A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Estrutura bioquimica dos hormônios

Pré-visualização | Página 1 de 1

Estrutura bioquímica dos 
hormônios 
 
Referências: 
 
 
Questões Norteadoras 
• Quais são as composições químicas 
dos hormônios? 
• Como classificamos quimicamente os 
hormônios? 
• Como os hormônios lipossolúveis são 
carregados pelo plasma? 
 
Eles podem ser feitos de: 
 Proteínas (insulina, GH, prolactina) – 
são a maioria dos hormônios 
 Aminoácidos (T3 e T4) 
 Colesterol - esteroidal (testosterona, 
estrógeno, progesterona) 
 
Podem ser: 
• Hidrossolúveis: 
- Todos os proteicos (característica polar 
da molécula permite a solubilidade em 
meio aquoso) 
 
• Lipossolúveis: 
- A maioria é derivado do colesterol 
(esteroides - característica lipofílica) 
 
Solubilidade é um determinante da 
síntese, secreção, transporte e 
metabolização, assim como o tipo de 
receptor e o mecanismo de ação. 
 
Hormônios hidrossolúveis 
• Variam de 1 aminoácido modificado, 
pequenos peptídeos (3 aa) até grandes 
proteínas (centenas de aa.) e 
glicoproteínas. 
 
 
 
Hormônios lipossolúveis 
• O colesterol é o precursor dos 
hormônios esteroides 
 
Esteroides 
• Possuem 4 anéis de carbono ligados 
em sua estrutura. 
 
Síntese dos hormônios hidro e 
lipossolúveis 
• Amínicos (derivados de aminoácido): 
• Síntese depende da disponibilidade do 
aminoácido e enzimas que agem na sua 
transformação. 
 
• Hormônios proteicos: 
• Síntese segue os princípios básicos da 
síntese de proteínas. 
 
• Esteroides: 
• Síntese depende de: 
1 - Do aporte de substrato lipídico; 
2 - Presença de enzimas que agem na 
transformação do colesterol. 
Síntese dos hormônios Hidrossolúveis 
É sintetizado uma proteína grandona 
chamada de pré-pró-hormônio junto 
com uma sequência sinal que irá 
direciona-lo para o RE 
 
 
 
 
Insulina: 
Se eu corto a sequencia sinal passa a se 
chamar de pró-insulina. 
A insulina é o que está em azul 
 
 
 
Síntese dos hormônios Hidrossolúveis 
- Proteicos 
 
 
 
 
5) Exocitose do hormônio ativo + 
fragmentos para o interstício (espaço 
extracelular) 
 
Hormônios proteicos ficam 
armazenados em vesículas no 
citoplasma até que sejam necessários 
 
 
 
• Hormônio + fragmentos peptídicos 
são liberados juntos no líquido 
extracelular. 
 
 
 
 
1 – Entrada de glicose nas células beta 
pancreáticas pelo GLUT2 
2 – Glicólise – geração de ATP 
3 – O ATP provoca o fechamento do 
canal de K+ 
4 – K+ despolariza a célula 
5 – Despolarização promove a abertura 
dos canais de cálcio dependente de 
voltagem 
6 – Calcio no meio intracelular sinaliza as 
vesículas para exocitose 
 
Síntese dos hormônios hidrossolúveis 
- Amínicos 
 
• Derivados de 1 único aminoácido: 
Exemplos: 
- Triptofano à melatonina 
- Tirosina à T3, T4, catecolaminas 
 
 
 
 
Secreção dos hormônios 
hidrossolúveis – Amínicos 
- Armazenados em vesículas 
citoplasmáticas 
- Secreção por Exocitose 
 
(semelhante aos peptídicos) 
 
Transporte dos Hidrossolúveis no 
sangue 
• Circulam livremente no líquido 
extracelular e sangue ou acoplados à 
proteínas carregadoras. Globulinas. 
 
Degradação: 
- Alguns possuem meia-vida é curta; Ex: 
insulina 5 a 8 minutos. 
- Quando acoplados à proteínas 
carregadoras a meia vida aumenta. 
Ex: T3 (2 dias) e T4 (5-7 dias). 
 
• Fígado – degrada hormônios 
• Na célula: internalização do complexo 
hormônio-receptor e degradação por 
lisossomos. 
 
Levando em consideração a 
solubilidade do hormônio, qual será a 
localização do receptor de um 
hormônio proteico? 
 
 
 
 
 
 
Em pacientes que já fazem uso de 
insulina, a medida da insulina no sangue 
dosa tanto a insulina injetada quanto a 
insulina produzida pelo pâncreas. Sendo 
assim, a dosagem de peptídeo C 
consegue espelhar apenas a insulina que 
o próprio pâncreas produz. Se o 
peptídeo C é muito baixo, é possível 
inferir que a produção da insulina pelo 
pâncreas também é reduzida e será 
necessária a administração da insulina 
subcutânea para controle da glicemia; 
 
Síntese dos hormônios Lipossolúveis 
 
• Hormônios esteroides: Molécula 
precursora é o colesterol. 
- Caráter lipofílico se mantém no 
hormônio; 
- Síntese depende de enzimas 
específicas que metabolizam a molécula 
precursora até chegar à forma ativa. 
 
 
 
Armazenamento dos hormônios 
Lipossolúveis 
 
• Não são armazenados. 
• Conforme vão sendo produzidos, se 
difundem facilmente através da 
membrana plasmática, líquidos 
intersticial e sangue. 
• Secreção é regulada pela maior a 
atividade enzimática 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Transporte dos Lipossolúveis