A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Endodontia - Irrigação

Pré-visualização | Página 1 de 1

Endodontia
Soluções irrigadoras
● Irrigação/Aspiração 
1. A agulha irrigadora não deve bstruir o canal
2. A solução deve fluir suavemente
3. A agulha deve atingir o terço apical, ficando 3mm aquém do CRT
4. Irrigar ate observar que o liquido sai limpo do canal 
● Soluções irrigadoras
Devem possuir pequeno coeficiente de viscosidade e pequena tensão superficial (Para permitir o aumento do alcance do jato, formação da turbulência e o reflexo do liquido em direção a coronária) 
↳ Biocompatibilidade
Toda substância desinfetante apresentam toxidade para células vivas. Não apresentam seletividade para microorganismos,
Como passa pouco tempo em contato com os tecidos perirradiculares o efeito irritante é minimizado. 
A seleção da conscentração clinica ideal de uma solução deve ser determinada pela capacidade solvente da matéria orgânica e efeito antimicrobiano
Aplicarem a solução no interior do canal radicular com uma seringa e agulha hipodérmica 
Hipoclorito de sódio 
→ Substância mais usada na endodontia 
→ Seu valor se deve ao teor do cloro que libera 
→ Disponivel em várias conscentrações. Quanto maior a conscentração mais bactericida e tem maior poder de irritação 
→ Deve ser constantemente renovado
→ É uma solução instável e não deve ser armazenada por longos períodos. Colocar em vidro âmbar
↳ Concentração
 → Liquido de dakin 0,5% ( neutraliza por ácidos bórico) 
→ Liquido de Dausfune – 0,5% estabiliza por bicarbonato de sódio 
→ Solucção de Milton – 1% (estabiliza por cloreto de sódio)
→ Licor de labarraque – 2,5%
→ Sóda clorada – 4 a 6%
→ Água sanitária – 2 – 2,5%
 (
Reage com os ácidos graxos e glicerol
)Padrão ouro na endodontia
Existe somente em solução aquosa 
 (
Responsáveis pela dissolução tecidual
)
NaO Cl + H2O NaOH + HOCl
↳ Propriedades: 
· Atividade antimicrobiana
· Solvente de matéria orgância (viva ou necrosada)
· Desodorizante
· Clareadora
· Lubrificante
· Baixa tensão superficial
· Detergente
Pode apresentar dois tipos de alcalinidade: 
1. Caustica – Hidroxido de sódio – soda caustica
→ Potente solvente orgânico e de gorduras
→ Altamente alcalino
2. Carbonato de sódio – Soluções clorosas 
→ Antimicrobiano 
→ Quanto maior o teor de carbonato, mais instável a solução
→ A alcanalidade caustica é um protetor da estabilidade da solução
→ Quanto maior a quantidade de NaOH, maior a toxidade (para endodontia no Maximo ate 0,4g)
	Vantagens 
	Desvantagens 
	Barato
	Instável ao armazenamento
	Rápida atuação
	Não usar em rizogênese incompleta
	Desodorizante e lubrificante
	Inativado por matéria orgânica
	Antimicrobiano contra bactérias, fungos e vírus
	Corrosivo 
	Relativamente não tóxico em uso 
	Irritante para pele e mucosa 
	Solvente de matéria orgânica
	Forte odor 
	Concentração de terminada
	Decora tecidos (enfisema)
	Clareadora
	
Clorexidina
Bisquanida catiônica – Base forte, insolúvel em água e por isso, preparada em forma de sal para aumentar a solubilidade.
 (
Usado em caso de alergia ao hipoclorito ou no tratamento de polpa necrosada associada à rizogênese incompleta 
) (
A clorexidina não é solvente de matéria orgânica e clareador como o hipoclorito (tratamento de polpa necrosada)
) (
O hipoclorito não interfere no êxito do tratamento desde que seja usado no interior do canal radicular
)→ Sal digluconato de clorexidina
→ Incolor e inodora
→ Amplo espectro – Periodontia – Placas e doenças periodontais 
→ Substantividade (Permanecer por mais tempo em ação, ativa por tempo prolongado)
→ Não deve ser misturado com hipoclorito de sódio. Pigmento acastanhado, manchamento coronário 
→ Antibacteriano em Ph entre 5,5 e 7 (superficiais corporais e tecidos)
→ Baixa concentração: Bacteriostático
→ Alta concentração: Bactericida
→ Tanto na clorexidina de 0,12% e 2% é observada ausência de toxidade, o que não ocorre no hipoclorito. 
	Vantagens
	Desvantagens 
	Ausência toxidade relativa
	Não dissolve tecido pulpar
	Capacidade de adsorção pela dentina
	Não tem ação clareadora
	Amplo espectro de ação contra bactérias. 
	
	Substantividade
	
	Biocompatibilidade
	
	
	
EDTA (Ácido etlilenodiamino tetracetico dissódico)
→ Indicados para canais atresiados e calcificados
→ Sal derivado de ácido fraco, capaz de prromover, em Ph alcalino, a quelação de íons cálcio da dentina
→ Combinar com o hipoclorito de sódio, na remoção da smear layer, após o preparo químico-mecânico de canais radiculares infectados.
→ Quando acondicionados em frasco de vidro, com o tempo pode quebrar o cálcio de silicato existente na composção do vidro 
→ Desobstrui túbulos dentinários e difusão do cimento obturador 
→ Usar após o completo PQM/Previamente ao emprego da medicação intracanal
→ Irriga o canal radicular com EDTA
→ Eliminação do EDTA por meio de irrigação com a solução irrigadora em uso. 
Quelantes 
→ Substância capazes de fixar íons metálicos, seqüestrando do complexo do qual fazem parte 
→ Possuem afinidade expressiva pelos íons de cálcio 
→ Dentina: Ions Ca+
→ Ação auto-limitante
↳ Smear Layer 
A camada mais superficial removida com irrigação vigorosa. Porem, existe outra camada que fica embricada, aderida, intertubular, de difícil acesso e remoça. Essa é a Smear layer. Composto por resto de tecido pulpar, de matéria orgânica. 
Removida com EDTA
↳ Função EDTA 
→ Remove a smear layer
→ Aumenta a permeabilidade da dentina
→ Permite a penetração da medicação nas áreas inacessíveis a instrumentação
→ Promove a remoção de íons de cálcio na dentina 
→ Biocompativel com tecidos periapicais 
↳ Como usar o EDTA?
→ Irrigação alternada com hipoclorito, durante o PQM
→ Uso após o PQM:
	Irrigação final
	Agitação por 3 minutos.
Água de CAL (solução de hidróxido de cálcio)
→ Elevado poder bactericida
→ Possui Ph fortemente alcalino, favorecendo a neutralização da acidez do meio 
→ Grande poder hemostático.
 ↳ Preparação
→ Hidróxido de cálcio puro (PA)
→ Água destilada 
→ Para cada 500 ml de água, utiliza um frasco de hidróxido de cálcio PA, misture e deixe repousar.
Utilizar a solução suspensa no interior do frasco
Sequência para neutralizar os condutos
 (
NaCl
Remove o EDT
A
) (
Água de CAL
Neutraliza o conduto
) (
EDTA
Remove o Smear layer
)