A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
PROCESSAMENTO HISTOLÓGICO

Pré-visualização | Página 1 de 1

12/05
P�O��S���EN�� ��S�O�ÓGI��
Tipos de tecidos
Microscópio de luz
Por que realizar o processamento
histológico ?
Para a correta observação de uma região
Col��� �o M�t��i��
O que eu quero estudar ? Para que quero
estudar ?
- Evitar causar qualquer tipo de
dano ao material
- Mergulhar a peça imediatamente
em um fixador
Fixador: FORMOL- é o aldeído fórmico,
gás; comercializado em solução aquosa a
39,9%; Decompõe Se rapidamente na
presença de luz
Como é normalmente preparado:
Desta maneira, foi preconizado que o
formol é utilizado a 10% ( na realidade é
usado 4%- já vem diluído)
Até o PH de 7,4 (o do sangue)
A fixação é empregada para:
- Interromper o metabolismo cel
- Evitar autólise
- Matar bact e fungos
- Endurecer o tecido em
consequência da ligação cruzada
ou da desnaturação das mol de
proteína
Requisitos para uma boa fixação:
- Intervalo entre a coleta do material
e fixação
- Contato de todas as superf com o
fixador
- Grande volume do líq fixador
- Peças com espessura mínima de 1
mm e máx de 6 mm
- Tipo de fixador
Acondicionamento das amostras
Tempo de fixação
Formol: 24-48H
Tecidos mineralizados:
Descalcificadores: ác fórmico 8 a 10%;
EDTA 7 a 10%
Substância Tamponado-
para adequar o ph e não perder
substâncias
Processamento histológico
ou
Microtomia: Cortes no bloquinho de
parafina,para melhor observação e
análise. Espessura de 4 a 6.10µm
Extensão e estiramento dos cortes em
banho maria Aprox 40ºC
Pesca dos cortes
Estufa 60ºC Secagem de 1-2H
Melhoramento da adesão dos cortes:
adição de albumina
Resultado:
Coloração com hematoxilina e eosina:
Mais antiga coloração combinada e a
mais difundida em todos os laboratórios
-Hematoxilina (H): corante básico cora as
estruturas ácidas (DNA, RNA)
- Eosina (E): Corante ácido; cora as
estruturas básicas (citoplasma,
componentes extracelulares)
Juntos:
Outros met de coloração
Orceína- fibras elásticas
Impregnação pela prata- fibras reticulares
Tricrômico de masson- fibras musculares
Picrosirius Red- fibras colágena
Vários comp são perdidos durante o
processamento histológico de rotina:
Lipídios; glicogênio; Proteoglicanos;
- Cortes em congelação no
Criostato: monta-se a lâmina em
glicerina
Lipídios
Microscópio Óptico
Como analisar
Acoplamento de uma câmera ao
microscópio que transmite as lâminas no
computador