Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Artrologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

AULA: 1 
DATA: 08/12/2020
RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS: ANATOMIA HUMANA_Aula1
DADOS DO(A) ALUNO(A): 
NOME: Raiza Oqueres de Sena Elias MATRICULA: 01382639
CURSO: Farmácia POLO: Parnamirim
PROFESSOR(A) ORIENTADOR(A): Danielle Barbieri
TEMA DE AULA: ARTROLOGIA
A artrologia é a função das articulações que são estruturas que podem ser definidas como um local de conexão entre dois ou mais ossos ou seja portanto a união e a movimentação dos ossos em que permite que o nosso esqueleto se permaneça estável de qualquer atividade em que realizamos. Sua classificação é com vários critérios em que consiste um material encontrado entre as peças ósseas e que separa as articulações nelas são encontradas: fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.
Fibrosas: peças que se articulam tecido conjuntivo fibroso na qual é classificada em: suturas, sindesmoses e gonfoses.
Suturas: são articulações típicas do crânio, quando após o nascimento percebe uma grande quantidade de tecido conjuntivo e fibroso entre os ossos do crânio. No seu desenvolvimento ocorre a calcificação do tecido, uma articulação imóvel.
Sindesmoses: nessa articulação há um pouco de movimento se observa muito na articulação tíbio fíbular inferior
Gonfose: digamos que faz partes de uma articulação, porque é encontrada na raiz do dente e o alvéolo. Mas que o dente não faz parte do esqueleto.
Cartilaginosas: tecido encontrado entre as peças ósseas
Sincondroses: as peças ósseas são unidos por cartilagem hialina, por exemplo fica entre a primeira costela e o osso externo.
Sínfises: é encontrada a cartilagem fibrosa, ela é observada nos ossos do quadril chamada de sínfise púbica
Sinoviais: é um liquido sinovial que possui uma grande quantidade de ácido hialurônico que ajuda a lubrificar as superfícies da articulação. Articulação sinoviais é a união dos ossos longo, por exemplo de uma articulação sendo o joelho.
TEMA DE AULA: MIOLOGIA
Miologia é o estudo dos músculos, é sendo definido como uma estrutura anatômica que é capaz de se contrair quando devidamente estimulado sendo capaz de diminuir sua longitude mediante a um estimulo. Os músculos são divididos em três grupos: músculos involuntários de contração lenta é controlado pelo sistema nervoso seu relaxamento se dá de forma lenta e é encontrado nas vísceras. 
Músculos involuntários de contração rápida: em que consiste no músculo do coração e o miocárdio.
Músculo voluntário de contração rápida: uma contração de um exercício da vontade consciente sendo assim o músculo estriado esquelético, locomoção humana. Os músculos eles também se classificam a sua localização sendo assim, os músculos superficiais ou cutâneos e músculos profundos ou aponevroticos, em que se localiza.
Já os músculos profundos encontra-se abaixo de bainhas aponevroticas de revestimento, muito desses músculos possui inserções ósseas fazem parte da locomoção dos seres humanos, podendo encontrar esse músculo, ligados a órgãos dos sentidos ou associado com os órgãos do sistema digestivo.
Os músculos são classificados quanto ao seu aspecto exterior: Músculos longos, músculos largos, músculos curtos, músculos anulares ou orbiculares e músculos mistos.
TEMA DE AULA: SISTEMA DIGESTÓRIO
Sistema digestório é responsável pelo processamento do alimento que ingerimos, com absorção de nutrientes nele contidos e a eliminação do material que não será utilizado pelo o corpo
Os órgãos que compõem são: a boca, a faringe, o esôfago, o estomago, o intestino delgado, o intestino grosso e o ânus. E também tem as glândulas acessórias em que são: glândulas salivares, o pâncreas e o fígado.
Boca: onde a nossa digestão começa, através dos dentes que promove uma digestão mecânica que o alimento seja rasgado, amassado e triturado contendo a saliva em que promove a enzina amilase ou ptialina que promove o início da digestão dos carboidratos. A língua se mistura a saliva e forma o bolo alimentar, e que ajuda na deglutição do bolo alimentar empurrando-o em direção a faringe.
Faringe: faz parte do sistema digestório e respiratório em que se abre em direção a traqueia e ao esôfago, na qual o bolo alimentar segue da faringe até o esôfago 
Esôfago: é um órgão tubular, musculoso que conecta a faringe com o estômago, o bolo alimentar que graças as contrações do músculo liso que se forma no esôfago, contrações essas chamadas peristálticos.
Estômago: é um órgão que está localizado abaixo do diafragma é nele que o bolo alimentar sofre uma ação de suco digestivo chamado de suco gástrico 
Intestino delgado: é a porção mais longa do sistema digestório, é composto por três segmentos sendo: o duodeno, o jejuno e o íleo
Intestino grosso: é responsável pela absorção de agua e formação da massa fecal em que se divide-se em ceco, colón e reto.
Ânus: o reto termina em um estreito canal anal que se abre no ânus. É pelo ânus que as fezes são eliminadas para o meio externo
Glândulas acessórias do sistema digestório em que liberam secreções que participam do processo de digestão, são: Glândulas salivares, pâncreas, fígado.
TEMA DE AULA: CARDIOVASCULAR
É responsável pela circulação do sangue, e que transporta nutrientes e oxigênio para todo o corpo. Formada por vasos sanguíneos e o coração, tipo uma rede de tubos: os tipos de vasos sanguíneos são: as artérias, as veias e os vasos capilares.
Artérias é aonde passa o sangue que sai do coração, sendo transportado para as outras partes do corpo eles se ramificam constituindo em arteríolas que se ramifica cada vez mais em capilares.
Veias onde transporta o sangue das diversas partes do corpo de volta para o coração, transporta o sangue mais lento devido a parede mas finas do que as artérias. As veias capilares elas formam uma comunicação entre as artérias e veias que integram no sistema cardiovascular.
O coração possui a função de bombear o sangue através dos vasos sanguíneos para o corpo todo. O coração possui dois tipos de movimentos são: sístole e diástole.
Sístole: movimento de contração que o sangue é bombeado para o corpo 
Diástole: é o relaxamento, quando o coração se enche de sangue
Pulsação: se observa cada ventrículo se contraindo, que impulsiona o sangue para as artérias ou a cada batida do coração.
TEMA DE AULA: OSTEOLOGIA
É o estudo dos ossos e das cartilagens, os ossos ele tem a classificação de proteção em que órgãos mais frágeis são protegidos como a medula neural, coração e pulmões.
Sustentação: na forma de base estrutural do esqueleto do formato ao corpo 
Armazena minerais e íons, funciona como alavanca para a movimentação componente passivo de um movimento sendo os músculos a parte ativa. Produz células sanguíneas (hematopoese) 
Auto-remodelamento
Zoologia
Divisão do esqueleto ósseo 
Esqueleto axial: representado pela coluna vertebral, cabeça e tórax
Apendicular: representado pelos membros torácico e pélvico
Visceral: representado por ossos situados em vísceras.
Classificação dos ossos:
Sendo ele longos, curtos, pneumáticos e irregulares: nos ossos das mãos temos 27, ele é juntamente com os músculos e articulações, permite o manuseio dos objetos.
A estrutura das mão é dividida em três regiões: carpo, metacarpo e falange
O corpo se constitui por oito ossos: trapezóide, trapézio, escafoide, semilunar, piramidal, pisiforme, hamato, capitato
É formado por cinco ossos iguais de forma alongada´, que se articulam com os ossos com os ossos do carpo e com as falanges
As falanges corresponde ao polegar, indicador, médio, anular e auricular total de 14 falanges, as falanges se articulam com os ossos do metacarpo e são classificadas em falanges proximais, médias e distais.
Os pés se dá ao apoio de movimentação em se deslocar de um canto para o outro, em sua estrutura consiste em 26 ossos que subdividem três grupos: falanges, metatarso e tarso. Os ossos do tarso e constituído por 7 ossos tarsais, que são dispostos em dois grupos: tarso proximal e tarso distal. Os ossos do metatarso tem a função de ligar os ossos do tarso a falange, estando assim, relacionados
Página12