A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Obrigações de dar

Pré-visualização | Página 2 de 2

recai sobre o objeto da prestação, ou seja, sobre a coisa a ser dada. A determinação da 
coisa será feita no momento da execução/ entrega. 
 
Exemplo: Pontes reserva com o feirante 10 kg (QUANTIDADE) de tomates (GENERO) caqui 
(qualidade) para serem entregues. No momento da contratação, não se sabe quais serão os tomates 
que irão compor os 10kg, mas se sabe a prestação consiste na entrega do gênero tomate, na 
quantidade de 10kg e qualidade caqui. 
 
Na obrigação de dar coisa incerta para ser cumprida, deve ser convertida em obrigação de dar coisa 
certa. Chama-se concentração. 
® Deve ser feita uma ESCOLHA = individualização da coisa 
 
Mas quem deve escolher? A escolha cabe ao DEVEDOR, mas não pode dar a coisa pior e nem será 
obrigado a entregar a melhor. 
Ou então, as partes podem pactuar/ entrar em acordo de quem fará a escolha. 
¨ Art. 244 do CC 
Art. 245. Cientificado da escolha o credor, vigorará o disposto na Seção antecedente. 
Art. 246. Antes da escolha, não poderá o devedor alegar perda ou deterioração da coisa, ainda que 
por força maior ou caso fortuito.