A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Intervenção (D.Constitucional - Resumo)

Pré-visualização | Página 1 de 1

INTERVENÇÃO
Competência (quem declara?)
Ato privativo do Chefe do Executivo
ESPONTÂNEA X PROVOCADA
	Decretação de Intervenção
	Espontânea
	Provocada
	PR age de ofício
(discricionária)
	PR age por requisição de outrem
(vira VINCULADA)
	• Defesa da unidade nacional
(manter integridade e repelir invasão)
• Defesa da ordem pública
• Defesa das finanças públicas
	• Hipóteses previstas
no outro quadro ali embaixo
Princípios
Excepcionalidade = medida excepcional
Taxatividade = casos previstos
Temporalidade = por tempo determinado (durante esse tempo, não pode haver Emenda Constitucional)
*cessada a intervenção,
as autoridades voltarão a seus cargos, salvo impedimento legal
Hipóteses de Intervenção federal
União Estados e DF
	• Manter integridade nacional
	• Repelir invasão
	• Pôr termo a comprometimento da ordem pública
	• Garantir livre exercício dos poderes
	• Reorganizar finanças de ente que:
		Não pagar dívida fundada por + de 2 anos consecutivos
		Não repassar tributos aos municípios
		*não pagamento de precatórios = só se for voluntário e intencional
							(insuficiência de recursos)
	• Prover execução de
		Lei federal
		Ordem ou decisão judicial
	
	• Assegurar princípios sensíveis
		Republicano
		Representativo
		Democrática
		Direitos da pessoa humana
		Autonomia municipal
		Prestação de contas
		Aplicação do mínimo em saúde e educação
	
DECRETAÇÃO DEPENDE DE:
	Garantir livre exercício dos poderes
	Solicitação do Legislativo, Executivo
ou do STF (quando for o Judiciário)
	Prover execução de ordem ou decisão judicial
	Requisição do STF, STJ ou TSE
• STF = questões sobre a CF, trabalhistas e militares
• STJ = outras questões legais
• TSE = questões eleitorais
	Prover execução de lei federal
	Provimento pelo STF + Representação do PGR
	
	*Simetria = TJ + PGJ
	Assegurar princípios sensíveis
	Provimento pelo STF + Representação do PGR
*cuidado com o joguete de palavras
Solicitação x Requisição (diferenciar isso)
Hipóteses de Intervenção estadual
Estados seus municípios
União municípios de Territórios
	• Não pagar dívida fundada por + de 2 anos consecutivos
	• Não prestar contas
	• Não aplicar mínimo em saúde e educação
	
	- tbm ocorrerá quando TJ der provimento pra
		- assegurar princípios
		- prover execução de lei, ordem ou decisão judicial
		*não cabe recurso extraordinário contra intervenção deferida por TJ
	
Decreto de intervenção
*Se couber, nomeará interventor
- Apreciação do CN ou Assembleia do Estado
	em 24h
	*se não tiver funcionando, convocação extraordinária em 24h
	- Se houver rejeição = presidente cessa imediatamente
	(sob pena de crime de responsabilidade)
*Apreciação pode ser dispensada nesses casos: (se suspender o ato bastar)
	prover execução de lei/decisão judicial
	assegurar princípios
	- ou TJ fazendo isso
(ou seja: nem sempre precisará da apreciação do CN ou da AL)