A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
39 pág.
Multimeios Aplicados à Educação - Resumo dos Temas 1 a 6

Pré-visualização | Página 9 de 12

administração, o conjunto de habilidades, conhecimentos e atitudes que uma pessoa 
pode absorver e fazer destas ações naturalmente praticáveis, e de acordo com as suas 
necessidades de aplicação. 
Alusão: refere-se a algo, menciona, cita, traz à tona. 
Layout: implica na definição de um esquema, um projeto, um arranjo, uma organização 
de elementos dentro de um determinado espaço, seja físico ou virtual (layout de um site, 
ou seja, a disposição dos elementos de navegação e interação, por exemplo). 
 
 
GOSTOU DO MATERIAL? Então não se esqueça de curtir! 
 
27 Anhanguera - Pedagogia – Multimeios Aplicados à Educação 
Tema 5 
Objetos de Aprendizagem 
1. Objetos de Aprendizagem: O que são? 
O que se entende como objetos de aprendizagem é que estes são recursos que podem 
envolver o uso de tecnologias, porém, não somente. Quando aliados ao ensino e 
aprendizagem, podem enriquecer este processo. Desta forma, alguns autores afirmam 
que objetos de aprendizagem são arquivos, filmes, fotos, artigos, jogos e até mesmo 
desafios. A maioria destes objetos de aprendizagem está disponível na internet, porém é 
necessário saber como encontrá-los. 
Tajra (2012) ressalta que com o advento da internet, tanto o uso quanto o 
desenvolvimento de recursos tecnológicos como os acima mencionados foram 
incentivados e, com eles, as facilidades destes: 
Seria quase impossível escrever, em poucas linhas, as grandes vantagens e 
possibilidades que podemos ter com a internet. Tudo isso é possível a um custo de uma 
ligação telefônica local, sem pagar passagens aéreas, sem pegar congestionamento no 
trânsito, sem custos de hotelaria. Para ter acesso à internet, basta ter um micro, uma 
linha telefônica, um modem e estar associado a algum provedor (empresa que 
comercializa acesso à internet). (TAJRA, 2012, p. 125) 
Neste sentido ainda, a autora diz que a internet tem muito a contribuir com os processos 
educacionais. A considerar tamanha quantidade de objetos de aprendizagem 
disponíveis, e, na mesma medida, inúmeras maneiras de implementá-los em educação, 
seja presencial ou à distância. 
Então, é importante que neste momento esteja claro que são considerados objetos de 
aprendizagem: reportagens, filmes, vídeos, imagens e figuras, jogos, simuladores, 
repositórios de dados, e estes usam fortemente o auxílio da internet para serem 
disponibilizados, veiculados e, principalmente, tornarem-se acessíveis com o intuito de 
agregar e levar informação e conteúdo educativo em diversas formas, a mais locais. 
Essa possibilidade traz à tona uma reflexão acerca da importância da internet nesse 
processo e, por esse motivo também, algumas asserções se fazem relevantes neste 
cenário, tais como, os papéis e posturas do professor, por exemplo, e não apenas deste, 
como da escola e o planejamento da educação de forma geral: 
A internet apresenta-se como um dos motivos da necessidade de mudança do papel do 
professor. Ela é uma oportunidade para que professores inovadores e abertos realizem 
as mudanças de paradigma. A internet é ilimitada; a cada momento são inseridas, 
 
 
GOSTOU DO MATERIAL? Então não se esqueça de curtir! 
 
28 Anhanguera - Pedagogia – Multimeios Aplicados à Educação 
excluídas e alteradas suas páginas. É impossível o professor deter o conhecimento das 
diversas fontes de pesquisas, dos mais variados sites existentes na rede. Muitas vezes, os 
alunos localizam informações em páginas que nunca foram visitadas pelos professores. 
(TAJRA, 2012, p. 126) 
Sendo assim, o professor se torna um dos principais agentes deste processo de aprender, 
disseminar e ensinar como utilizar esses recursos: “O ponto crucial para o sucesso de um 
projeto educacional, com o uso da internet, é a capacitação dos professores.” (TAJRA, 
2012, p. 127). Outro fator importante: o planejamento do uso desses recursos fica 
novamente salientado, em função de ter de acontecer esse processo que foca o professor 
e o conteúdo, para que depois, de fato, seja utilizado em sala de aula. 
Veja agora um breve resgate acerca da internet e sua consolidação: 
Anos 60 
Cientistas pesquisam técnicas de conexões 
compartilhadas. 
1969 
Implantação dos primeiros quatro pontos da ARPANET: 
UCLA, Universidade da Califórnia, Universidade de Utah e 
Instituto de Pesquisa de Stanford. A partir da ARPAnet, 
várias outras redes surgiram, tais como Milnet, Bitnet, 
NSFNET. 
1981 A CSNET oferece serviço de discagem para e-mail. 
1982 O protocolo TCP/IP passa a ser utilizado na ARPANET. 
1984 É instituído o sistema DNS. 
1988 Roberto Morris Jr. solta um vírus na internet. 
1994 Iniciam as transmissões de vídeo e áudio pela internet. 
1995 Explosão da internet em todo o mundo. 
Início de 
2000 
Internet acoplada à televisão. 
Comércio eletrônico via internet. 
Acesso à internet via telefonia celular. 
Vídeoconferência. 
Comunicação da internet por meio da voz. 
Aumento extensivo do uso da internet para realização de 
negócios, seja no âmbito empresarial, seja no âmbito 
acadêmico. 
 
Como você pode notar, juntamente com a consolidação deste meio de comunicação tão 
importante para a atualidade, seja para transações comerciais, de relacionamento, ou 
ainda educacionais, há muito ainda por crescer e, com isso, as possibilidades de 
aplicação também aumentam. 
 
 
GOSTOU DO MATERIAL? Então não se esqueça de curtir! 
 
29 Anhanguera - Pedagogia – Multimeios Aplicados à Educação 
Atualmente, a utilização da internet vai além de disponibilização de informações e 
apenas a realização de transações comerciais. A contribuição para os processos 
educacionais pode ser bastante significativa, desde que este aluno seja direcionado e 
orientado a usar de forma prudente e correta, e que os ambientes educacionais, 
presenciais ou virtuais, estejam preparados para esta realidade de imersão. Seja em 
atividades inovadoras, seja em caráter de orientação e capacitação para uso voltado ao 
sistema educacional. 
1.1 Para que servem os objetos de aprendizagem 
Os objetos de aprendizagem, de acordo com Prata et al. (2007), precisam ter a sua 
aplicação definida, ou seja, a identificação do seu papel educacional serve para que seja 
alcançado o objetivo de despertar no aluno reflexões acerca do conteúdo a que se aplica 
e a que contextos, pode ser replicado o seu uso. Neste sentido, salienta que: 
Não há um limite de tamanho para um Objeto de Aprendizagem, porém existe o 
consenso de que ele deve ter um propósito educacional definido, um elemento que 
estimule a reflexão do estudante e que sua aplicação não se restrinja a um único 
contexto. (PRATA et al., 2007, p. 20). 
Dentre os elementos de destaque para o uso dos Objetos de Aprendizagem (OA), 
destacam-se o seu caráter: 
• Flexível: essa característica se dá em função da possibilidade de reutilização 
para mais de uma atividade, por exemplo. 
• De fácil atualização: quando necessária alguma atualização, por todos os 
objetos estarem concentrados em um único banco de dados e projeto, essa 
operação é facilitada. 
• Customização: é possível adequar os objetos de aprendizagem, de acordo com 
o seu tipo, para com a identidade visual da escola, ou mesmo, utilizá-lo para 
vários cursos. 
• Interoperabilidade: é comum, por serem disponibilizados pela internet, ou, 
se valerem de programas que são comuns para os ambientes educacionais, que 
estes possam ser utilizados em qualquer local. 
Abaixo são recomendados pela autora Tajra (2012) alguns sites em que há inúmeros 
objetos de aprendizagem disponíveis para pesquisas e investigações posteriores: 
 
 
 
 
GOSTOU DO MATERIAL? Então não se esqueça de curtir! 
 
30 Anhanguera - Pedagogia – Multimeios Aplicados à Educação 
Sites para pesquisa escolar 
Biblioteca 
Virtual de 
Literatura 
http://www.biblio.com.br 
Biblioteca 
Virtual de São 
Paulo 
https://bsp.org.br/ 
Brasil Escola http://brasilescola.com.br 
Bússola 
Escolar 
http://www.bussolaescolar.com.br