A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
adpatações na gestação

Pré-visualização | Página 2 de 2

Há aumento de eritrocitos( hemácias) mais também há um aumento plasmatico levando a anemia fisiologica. Há deficiência do ferro pelo aumento da eritropoese e o estoque de ferro serico diminui e o feto e a placenta tem um fluxo preferencial para o consumo do ferro. O numero de plaquetas está diminuido e o sistema fibronolitico está inibido, então a placenta compensa essas alterações e serve de deposito de fibrina. 
· Sistema imunologico:diminuição da função de quimiotaxia e aderencia dos leucocitos
· 
· Sistema cardiorespiratórias: 
O volume sanguíneo aumenta em 40 a 50%; a hemodiluição é responsável por uma concentração reduzida de hemoglobina;  O aumento no volume sanguíneo acarreta dilatação do ventrículo esquerdo; Ligeiro aumento na captação de oxigênio. Aumento da freqüência cardíaca durante o exercício submáximo; Essencialmente nenhuma modificação no VO 2 máx. (L/min)  Aumento da resposta ventilatória; 
Quando o útero cresce e faz uma pressão sobre o diafragma, a função pulmonar é alterada. O diafragma não pode “descer” durante a inspiração, levando muitas mulheres a sentir que não podem inalar profundamente. O tronco compensa este enchimento, permitindo que a caixa torácica aumente, providenciando um adequado espaço para os pulmões. Isso cria uma tendência para a hiperventilação, então a gestante precisa ser lembrada para respirar lentamente. As quatro maiores mudanças pulmonares durante a gravidez: diminuição na capacidade funcional residual, aumento na capacidade inspiratória, aumento da capacidade vital e não há alteração na capacidade pulmonar total
Sindromes mais comuns na gravidez:
· 
· anemia
· diabetes
· hipertensão
· hipotensão
· tunel do carpo
· salcragias
· varizes
· sangramento vaginal: aumento da vascularidade e proliferação do tecido conjutivo por estimulação do estrogenio 
· Gengivites
· Nauseas e vomitos
· Constipação: causada pelo relaxamento da musculatura lisa, diminuição do peristaltismo devido a influência da progesterona e crescimento do útero que  que comprime o intestino dificultando a passagem das fezes. O transito torna se mais lento e agua é mais absorvida que o normal
· Sialorreia ocorre por motivos psiquicos ou quimicos não consegue degluitir, uma das causas apontadas é o estrogenio aumentado pode ter relação na degluitção por conta da nausea.
· Anamnese: idade da gestaçao -idades extremas podem estar associadas a complicaçoes. Profissao pode ter interferencia no sistema musculoesqueletico. Habitos de vida: exercicios fisicos intensidade e frequencia p escolher um protocolo adequado a cada paciente. Conceitos: 
· 1° trimeste ate a 13 semana. Segundo trimestre 14 a 27 terceiro trimistre 28 a 42
· A termo : 37 a 41 semanas e 6 dias, Pré termo: 21 a 36 semanas
· Idade gestacional: conhecendo a Dum conta se os dias corridos e divide por 7 Sabe o mes mas não a data considera 5 p o começo do mes 15 meio e 25 final
· Data provavel do parto soma 7 e tira 3 meses da dum. Ex: 10 de abril 2013 - 17 de janeiro de 2014. Se for no final do mes ex: 27 e conta 7 dias 
· Avaliar alteraçoes nos diversos sistemas, edemas e caibras é necessario saber a extensao e localizaçao
· Exame fisico
· Sinais vitais (a pressao da gestante tende a ser menor 110×70 até 100x60)
· Peso, estatura, IMC
· Avaliação postural ( aumento da cifose toracica, protrusão de ombros, rotação de MMII, aumento da lordose cervical, anteriorização de cabeça, aumento da lordose lombar, anteversão pelvica, hiperextensão de joelho, sobrecarga de peso nos pés 
· Avaliar diastese do musculo abdominal: decubito dorsal, MMII fletidos e pés apoiados, utiliza o paquimetro.
· Fazer avaliação especifca em caso de dor lombar e cintura pelvica se não tiver avaliar os fatores de risco e apartir dessa mensuração ( vermelha, amarela e verde) define se a abordagem fisioterapeutica;
· Avaliar força, conscientização e coordenação das manobras de contração da musculatura perineal;
· Avaliar funcionalidade – questionario de Oswestry ( dor lombar), questionário de atividade fisica para gestantes enquadrando em sedentária leve, moderada e vigorosa.
· Avaliação neurologica: se houver queixas de parestesia, dor irradiada e alteração de força muscular. Aplicar teste de Phalen ou Phalen invertido ( nervo mediano), teste de tinel ( sd. Do tunel do carpo), teste de lasegue/ elevação da perna estendida ( ciatico) 
· Palpação: avaliar diferença de tensão, trofismo muscular, e sinais florgisticos
· 
Treinando a contração e o relaxamento do músculo do períneo, o tendão central entre a vagina e o ânus, e praticando exercício pélvico, pode-se também estimular o intestino 
Na gestação o aprendizado e a prática da respiração abdominal é relaxante e acalma a futura parturiente. Além disso, fortalece o diafragma e a musculatura abdominal, o que auxiliará no período de expulsão. 
Fortalecimento da musculatura abdominal: contração durante a expiração ativa, exercicios de mobilização pélvica com contração durante retroversão, prancha desde que a gestante consiga mantes ativação do transverso do abdomem, e ponte.
Fortalecimento e alongamento dos músculos pélvicos: 
Exercicios de fortalecimento para MMSS e cervical para preparar a gestante para o pós parto e amamentação
Termoterapia: com bolsas termicas, para aumentar o fluxo sanguineo e a extensibilidade do tecido conjuntivo, promover relaxamento e diminuir quadro algico. Gelo pode ser usado como recurso antialgico e antiinflamatorio, sendo muito eficaz para diminuir espasmo muscular. 20 minutos
Massoterapia: relaxamento muscular e liberação de opioides e melhorar o fluxo sanguineo.
Uso de órteses: cinta pelvica, para casos extremos de dor, oferece mais estabilidade articular e minimizar o quadro algico.Não é recomendado uso continuo ja que a gestante relaxa a musculatura, levando ao enfraquecimento dos abdominais. Uso durante horarios de maior intensidade e ortese de estabilização de punho para gestantes com sd. do tunel do carpo
Fisioterapia aquatica: facilita os exercicios, principalmente para as sedentarias, melhora do edema porque melhora a circulação sanguinea e proporciona estabilidade para as articulações. Pode fazer exercicios de alongamento e fortalecimento.
Pilates:relaxamento da musculatura, ,melhora a respiração, estimula os musculos estabilizadores, mantem o tonus e flexibilidade, incorpora a musculatura do assoalho pelvico;
Tecnicas de relaxamento como ioga