A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Extinção do crédito tributário

Pré-visualização | Página 1 de 1

Extinção
Pagamento
Compensação
Transação 
(art. 171, 
CTN)
Remissão 
(art. 172, 
CTN)
Prescrição e 
Decadência
O prazo para pagamento, 
quando não fixado pela 
legislação, é de 30 dias 
após a notificação do 
lançamento
Ocorre quando duas 
pessoas, sujeito ativo e 
passivo, forem ao mesmo 
tempo credor e devedor de 
obrigações tributárias, 
umas com as outras, 
operando-se a extinção até 
onde se compensarem
Para que tenha validade é 
necessária a edição de lei 
prévia e o trânsito em 
julgado com relação às 
obrigações
Acordos mútos 
celebrados entre o 
fisco e o 
contribuinte, 
mediante 
autorização legal
Perdão da dívida, 
autorizada por 
meio de lei.
DECADÊNCIA (art. 173, CTN): Perda 
do direito subjetivo do fisco em 
efetuar o lançamento, em constituir o 
crédito tributário dentro do prazo de 
cinco anos
PRESCRIÇÃO (art. 174, CTN): Perda 
do direito do fisco em efetuar a 
cobrança do crédito tributário, que já 
esteja constituído de forma definitiva, 
dentro do prazo de 5 anos
Conversão de 
depósito em 
renda e a ação de 
consignação em 
pagamento
Homologação do Lançamento ? Art. 150, §§ 1º 
e 4º, do CTN.
- Decisão administrativa irreformável, assim 
entendida a definitiva na órbita administrativa,
que não mais possa ser objeto de ação 
anulatória e que seja 100% favorável ao
contribuinte.
- Decisão judicial passada em julgado, ou seja, 
a decisão judicial que não caiba mais recurso.
- Dação em pagamento em bens imóveis.
a) Recusa no recebimento;
b) Bitributação;
c) Subordinação de obrigações 
tributárias distintas na mesma guia 
de recolhimento.
Pagamento 
antecipado
Keila Santos
Opera-se DEPOIS 
do lançamento do 
crédito tributário