A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
resumo john B Watson

Pré-visualização | Página 1 de 1

Resumo- Psic. Experimental
John. B. Watson
John. B. Watson nasceu em Greenville, Carolina do Sul, no ano de 1878. Sua mãe era muito religiosa, seu pai era o extremo oposto dela. Na infância e juventude Watson era visto como um completo delinquente por seus professores e até por si mesmo.
Watson se matriculou na Universidade de Furman decido a ser ministro religioso, por conta de uma promessa que havia feito a sua mãe. Em 1900 recebeu o grau de mestre, mesmo ano em que sua mãe morreu, o que fez com que ele fosse liberado do voto que ela de seguir a vida clerical.
Com isso ele decidiu ir para a Universidade de Chicago, para fazer pós-graduação em filosofia sob direção de John Dewey, mas logo seu entusiasmo pela filosofia diminuiu. Graças às obras de James Rowland Angel se interessou pela psicologia, com isso se doutorou na Universidade de Chicago em 1903. Nesse mesmo ano se casou com uma de suas alunas (Mary), e continuou como instrutor na Universidade até 1908. Publicou sua dissertação sobre a maturação neurológica e psicológica do rato branco e assim demonstrou sua preferência por sujeitos animais
Em 1908 recebeu a oferta de um cargo de professor efetivo na Johns Hopkins de Baltimore onde passou 12 anos. Watson tornou-se chefe do departamento de psicologia e substituiu, como editor, Baldwin um dos fundadores da prestigiosa revista Psychological Reviw.
Por volta de 1903 começou a pensar sobre uma abordagem mais objetiva para a psicologia. Em 1913 publicou na revista o artigo Behavior: an introducion comparative psychology. Depois de dois anos da publicação deste artigo foi eleito presidente da APA, porém suas atividades profissionais oram interrompidas pela Primeira Guerra; passado esse acontecimento ele começou suas pesquisas com crianças em 1819, neste mesmo ano publicou o livro Psychology rom the standpoint of Behaviorist. 
No ano de 1920 se apaixonou por sua assistente e depois do divórcio com sua mulher se casou com sua assistente Rosalie Reyner, o que foi um escândalo e foi forçado a demitir-se da Universidade Johns Hopkins.
Em 1921 ingressou na agencia J. Walter Thompson, e começou uma segunda carreia profissional como psicólogo aplicado no campo da publicidade, e então propôs um estudo científico do comportamento do consumidor em condições de laboratório, como uma cuidadosa atenção para com as pesquisas. A proposta era tornar os consumidores insatisfeitos com os produtos que tinham e gerar o desejo por novos bens.
Watson fez palestras na New School for Social Research da cidade de New York. Surgindo delas o livro Behaviorism. No ano de 1928 publicou o livro Psychological care of the infant and child. O livro estava cheio de conselhos rigorosas sobre o modo de educar as crianças, exemplo: os pais nunca deveriam abraça-las ou permitir que sentem em seu colo.
Em 1935 sua esposa Rosali morreu, o que afetou drasticamente a vida de Watson. Aos 79, ano de 1970 a APA lhe concedeu um prêmio por suas contribuições para a psicologia, e no ano seguinte John B. Watson faleceu.