Buscar

resumo dos órgãos do sistema financeiro nacional

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

Copom (comitê de política monetária)
É um órgão do banco central do brasil.
Tem reuniões oito vezes ao ano e uma a cada 6 semanas. Pode ter extraordinária. Em duas sessões durante dois dias.
Composto pelo presidente do banco central e os 8 diretores.
Responsável por garantir que a meta de inflação, estabelecida pelo CMN, seja alcançada.
E é responsável por definir a taxa Selic.
Tem que publicar relatório trimestral de inflação.
CMN (conselho monetário nacional)
É o órgão deliberativo máximo do conselho monetário nacional.
Traça regras gerais.
Possui três membros: presidente do banco central, ministro da economia, secretário especial da fazenda do ministério da economia.
Funções 
Fixa meta anual de inflação.
Adapta o volume dos meios de pagamento às reais necessidades da economia e seu processo de desenvolvimento.
Regula o valor interno da moeda.
Regula o valor externo da moeda.
Orienta a aplicação dos recursos das instituições financeiras.
Zela pela liquidez das instituições financeiras.
Autoriza a emissão de papel-moeda (que é feito pelo banco central).
Coordena as políticas monetária, creditícia, orçamentária, fiscal e da dívida pública externa e interna.
Aprova os orçamentos monetários.
Estabelece condições para emitir papel-moeda.
Fixa as diretrizes e normas da política cambial.
Disciplina o crédito.
Limita, quando necessário, taxa de juros, descontos, comissão.
Determina a porcentagem máxima dos recursos que as IF podem emprestar.
Delimita, a cada 2 anos ou mais, o mínimo de capital das IF privadas.
Determina recolhimento de até 60% dos depósitos das IF. Na prática quem faz é o banco central que pode pegar até 100% dos depósitos a vista e 60 do resto.
Envia ao CN relatório mapas demonstrativos da aplicação dos recolhimentos de compulsório.
Disciplina as atividades das bolsas de valores e corretores de fundos públicos.
Banco central do Brasil (BACEN)
Autarquia federal vinculada ao ministério da economia.
Possui 9 membros. Um dos membros é o seu presidente e o restante é nomeado pelo presidente da república e aprovados pelo senado federal.
Principal órgão executivo do sistema financeiro nacional.
O CMN não executa, apenas traça regras gerais. O banco central faz com que as regras prevaleçam e sejam cumpridas.
Funções 
Executa as políticas monetárias e cambiais.
Regula e administra o SFN. O CMN cria o regulamento.
Administra o sistema de pagamentos. Possibilita que todos os pagamentos possam ser efetivados.
Administra e saneia o meio circulante. Ou seja, a quantidade de moeda em circulação.
Emite papel-moeda e metálica. A casa da moeda que fabrica.
Exerce a fiscalização das IF e aplica penalidades.
Concede autorização de funcionamento para as IF nacionais.
Ser depositário das reservas oficiais de ouro e moeda estrangeira.
Exerce o controle do crédito sob todas as suas formas.
Executa os serviços de meio circulante.
Determina o recolhimento de até 100% dos depósitos a vista e até 60% de outros títulos.
Realiza operações de redesconto e empréstimo a IF bancárias.
Prove os serviços de secretaria do CMN. Prepara ata, pauta, resoluções, divulga determinações.
Regula as condições de concorrência entre as IF.
Efetua a compra e venda de títulos públicos federais.
Executa as políticas necessárias para cumprir as metas anuais fixadas pelo CMN.
Monopólio de emissão
Só o BACEN pode emitir moeda.
Banco dos bancos
Mantem as contas em que são depositadas as reservas voluntarias e compulsórias.
Fornece crédito para IF com necessidade de liquidez.
Banqueiro do governo
Detém as contas mais importante do governo federal.
É o depositário das reservas nacionais e internacionais.
Atua em nome do tesouro nacional nos leilões de títulos públicos federais.
Representa o país junto a organismos internacionais.
Supervisor do sistema financeiro 
Emite normas, concede autorização, fiscaliza.
Executor da política monetária 
Controla a liquidez, injeta ou retira dinheiro da economia quando necessário.
Executor da política cambial 
É responsável pelo funcionamento regular do mercado de câmbio, a estabilidade relativa das taxas de câmbio e o equilíbrio do balanço de pagamento,

Outros materiais