A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
sd fragilidade e sd imobilidade

Pré-visualização | Página 3 de 3

força física e da tolerância ao exercício:
· Diminuição da força de preensão: medida com dinamômetro na mão dominante e ajustada segundo o gênero e o índice de massa corporal (IMC). 4) Baixo nível de atividade física: medido pelo dispêndio semanal de energia em quilocalorias (com base no autorrelato das atividades e exercícios físicos realizados) e ajustados segundo o gênero. 5) Lentidão: medida da velocidade da marcha indicada em segundos em uma distância de 4,6 metros e ajustada segundo o gênero e a altura
· O declínio no gasto total de energia
· 2) Exaustão: avaliada por autorrelato de fadiga, indicada por duas questões da Escala de Depressão do Centro de Estudos Epidemiológicos (CES-D).
 Diagnostico:
· pré-frágil àquele com uma ou duas dessas características;
· frágil aquele indivíduo que apresentar três ou mais características;
 Manifestações clínicas mais freqüentes : perda de peso não intencional, fraqueza muscular, fadiga, percepção de exaustão, anorexia, inatividade física e alterações de marcha e equilíbrio.
Tratamento: (prevenção da fragilidade do que para reversibilidade do quadro )
Treinamento resistido, exercícios aeróbicos e alongamentos, exercicios em grupos, treino de velocidade de marcha, equilibrio