temos como comparativos famílias com até 10 salários mínimos e 
famílias com mais de 10 salários mínimos entre abril de 2020 e abril de 2021. É 
possível visualizar que há uma queda quanto a intenção de consumo, porém o 
impacto é maior para as famílias com menor renda. 
 
 
APRESENTAÇÃO DO QUADRO PESSOAL 
 
No cenário atual, em meio à uma série de questões que nos levam a refletir sobre fatores 
econômicos, é muito importante saber quais os gastos e os ganhos que se têm. No gráfico 
abaixo será apresentado o quadro orçamentário mensal do autor, com dados em forma 
percentual, onde será possível observar a função consumo de forma crescente, uma vez 
que a renda é maior que os gastos. 
 
Partindo do princípio que estamos em tempos de gastos moderados, e que 
felizmente os mesmos estão menores, seria de bom tom aproveitar para aumentar bens 
futuros e ou guardar para possíveis emergências. 
 
PROBLEMATIZAÇÃO DA FUNÇÃO CONSUMO 
Pensando na função consumo onde se tem uma renda, os gastos e o que sobra 
seria a renda disponível, esta função será crescente quando se tem uma renda disponível 
basicamente, pois se o que se gasta é maior do que a renda, não irá sobrar, logo nesse 
caso será decrescente. 
 
 
100.00%
30.00%
20.00%
5.00% 5.00%
10.00%
30.00%
RENDA ALUGUEL MERCADO CONTA DE LUZ INTERNET OUTROS
GASTOS FIXOS
RENDA
DISPONÍVEL
Orçamento Mensal 
0.00%
20.00%
40.00%
60.00%
80.00%
100.00%
120.00%
Aluguel Luz Cabo e
Internet
Mercado Curso e outros
serviços fixos
Renda Renda
disponível
Mesma renda/Consumo diferente 
Despesas Família A Despesas Família B
 
Quando pensamos em renda é comum pensar que quem ganha mais gasta mais, e 
quem ganha menos gasta menos. Há fatores que nos mostram o deslocamento da função, 
como por exemplo se compararmos duas rendas iguais para famílias de gastos diferentes, 
logo percebe-se que esse descolamento se dá por conta dos gastos praticados em cada uma 
como foi pode ser observado no gráfico. 
Além desses valores imediatos, pode se levar em consideração gastos quando se 
espera uma renda futura, como no caso de se conseguir um emprego onde se terá um 
aumento na renda atual, fato este que levará o indivíduo a ter um gasto que antes não 
tinha, pois está gastando pensando no que ainda receberá. 
A função consumo se dá como linear ao observar que mesmo em casos que não 
se têm uma renda ainda assim haverá um consumo, mesmo que pequeno, mas necessário. 
 
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
Conclui-se que o que dita afinal o saldo positivo não é o que entra (renda) e sim o 
que sai(consumo) , uma vez que foi observado o fator gasto como o principal 
discriminante para que uma função seja crescente, decrescente ou ainda constante. É 
importante também citar, que o perfil do consumidor é relevante, pois a depender do seu 
estilo de vida, idade, e alguns outros fatores há alteração no comportamento econômico. 
 
 
REFERÊNCIAS 
 
 
IBGE. Cidadades e Estados . Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-
estados/pr/. Acesso em: 14 mai. 2021 
 
FECOMÉRCIO PR. Agravamento da pandemia impacta intenção de consumo 
dos paranaenses. Disponível em: https://www.fecomerciopr.com.br/sala-de-
imprensa/noticia/icf_abril/#:~:text=23%2F04%2F2021,5%2C5%25%20em%20abri
l. Acesso em: 15 mai. 2021. 
 
	INTRODUÇÃO
	SITUAÇÃO GERAL DO PARANÁ
	APRESENTAÇÃO DO QUADRO PESSOAL