A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Questões Crise do Século XIV e Centralização do poder real

Pré-visualização | Página 2 de 4

as plantações, as revoltas 
camponesas e a profunda crise econômica e de abastecimento de alimentos e de produtos manufaturados 
de luxo, constituiu-se num dos elementos preponderantes da aceleração da crise do sistema feudal dos 
séculos XIV e XV. 
16. Trata-se de um testemunho da enorme mortalidade resultante da repressão impetrada pelos senhores 
feudais às revoltas populares provocadas pela elevação da renda agrícola e do valor da terra pertencente 
aos camponeses, o que trouxe como desdobramento o êxodo urbano e o reforço dos laços de servidão. 
 
Questão 07 - (UFSC) 
Na Idade Média, entre os séculos XII e XV, verificou-se uma ascensão da economia europeia. No entanto, 
dentro desse período, em meados do século XIV, ocorreu uma significativa retração econômica. 
 
Em relação a este assunto, é CORRETO afirmar que: 
01. a crise econômica verificada em meados do século XIV se deveu às Cruzadas, movimento religioso que 
deslocou milhares de homens em idade produtiva rumo ao Oriente Médio. 
02. a Peste Negra acarretou uma drástica diminuição da população, com reflexos diretos na economia. 
04. tudo indica que a Peste Negra originou-se no Oriente, matando mais de um terço da população europeia. 
08. a crise econômica gerada pela Peste Negra foi o marco decisivo para o fim do sistema feudal. 
16. como forma de fugir da Europa infectada pela Peste Negra, milhares de europeus se dispuseram a seguir as 
Cruzadas para libertar Jerusalém sitiada. 
32. a ascensão econômica entre os séculos XII e XV foi uma realidade exclusiva dos países ibéricos, em função 
das grandes navegações lá iniciadas. 
 
 EXERCÍCIOS: 
 CRISE DO SÉCULO XIV E CENTRALIZAÇÃO DO PODER REAL 
Questão 08 - (UFES) 
SAÚDE HUMANA E AS PANDEMIAS 
 
Pandemia é uma epidemia que se espalha por uma grande região (por exemplo, um continente), ou até mesmo 
pelo mundo. Um caso notório de pandemia foi a “Peste Negra”, que devastou o continente europeu a partir de 
1347. Nos anos seguintes, essa pandemia assolou a Europa e dizimou cerca de 20 milhões de pessoas, ou seja, 
um terço da população da época. 
Essa doença era causada pela bactéria Yersinia pestis, transmitida ao ser humano através das pulgas dos ratos-
pretos (Rattus rattus) ou outros roedores. Esses ratos chegavam à Europa nos porões dos navios vindos do 
Oriente. Na época, verificava-se que a noz-moscada fresca, acondicionada num saquinho pendurado no 
pescoço, servia para espantar a peste negra, atuando como repelente para as pulgas. Além da “Peste Negra”, 
um outro caso de pandemia famoso foi a “Gripe Espanhola”, que ocorreu no período de 1918-1919, 
contabilizando, em apenas seis meses, 25 milhões de mortos. 
Atualmente, vivemos um período de vigília, tendo em vista que a Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta 
para o possível aparecimento de uma nova pandemia mundial oriunda da mutação do vírus H5N1 da “Gripe 
Aviária”. 
 (BURRESON, Jay; COUTEUR, Penny. Os botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a história. São Paulo: Jorge Zahar, 2006. Modificado.) 
A Peste Negra dizimou um elevado percentual da população europeia no século XIV. Os efeitos da Peste no 
mesmo século foram a 
a) crise da cavalaria e a decadência das cidades italianas. 
b) crise do capitalismo e o enfraquecimento do poder papal. 
c) escassez de mão-de-obra e as revoltas camponesas. 
d) escassez de alimentos e a expansão marítima e comercial dos países ibéricos. 
e) aproximação entre a burguesia e o clero e a ascensão das monarquias nacionais. 
 
Questão 09 - (FATEC SP) 
A dissolução do Feudalismo foi apressada, no final da Idade Média, por uma sucessão de acontecimentos que 
geraram a chamada “crise do séc. XIV”. 
Entre esses acontecimentos é correto citar: 
a) Epidemias, como a Peste Negra, originadas principalmente da falta de estrutura das cidades para suportar 
o aumento populacional e enfrentar o problema da fome. 
b) Grande Fome, manifestada neste século, devido ao grande número de pragas que destruíram as 
plantações. 
c) Guerra dos Cem Anos, envolvendo, de um lado, França e Espanha e, do outro, Inglaterra e Portugal, e que 
gerou inúmeras mortes. 
d) Revolta dos Camponeses; estes, sem ter o que comer, abandonaram os campos e causaram muitas mortes 
nas cidades. 
e) Epidemias, como a Peste Bubônica, que matou cerca de 2/3 de toda a população da Europa. 
 EXERCÍCIOS: 
 CRISE DO SÉCULO XIV E CENTRALIZAÇÃO DO PODER REAL 
 
Questão 10 - (FATEC SP) 
Observe o gráfico. 
 
 
Fonte dos dados <https://tinyurl.com/yyu562xp> Acesso em: 05.10.2019. 
 
A leitura do gráfico permite concluir, corretamente, que o período de queda demográfica mais acentuada na 
Europa ocorreu 
a) na primeira metade do século XI, devido ao período de secas que comprometeu as colheitas e provocou 
fome generalizada em toda a porção ocidental do Continente. 
b) na primeira metade do século XII, quando a introdução de técnicas agrícolas não-sustentáveis provocou o 
esgotamento dos pastos e a diminuição pronunciada dos rebanhos bovinos. 
c) na segunda metade do século XIII, devido à perseguição promovida pela Igreja Católica contra judeus, 
muçulmanos e praticantes de religiões pagãs, acusados de bruxaria. 
d) na primeira metade do século XIV, quando o número de infectados pela peste negra atingiu seu ápice, 
provocando a morte de pouco menos de um terço da população europeia. 
e) na segunda metade do século XV, devido à migração de milhões de europeus em direção aos continentes 
recém-descobertos no processo das Grandes Navegações. 
 
Questão 11 - (FUVEST SP) 
Afirmo, portanto, que tínhamos atingido já o ano bem farto da Encarnação do Filho de Deus, de 1348, quando, 
na mui excelsa cidade de Florença, (...) sobreveio a mortífera pestilência. (...) apareciam no começo, tanto em 
homens como nas mulheres, ou na virilha ou na axila, algumas inchações (...) chamava‐as o populacho de 
bubões (...). 
Giovanni Boccaccio, Decamerão. 
A respeito da Peste Negra do século XIV, é correto afirmar: 
a) Provocou gravíssima queda demográfica, que afetou grande parte da produção econômica europeia. 
b) Originou‐se no Oriente, penetrou no continente europeu pelos portos e manteve‐se restrita à Península 
Itálica. 
c) Foi provocada pela fome e pela desnutrição dos camponeses e favoreceu o processo de centralização 
política. 
d) Foi contida pelo caráter de subsistência da economia europeia, que dificultava o contato humano e, 
assim, o contágio. 
e) Estimulou as investidas contra os territórios muçulmanos no movimento conhecido como Segunda 
Cruzada. 
 EXERCÍCIOS: 
 CRISE DO SÉCULO XIV E CENTRALIZAÇÃO DO PODER REAL 
 
Questão 12 - (UNITAU SP) 
 
A dança macabra. Xilogravura italiana de 1486. 
 
Até por volta de 1350, raramente a morte era retratada e, quando o era, tratava-se de uma mensageira do 
mundo divino. A partir daí, a morte tornou-se um tema recorrente na arte e na literatura, representada como 
uma força impessoal, com iniciativa própria. O significado da morte alterou-se e, com ele, toda uma 
sensibilidade: perdendo qualquer conotação ética, a morte deixou de ter natureza cristã. 
 FRANCO Jr., Hilário. Idade Média, nascimento do Ocidente. São Paulo: Editora Brasiliense, 2001. Adaptado. 
A imagem e o texto se referem, exclusivamente, a qual contexto histórico? 
 
a) Ao contexto de crise da Idade Média e dos conflitos sociais, em que aldeias e cidades eram cobertas de 
cadáveres de clérigos e nobres. 
b) Ao contexto de doenças generalizadas, que se espalharam por toda a Europa, trazidas do Oriente pelas 
galeras genovesas. 
c) Ao contexto da peste negra, que, nesse período, atingia a todos, poderosos e humildes, clérigos e leigos, 
jovens e velhos, virtuosos e pecadores.