A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Atividade Neurulação

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividade 
Neurulação
Gabriela Coutinho Idalgo 
RA: 1320100016
Luiza Maria Monteiro Canale
RA: 1320100072
Victória Andrade Solano Rodriguez Freitas
RA: 1120100191
CASO CLÍNICO 
Uma mulher de 28 anos de idade, que fuma muito desde a sua adolescência, foi 
informada que está no segundo mês de gestação.
PERGUNTAS 
Esse hábito pode 
trazer prejuízos à 
formação do feto?
Quais alterações 
clínicas podem ser 
causadas pelo 
não fechamento 
completo do tubo 
neural?
O que é um 
teratógeno?
Cite 3 exemplos de 
teratógenos
1
Pergunta 1 Pergunta 2 Pergunta 3 Pergunta 4
2 3 4
Tabagismo na 
gravidez
Sim, esse hábito pode trazer prejuízos 
para o feto. Em 20% dos casos os fetos 
apresentam baixo peso ao nascer, 8% 
nascem de partos prematuros e 5% tem 
morte perinatais.
Além de contribuir para a síndrome da 
morte súbita do bebê e causar 
importantes alterações no 
desenvolvimento do sistema nervoso 
neural como o fechamento incompleto do 
tubo neural.
1
Bebê que nasce com 
cérebro 
subdesenvolvido e 
crânio incompleto
Significa espinha dividida. 
Pode afetar o cérebro ou 
qualquer nível da coluna 
vertebral, embora 
normalmente envolva a 
região lombossacral
Anencefalia
Espinha
Bífida
2
É tudo aquilo que 
é capaz de produzir 
dano ao embrião 
ou feto durante a 
gravidez
Podem se refletir como perda da 
gestação, malformações ou 
alterações funcionais e ainda 
distúrbios 
neurocomportamentais como 
retardo mental
teratógeno
3
Teratógenos
Mercúrio, chumbo
Radioterapia
Álcool, tabaco 
e cocaína
Talidomida, 
Misoprostol
Substâncias Químicas
Radiações
Drogas Ilícitas
Medicamentos
4
Perguntas
1
Como o cordão 
umbilical é formado?
Como a placenta é 
formada?
Quais as funções da 
placenta?
Pergunta 1 Pergunta 2 Pergunta 3
2 3
Formação do 
cordÃO umbilical
Ocorre na 5ª semana do 
desenvolvimento a partir do saco 
amniótico do alantóide e da 
vesícula vitelínica 
o saco amniótico forma 
o epitélio do cordão. O 
alantóide forma veias e 
artérias umbilicais.
A placenta é uma aposição de 
tecidos maternos e fetais, com 
intenção de trocas fisiológicas, ela 
é formada no processo de nidação.
É formada pelo cório (tecidos fetais 
extraembrionários, trofoblasto e o 
mesoblasto extraembrionário) e o 
endométrio (mucosa uterina) em 
sua fase secretora. 
Formação da placenta
Funções da placenta
● Metabolismo: síntese de glicogênio, 
colesterol e ácidos graxos;
● Transporte de substâncias: nos sentidos 
feto-materno e materno-fetal (o2, 
anticorpos, etc); 
● Secreção endócrina: secreção de hCG, 
estrogênio e progesterona. 
● Remove excretas do embrião; 
Referência
Referência
Referência
Referências Bibliográficas
https://bestpractice.bmj.com/
topics/pt-br/1161
https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.ph
p/5206360/mod_resource/content/1/pl
acenta%20e%20membranas.pdf
https://www.scielo.br/scielo.php?script=s
ci_arttext&pid=S1806-37132004000200016
Referência
Referência
Referência
https://www.scielo.br/pdf/jpe
d/v79n2/v79n2a07.pdf
http://www.hgf.ce.gov.br/index.php/component/cont
ent/article/7-instituicao/44142-teratogenese-e-reco
mendacoes-na-gravidez#:~:text=Chamamos%20de%2
0agente%20teratog%C3%AAnico%20tudo,%2Dcompo
rtamentais%2C%20como%20retardo%20mental.
Referências Bibliográficas
- MOORE, K, L., PERSAUD, T.V.N. 
Embriologia clínica. 9. ed. Rio de 
Janeiro: Elsevier, 2010. 536p.