A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
ATIVIDADE TELEAULA MATÉRIA ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO UNIDADE I

Pré-visualização | Página 2 de 2

PERGUNTA 5 
 
Leia com atenção a afirmação abaixo e assinale o pensamento correto: 
 
Emlia Ferreiro desenvolveu teses sobre as hipóteses do pensamento da criança a respeito da 
linguagem escrita. 
A autora: 
 
A- Propõe um novo método de alfabetização. 
 
B- Propõe uma pedagogia nova. 
 
C- Esclarece a compreensão de como funciona o código linguístico. 
 
D- Estudou a linguagem oral da criança. 
 
E- Não realizou nenhum estudo sobre a alfabetização infantil. 
 
Justificativa: Emilia Ferreiro estudou o pensamento da criança na reconstrução do código 
linguístico, e seus estudos ajudam o professor a entender a lógica da alfabetização. 
________________________________________________________________________________________________________ 
PERGUNTA 6 
 
Leia com atenção a situação abaixo e responda a questão: 
 
Hoje é o primeiro dia de Bruna na escola. Ela vai para o Primeiro Ano do Fundamental de nove 
anos. Sua professora a recebe na entrada da escola e começam a conversar. A professora 
explica que Bruna fará uma atividade de escrita, registrando o seu nome no papel entregue, e que 
irá acompanhá-la em sua escrita. 
 
Este procedimento descreve uma atividade para: 
 
A- Ocupar o tempo. 
 
B- Conhecer o que o aluno já sabe. 
 
C- Estabelecer regras de chamada. 
 
D- Fazer cópia e, assim, treinar a escrita. 
 
E- Fazer o aluno se concentrar na tarefa. 
 
Justificativa: os textos orientam que o professor precisa iniciar suas atividades com 
atitudes que favoreçam saber o conhecimento prévio do aluno. Este será um bom começo 
– levantar os saberes de seu grupo. Podemos dizer que a professora está fazendo uma 
sondagem inicial. 
 
________________________________________________________________________________________________________ 
PERGUNTA 7 
 
Numa escola, quando da realização de uma reunião proposta pela coordenadora pedagógica, 
cuja pauta era a discussão a respeito de alfabetização, algumas professoras manifestaram-se 
com as seguintes falas: 
 
Joana: “A representação do processo pedagógico pauta-se em ler como sinônimo de decodificar; 
e escrever, de copiar”. 
 
Ana Flávia: “Saber ler e escrever é condição necessária à participação na sociedade letrada em 
que vivemos e pré-requisito para a cidadania”. 
 
Mônica: “A contribuição de Piaget para a compreensão da elaboração do pensamento do ser que 
aprende apresenta o conhecimento como construído na interação do sujeito com o objeto de 
aprendizagem”. 
 
Cristina: “Emilia Ferreiro vem desenvolvendo teses sobre as hipóteses de pensamento que a 
criança pode apresentar a respeito da linguagem escrita”. 
 
Adriana: “As ideias de Vygotsky sobre linguagem ajudaram a esclarecer as relações entre 
pensamento, linguagem, desenvolvimento e aprendizagem”. 
 
De acordo com nossos estudos, as professoras cujas participações estão coerentes são: 
 
A- Joana e Ana Flávia. 
 
B- Cristina e Mônica. 
 
C- Joana, Adriana, Cristina e Ana Flávia. 
 
D- Ana Flávia, Mônica, Cristina e Adriana. 
 
E- Adriana, Ana Flávia, Mônica e Joana. 
 
Justificativa: a única professora que está diferente do grupo é Joana, pois vê a 
alfabetização como uma técnica de memorização, desconsiderando as práticas sociais da 
escrita. Os outros professores estão fundamentados em autores e teorias para favorecer a 
prática docente. 
______________________________________________________________________________________________ 
 
PERGUNTA 8 
 
Sabemos que a sociedade tem o hábito de tecer críticas a respeito da alfabetização, sobretudo na 
atualidade, pois temos visto alunos que terminam o Ensino Fundamental escrevendo de forma 
precária. Assim, podemos afirmar que: 
 
A- As crianças, desde cedo, leem e decifram todos os códigos escritos. 
 
B- A má interpretação da teoria da psicogênese da escrita, o abandono dos métodos de 
alfabetização e o uso incorreto do letramento são causas do insucesso da alfabetização 
 
C- Muitos dos jovens brasileiros não conseguem se expressar por meio da escrita e nem 
entender um texto quando leem. 
 
D- A leitura não é determinada pela capacidade de interpretar o que se lê. 
 
E- Os pais não se preocupam com a alfabetização dos filhos e, por essa razão, as crianças não 
leem e nem escrevem. 
Justificativa: segundo Magda Soares, temos vivido alguns movimentos, como o primeiro, 
que ela chama de desinvenção da alfabetização. É quando os educadores param de usar 
os métodos da alfabetização e deixam “os alunos sozinhos construírem o conhecimento”. 
Depois, temos a invenção do letramento, ou seja, o excesso no uso de leituras de textos e 
produções orais e o abandono da técnica e reinvenção da alfabetização – quando se deve 
trabalhar de forma indissociável a alfabetização com o letramento. Todo esse processo 
tem criado muitas possibilidades, mas pouca fundamentação teórica. 
______________________________________________________________________________________________ 
PERGUNTA 9 
 
Sobre Piaget, é correto afirmar que: 
 
I. Sua preocupação foi em explicar como a criança pensava e interagia com o mundo e com as 
pessoas para adquirir conhecimentos. 
 
II. Sua preocupação era com a postura do professor alfabetizador, que sempre interferia nas 
hipóteses das crianças analfabetas. 
 
III. Definiu que o conhecimento é construído a partir da interação do sujeito com o objeto de 
aprendizagem. 
 
A- Apenas a afirmativa III está correta. 
B- Apenas a afirmativa I está correta. 
C- Apenas a afirmativa II está correta. 
D- Estão corretas as afirmativas I e II. 
E- Estão corretas as afirmativas I e III. 
 
Justificativa: o texto aponta o pensamento de Piaget, e as questões expostas norteiam o 
trabalho dos alfabetizadores que buscam o entendimento da teoria construtivista, que 
explicita a pesquisa do autor. 
________________________________________________________________________________________________________ 
PERGUNTA 10 
 
Sobre a alfabetização e o socioconstrutivismo, estão corretas as alternativas abaixo, com 
exceção de: 
 
A- A criança percorre, no seu desenvolvimento, dentro de seu ambiente cultural, o mesmo 
caminho percorrido pela humanidade na organização do conhecimento. 
 
B- A criança inicia a representação do mundo por meio do gesto ou do desenho e chega ao 
símbolo e às regras sistemáticas reconstruindo o código linguístico utilizado na sua comunidade. 
 
C- Somente por volta dos 6 ou 7 anos de idade e tendo um professor diante de si é que a criança 
tem seu primeiro contato com a escrita. 
 
D- Na alfabetização trabalhada no chamado “método tradicional”, o processo é organizado e 
controlado pelo professor, pelo adulto. 
 
E- Processo de ensino-aprendizagem para a alfabetização deve ser organizado de modo que a 
leitura e a escrita sejam desenvolvidas por intermédio de uma linguagem real, natural, 
significativa e vivenciada. 
 
Justificativa: a criança tem contato com a escrita desde muito pequena, quando observa 
seus familiares lendo jornais ou se apropriando da leitura e escrita para as diferentes 
práticas do cotidiano. 
______________________________________________________________________________________________

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.