A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Lisossomos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Os lisossomos são pequenos sacos 
membranosos sintetizadas através do 
complexo de golgi. 
 
 
 
 
Essa organela contém enzimas 
hidrolíticas em seu interior, como, por 
exemplo: 
✦ Fosfatase; 
✦ Proteases; 
✦ Nucleases; 
✦ Glicosidases; 
✦ Lipases; 
✦ Fosfolipases; 
✦ Sulfatases. 
 
 
Para ocorrer a ativação das enzimas é 
necessário que elas estejam presentes 
em um pH ácido. 
Para acidificação do pH, as H+ ATPases 
(proteínas integrais) bombeiam H+ para 
o interior do lisossomo. 
 
A principais funções desempenhadas 
pelos lisossomos são: digestão 
heterofágica, autofagia, autólise e 
apoptose. 
 
• 
É a degradação de estruturas trazidas 
para o interior celular através de 
endocitose ou fagocitose. 
• 
A autofagia compreende a degradação 
de organelas velhas ou em desuso.
• 
É o processo de destruição celular, onde 
a membrana dos lisossomos se rompe 
liberando as enzimas no citoplasma .
• 
É o processo em que a célula recebe um 
estímulo e se fragmenta em vários 
corpos apoptóticos. 
 
Estão presentes em todas as células, 
porém são encontrados em altas 
quantidades nos macrófagos (destruição 
de patógenos). 
 
 
 
 
 
As proteínas da membrana dos 
lisossomos apresentam ligações com 
grupos carboidratos-açucares que 
impedem a autodigestão. 
membrana 
enzimas 
 proteínas de 
 transporte