A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
ATV 02 DESEN

Pré-visualização | Página 1 de 3

· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	A ideia de livre comércio não se desenvolveu apenas dentro das nações, pois essa ideologia foi imposta também nas relações políticas e econômicas entre os diversos países. A partir dessa ideia surgiram os conhecidos blocos econômicos que visam diminuir os empecilhos e facilitar a relação entre as nações. Portanto, os países que fazem parte do bloco X, por exemplo, possuem livre mercado entre si, diminuindo as taxas de importação e outros tipos de tributações impostas pelo mercado externo. A negociação entre os países dos blocos são determinada de acordo com as suas necessidades econômicas e políticas. Assim, essas nações podem importar e exportar com os outros países sem nenhuma restrição, na maioria das vezes. Isso gera diversas consequências para a economia interna dos países.
 
A respeito dessa temática, avalie as assertivas a seguir.
I. A formação de blocos econômicos aumenta a concorrência interna das nações. As multinacionais poderosas que entram em determinados países possuem uma concorrência desleal com micro e pequenas empresas nacionais, e essas acabam perdendo espaço no mercado.
II. Os blocos econômicos aumentam o número de importações e exportações entre diferentes nações. Isso faz com que haja uma maior quantidade de produtos importados em determinado país.
III. Em todos os blocos econômicos existe a livre circulação de bens e pessoas. Portanto, não há empecilhos de importação e exportação de produtos, e qualquer cidadão pode circular livremente pelas nações participantes dos blocos econômicos.
 
Está correto o que se afirma em
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e II, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I e II, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. Por conta do grande número de importações e exportações entre os países parceiros de determinado bloco econômico, as grandes empresas que adentram em determinadas nações acabam retirando diversos pequenos negócios do mercado. Isso porque, muitas vezes, essas fortes marcas possuem potencial, tecnologia e baixos custos. Portanto, a formação de blocos econômicos gera essa concorrência desleal.
	
	
	
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	Holanda Ltda. é uma organização multinacional que possui sede em diversos países da América Latina. Essa empresa se originou no Brasil e, em busca de ampliar o seu mercado consumidor, sentiu a necessidade de adentrar em outras regiões. Nos dias atuais, a Holanda Ltda. possui sedes no Uruguai, na Bolívia, no Peru e no México. Com isso, a empresa melhorou os seus resultados financeiros, e se tornou uma marca conceituada em todos esses países.
 
Com relação a esse assunto, analise as assertivas a seguir.
I. Toda empresa possui o objetivo de expandir os seus negócios e, através da globalização, é possível ultrapassar limites geográficos e ir em busca de um público ainda mais extenso, de modo a aumentar o lucro.
II. A conquista de mercados estrangeiros é um fator positivo para as indústrias que visam ser reconhecidas internacionalmente e ampliar o seu público.
III. Essa formação de mercado consumidor em outras regiões não faz parte de um processo indutivo que gera a necessidade de consumo. Afinal, diversas empresas se instalam em determinados países apenas quando percebem que já existe um extenso público.
 
É correto apenas o que se afirma em
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e II, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I e II, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. Nos dias atuais, com a globalização de mercado, é possível abrir sedes de determinada marca em vários países do mundo. Isso faz com a empresa alcance um maior número de pessoas, obtenha diversos clientes e aumente o seu lucro. E isso é um fator bastante positivo para as organizações.
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	É necessário perceber a questão agrária não apenas como um problema econômico, mas também como uma problemática de cunho social e cultural. Afinal, a obtenção da terra não é usada somente para produção e comercialização de bens, mas também para compartilhar o modo de vida e a cultura geral de um povo. Esse problema é bastante recorrente nos dias atuais com os indígenas que possuem as suas terras, mas que são corriqueiramente invadidas por pessoas que desejam obtê-las.
 
Com relação a essa problemática, analise os itens a seguir.
 
I. Esse problema pode levar à perda de aspectos culturais, já que os indígenas possuem suas terras como propriedade cultural, pois durante anos nos seus terrenos foram desenvolvidas as suas crenças e o seu modo de levar a vida, de modo que retirar esse povo da sua terra é como tentar retrair a sua cultura, ou até mesmo destruí-la.
II. O mesmo ocorre com comunidades quilombolas, que usam o terreno para disseminar a sua cultura e contar um pouco mais sobre a sua história de resistência desde a época do regime escravista.
III. Muitas vezes, a dignidade dos povos dessa localidade não é levada em consideração, já que diversas pessoas perceberem as suas terras como uma forma de ganhar dinheiro e obter lucro.
IV. As leis que protegem as terras dos indígenas e dos quilombolas são eficientes e problemas como os relatados nos textos não acontecem comumente.
 
Está correto o que se afirma em
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I, II e III, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I, II e III, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. A terra indígena, assim como a quilombola faz parte da cultura do seu povo e por isso invadir esses terrenos é uma forma de tentar destruir os costumes e as crenças de determinada população. Muitas pessoas não respeitam a cultura alheia e percebem a terra apenas como uma forma de obter lucro. No entanto, esse pensamento é falho e isso é decorrente da falta de conhecimento.
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Diversas indústrias alegam que as terras improdutivas das tribos indígenas e das comunidades quilombolas poderiam ser usadas para ajudar no avanço da economia. Afinal muitas vezes esses terrenos são ricos em recursos naturais, o que ajudaria diversas empresas a produzir o seus bens. Isso apresenta uma visão de superioridade por parte das indústrias em relação às tribos e os quilombos, já que se esses fossem invadidos para ocorrer a produção de bens, toda a cultura de um povo seria desrespeitada, o que poderia levar a sua exterminação.
 
Considerando as ideias do texto, analise assertivas a seguir.
 
I. A alegação de diversas indústrias de que as terras das tribos indígenas e das comunidades quilombolas deveriam ser usadas para produção agrícola ressalta uma superioridade por parte das grandes empresas e a marginalização de um povo que há muito tempo vem sendo menosprezado pela sociedade.
II. A disputa pela posse da terra retrata a importância dada à produção de riqueza e a falta de reconhecimento em relação a cultura e a história dos povos indígenas e quilombolas.
III. A maioria das terras das tribos indígenas e das comunidades quilombolas possuem documento de posse de terra. Portanto, muitas vezes não é preciso se preocupar com a disputa de terrenos.
 
É correto apenas o que se afirma em
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e II, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I e II, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta. A falta de respeito em relação a cultura indígena e quilombola, e a ideia de superioridade por parte das grandes indústrias faz com que ocorra a disputa de terras para que produção industrial.
	
	
	
· Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	Ao mesmo tempo em que a tecnologia tem facilitado o modo de produção e gerado bastante riqueza para diversas indústrias, essa tem aumentado a desigualdade social, por conta do uso de maquinários e da exploração do trabalho humano. Esse paradoxo provoca vários malefícios para a parte da população que não é privilegiada. Isso gera diversas questões sociais, afinal a tecnologia tem influenciado, e muito, a gestão do processo produtivo, e consequentemente a situação socioeconômica dos grandes centros urbanos.
 
Com relação a esse contexto, analise