A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Carbúnculo Sintomatico

Pré-visualização | Página 1 de 1

14/01/2013
1
CARBÚNCULO SINTOMÁTICO
Profa: Ivana Cristina 
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ANIMAIS
DISCIPLINA: DOENÇAS INFECCIOSAS DOS ANIMAIS 
DOMÉSTICOS
CARBÚNCULO SINTOMÁTICO
� Aguda
� Sinônimos
� Manqueira
� Peste do Ano
� Peste de Manqueira
� Quarto inchado
2
IMPORTÂNCIA ECONÔMICA
� Perda dos animais
� Gastos com tratamento
� Gastos com controle
3
ETIOLOGIA
�Agente etiológico
� Clostridium chauvoei
�Bacilo Gram-positivo
�Anaeróbio
�Esporula e pode manter-se no meio ambiente 
por períodos prolongados
4
ETIOLOGIA
�Resistente
� Calor
� Frio
� Dessecação 
� Produtos químicos
� Podem viver por muitos anos no pasto
� Sensibilidade
� 2-5 horas em fervura
� Temperatura de 121º C por 15 minutos
5
EPIDEMIOLOGIA
� Susceptíveis
6
6 meses a 2 anos de idade
14/01/2013
2
EPIDEMIOLOGIA
7
Morbidade 
Letalidade 
Período de incubação: 
TRANSMISSÃO
� Contaminação de ferimentos
� Castrações
� Arames
� Umbigo
� Durante parto
� Tosquias 
� Pastos contaminados
8
Ovinos
Bovinos
PATOGENIA
� Ingestão dos esporos
� Bactérias multiplicam-se no intestino
� Atravessam a mucosa intestinal e invadem a 
circulação geral
� Deposita-se em diversos órgãos e tecidos, 
inclusive a musculatura esquelética
� Nesses locais os esporos permanecem 
adormecidos até que alguma lesão ao músculo 
crie um ambiente anaeróbico apropriado para a 
germinação e proliferação do Clostridium
chauvoei
� Causando inflamação e toxemia
9
SINAIS CLÍNICOS
� Depressão
� Anorexia
� Hipertermia 
� Severa claudicação
� Parada da ruminação
10
Morte 
12 – 36 horas
LESÕES MACROSCÓPICAS
� Animal incha rapidamente
� Musculatura inchada
� Odor rançoso
� Enegrecida
� Sem brilho 
� Com bolhas de gás.
� Hemorragia pelas narinas e ânus
� Miosite hemorrágica com presença de gás
� Cavidades com líquidos hemorrágicos
11Necrópsia deve ser realizada rapidamente
LESÕES MICROSCÓPICAS
� Mionecroses
� Zonas de necrose de coagulação rodeadas por 
células inflamatórias
� Presença de bacilos esporulados ou não 
12
14/01/2013
3
DIAGNÓSTICO
� PCR
� Imunofluorescência direta
� Isolamento da bactéria 
� Inoculação em animais de laboratório
� Identificação 
13
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
� Hemoglobinúria bacilar
� Carbúnculo hemático 
� Edema maligno
14
TRATAMENTO
� Doses altas de penicilina, sulfas ou 
oxitetraciclinas
� Doença aguda
15
CONTROLE E PROFILAXIA
� Carcaças devem ser incineradas
� Quarentena de animais novatos
� Em casos de surtos, transferir demais animais do 
rebanho para outro pasto e revaciná-los
� VACINAÇÃO
16
VACINAÇÃO
� INDICAÇÕES
Prevenção do Carbúnculo Sintomático nos 
bovinos (Peste da Manqueira), Gangrena Gasosa 
dos ovinos, caprinos, bovinos e suínos, 
Enterotoxemia dos bovinos, Enterotoxemia
(Doença do rim polposo) dos ovinos, Morte Súbita, 
Edema Maligno, Tétano em bovinos, ovinos, 
caprinos e suínos, Botulismo nos bovinos, 
caprinos e ovinos e também Hepatite Necrótica 
Infecciosa dos ovinos.
17
VACINAÇÃO
� Bovinos: 5 mL. Vacinar os bezerros aos 4 meses 
de idade. Revacinar 30 dias após e anualmente.
� Ovinos e Caprinos: 2 mL. Vacinar cordeiros e 
cabritos aos 30 dias. Revacinar 30 dias após e 
anualmente.
� Animais adultos não vacinados: Vacinar com 2 
doses com intervalo de 30 dias entre elas e 
anualmente com 1 dose. 
18