A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
DOENÇA DE PARKINSON

Pré-visualização | Página 2 de 2

tratamento prévio com neurolépticos − remissão espontânea dos sintomas − quadro clínico estritamente unilateral após 3 anos − paralisia supranuclear do olhar − sinais cerebelares − sinais autonômicos precoces − demência precoce − liberação piramidal com sinal de Babinski − presença de tumor cerebral ou hidrocefalia comunicante − resposta negativa a altas doses de levodopa – 
· Critérios de suporte positivo para o diagnóstico de DP (3 ou mais são necessários para o diagnóstico) − início unilateral − presença de tremor de repouso − doença progressiva − persistência da assimetria dos sintomas − boa resposta a levodopa − presença de discinesias induzidas por levodopa − resposta a levodopa por 5 anos ou mais − evolução clínica de 10 anos ou mais
Escala de Hoehn e Yahr Modificada  (HY – Degree of Disability Scale) é uma escala de avaliação da incapacidade dos indivíduos com DP capaz de indicar seu estado geral de forma rápida e prática.
 Sua forma modificada compreende sete estágios de classificação para avaliar a gravidade da DP e considera a presença dos sinais e sintomas (tremor,rigidez, bradicinesia e instabilidade postural) que permitem classificar o indivíduo quanto ao nível de incapacidade. Os indivíduos classificados nos estágios de 1 a 3 apresentam incapacidade leve a moderada, enquanto os que estão nos estágios 4 e 5 apresentam incapacidade grave
Yesavage:composta por perguntas fáceis de serem entendidas e possui pequena variação nas possibilidades de respostas (sim/não), pode ser autoaplicada ou aplicada por um entrevistador treinado. Inicialmente foi composta por 30 questões binárias (sim/não) e de fácil compreensão, após foi criada uma versão reduzida, com 15 itens, a partir da escala original, considerando-se os itens que mais fortemente se correlacionavam com o diagnóstico de depressão. Possui uma variação de zero (ausência de sintomas depressivos) a quinze pontos (pontuação máxima de sintomas depressivos). Possui um escore de corte ≥ 5 para determinar a presença de sintomas depressivos nos idosos.
Tratamento
A escala Hoehn e Yahr além de classificar a DP em estágios inicial, moderado e grave, ajuda também na escolha do tipo de intervenção fisioterapêutico de acordo com classificação que se encontra o paciente. O estágio inicial é caracterizado por completa funcionalidade, podendo o paciente apresentar tremor e rigidez unilateral, sendo o tratamento basicamente preventivo. O estágio intermediário ou moderado é composto por sintomas bilaterais, incluindo bradicinesia, rigidez, alteração da postura e da marcha, devendo o programa de tratamento incluir exercícios corretivos. No estágio tardio ou grave, o paciente encontra-se intensamente comprometido e dependente nas atividades de vida diária sendo o tratamento, nesta fase, composto principalmente, por cuidados com a pele, higiene e função pulmonar, além do tratamento farmacológico e, algumas vezes, cirúrgico.
O tratamento dos pacientes portadores de DP deve ser de início precoce, complexo e contínuo. Este deve ser também individualizado, pois cada paciente possui um conjunto peculiar de sinais e sintomas, resposta a medicações e uma gama de necessidades sociais, ocupacionais e emocionais que devem ser levadas em conta na hora da escolha do melhor tipo de tratamento
· Treinamento de marcha (sem e com estímulos externos);
· Treinamento das atividades diárias;
· Terapia de relaxamento e exercícios respiratórios.
· Estímulos visuais, auditivos e somato-sensitivos. Estes estímulos facilitam os movimentos, o início e continuação da marcha, o aumento do tamanho dos passos e a redução da frequência e intensidade dos congelamentos . 
· Treinamento do equilíbrio;
· Fortalecimento. 
· exercícios na esteira e com ciclo ergômetro. 
· Exercícios resistidos;
· Pilates;
· Hidroterapia;
· FNP