A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA

Pré-visualização | Página 2 de 3

usado para classificar os seres humanos em raças não é mais considerado válido pela ciência
 
PORQUE
 
II. A herança e a diversidade genética são substanciais à sobrevivência da espécie humana, mas não suficientes para dividi-la em raças.
 
É correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
	Resposta Correta:
	 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
	Comentário da resposta:
	  Resposta Correta. A classificação dos seres humanos em raças não é mais validada pela ciência porque, apesar de sua importância, a herança e  a diversidade genética não suficientes para classificá-la em raças.
	
	
	
· Pergunta 7
1 em 1 pontos
	
	
	
	“A gente ainda guarda um retrato muito parecido com esse período pré-emancipação, pré-Lei Áurea nesse sentido de que a sociedade continua delegando as ocupações de maior exploração e de menor remuneração à população negra”, diz Etkin.
 
GOMES, Helton Simões. Brancos são maioria em empregos de elite e negros ocupam vagas sem qualificação. G1, 2018. Disponível em: < https://g1.globo.com/economia/noticia/brancos-sao-maioria-em-empregos-de-elite-e-negros-ocupam-vagas-sem-qualificacao.ghtml>. Acesso em: 20 de jun. de 2019.
 
Essa afirmação expõe e explica
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
o racismo existente no Brasil
	Resposta Correta:
	 
o racismo existente no Brasil
	Comentário da resposta:
	  Resposta Correta. O racismo é ainda presente no Brasil, que mantém grandes desigualdades entre brancos e negros. Como exemplo podemos citar a área da educação e as oportunidades de emprego.
	
	
	
· Pergunta 8
1 em 1 pontos
	
	
	
	Os primeiros antropólogos no século XIX buscavam uma teoria que explicasse o panorama geral do progresso cultural humano. Ao estudarem os relatos de viajantes, exploradores e colonizadores, eles comparavam relatos no intuito de ordenarem as origens e a evolução das culturas. Nessa mesma época, Darwin havia postulado em sua obra, “Origem das Espécies”, de 1859, a evolução orgânica dos seres. Além disso, a teoria evolutiva também passa a ser aceita nas ciências, de modo que começa a ser aplicada para explicar as diferenças entre as culturas. É nesse contexto que se desenvolvem as teorias evolucionistas e o chamado “racismo científico”.
LAAI, T. Antropologia e Cultura Brasileira.Capítulo 2.(Apostila)
 
 Considere as asserções abaixo e a relação proposta entre elas.
 
I. A “Origem das Espécies” de Darwin apresentou os conceitos de evolução do orgânica do homem e racismo científico.
 
PORQUE
 
II. Demonstrou que havia uma hierarquia relacionada as características biológicas e fenotípicas do ser humano.
 
É correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
As asserções I e II são proposições falsas.
	Resposta Correta:
	 
As asserções I e II são proposições falsas.
	Comentário da resposta:
	Resposta Correta. A teoria “Origem das Espécies” de Darwin apresentou apenas a evolução dos seres, até o homem. O que levou ao racismo científico foram as teorias evolucionistas.
	
	
	
· Pergunta 9
1 em 1 pontos
	
	
	
	O tombamento é o instrumento de reconhecimento e proteção do patrimônio cultural mais conhecido, e pode ser feito pela administração federal, estadual e municipal. Em âmbito federal, o tombamento foi instituído pelo Decreto-Lei nº 25, de 30 de novembro de 1937, o primeiro instrumento legal de proteção do Patrimônio Cultural Brasileiro e o primeiro das Américas, e cujos preceitos fundamentais se mantêm atuais e em uso até os nossos dias.
 
Bens Tombados. IPHAN, 2014. Disponível em: < http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/126>. Acesso em: 20 de jun. de 2019.
 
Sobre o tombamento, você diria que:
 
I. O patrimônio tombado está registrado em Livros de Tombo
II. Preserva de forma regulamentar itens de nossa cultura como, por exemplo, a Festa do Boi
III. É um mecanismo de informação que dá lógica e inteligibilidade ao patrimônio
IV. Está relacionado a memória social e identidade cultural brasileira
 
Estão corretas as afirmações:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e IV.
	Resposta Correta:
	 
I e IV.
	Comentário da resposta:
	  Resposta Correta. Preservar e tornar patrimônio os bens culturais para que estejam sempre presentes e disponíveis na cultura, cria e conserva a memória social e, consequentemente, sustenta a nossa identidade cultural. Os Livros de Tombo onde está registrado o patrimônio cultural brasileiro pode ser acessado na internet, no Portal do Iphan.
	
	
	
· Pergunta 10
1 em 1 pontos
	
	
	
	A palavra quilombo vem do idioma banto, sendo uma referência a "guerreiro da floresta".
A primeira definição de quilombo na administração colonial ocorreu em 1740. Quem a fez foi o Conselho Ultramarino Português. Para esta instituição, o quilombo era:
"toda a habitação de negros fugidos que passem de cinco, em parte desprovida, ainda que não tenham ranchos levantados nem achem pilões neles".
BEZERRA, Juliana. Quilombo. Toda matéria, 2017. Disponível em: < https://www.todamateria.com.br/quilombos/>. Acesso e: 20 de jun. de 2019.
 
 Considere as asserções abaixo e a relação proposta entre elas.
 
I. Uma das formas de resistência do povo negro era a formação de quilombos [...] que significa “grupo de pessoas em deslocamento”.
 
PORQUE
 
II. Nosso país foi o último a abolir a escravidão [...] a população negra foi abandonada à própria sorte, sem a realização de reformas que a integrassem socialmente a uma nova realidade, baseada no trabalho assalariado.
 
É correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
	Resposta Correta:
	 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
	Comentário da resposta:
	  Resposta Correta. Os quilombolas, como forma de resistência dos negros escravizados, já existiam antes da abolição da escravatura.
	
	
	
ATIVIDADE 1 (A1)
 
·
 
Pergunta 1
 
1 em 1 pontos
 
 
 
 
[...] Uma sociedade moderna, complexa e heterogênea como a brasileira 
se caracteriza por abrigar, em relativa harmonia, diversas tradições e 
diferentes visões de mundo. Assim, a existência desse complexo 
sociocultural abrangente está vinculado à ideia de n
ação, por isso, existe 
uma política cultural de Estado. Com isso, na medida em que o Brasil se 
considera um país democrático e pluralista, tais políticas se preocupam 
com a preservação de nossos patrimônios histórico, artístico e cultural, 
e, consequenteme
nte, da memória social do país. [...]
 
No Brasil, a proteção do patrimônio cultural está prevista na 
Constituição Federal. Em termos oficiais, os órgãos do Estado 
responsáveis pelo estudo, pela proteção e pela divulgação do que se 
refere aos patrimônios cul
turais são a Comissão Nacional de Folclore e o 
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. [...]
 
LAAI, T.
 
Antropologia e Cultura Brasileira.
 
Capítulo 2.(Apostila)
 
 
 
 
Considere as asserções abaixo e a relação proposta entre elas.
 
 
 
I. A antropol
ogia utiliza
-
se apenas de documentação histórica ao estudar 
grupos sociais marginalizados.
 
 
 
PORQUE
 
 
 
II. Existem políticas públicas para preservar memórias que fazem parte 
de nosso patrimônio cultural.
 
 
 
É correto afirmar que:
 
 
 
 
Resposta
 
Selecionada:
 
 
 
A
 
asserção
 
I
 
é
 
uma
 
proposição
 
falsa,
 
e
 
a
 
II
 
é
 
uma
 
proposição
 
verdadeira.
 
Resposta
 
Correta:
 
 
 
A
 
asserção
 
I
 
é
 
uma
 
proposição
 
falsa,
 
e
 
a
 
II
 
é
 
uma
 
proposição
 
verdadeira.
 
Comentário
 
da
 
resposta:
 
Resposta Correta.
 
Apesar das políticas existentes, 
muitas vezes a documentação é p
recária sendo 
necessário recorrer a transmissão oral de crenças e 
valores.
 
 
 
 
 
·
 
Pergunta 2
 
ATIVIDADE 1 (A1) 
 Pergunta