A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Resumo de anatomia do sistema digestório

Pré-visualização | Página 1 de 7

Anatomia – Sistema digestório 
Considerações: 
- Órgãos que realizam coletivamente a digestão e absorção dos nutrientes e eliminação dos resíduos; 
- TRATO GASTROINTESTINAL: tubo contínuo que se estende da boca até o ânus; 
- ORGÃOS ACESSÓRIOS: dentes, língua, glândulas salivares, fígado, vesícula biliar e pâncreas; 
- PERISTALSE: movimentos do bolo alimentar ao longo do TGI. 
Funções: 
- Fornecer nutrição ao corpo; 
- Outras: preensão; mastigação; deglutição; digestão; absorção; eliminação (resíduos). 
Nutrição -> energia; crescimento; desenvolvimento; regeneração; reparação. 
Divisão do sistema digestório 
a. Canal alimentar: cavidade bucal; faringe; esôfago; estômago; intestinos (delgado e grosso); reto; ânus 
b. Órgãos anexos: glândulas salivares; fígado; pâncreas. 
Órgãos do sistema digestório 
Fixas (aderidos à parede abdominal/dorso): duodeno; cólon ascendente; cólon descendente -> mais propensos a trauma devido 
à falta de liberdade. 
Móveis: jejuno; íleo; cólon transverso; sigmoide. 
Cavidade bucal: 
1ª parte do tubo digestivo; 
estende-se dos lábios a orofaringe; 
não há absorção de alimentos; 
lábios e bochechas movimentam o alimento entre os dentes durante a mastigação -> mastigação apenas de um lado pode 
lesionar articulação temporomandibular. 
Processo: 
- Ingestão de alimentos; 
- Salivação; 
- Umidificação dos alimentos; 
- Mastigação; 
- Degustação; 
- Respiração; 
- Fala; 
- Expressão facial. 
Limites da cavidade bucal: 
anterior - lábios; 
posterior – istmo das fauces (separa cavidade bucal da orofaringe); 
* c/ papilas valadas 
lateral – bochecha; 
superior – palato; 
inferior - língua e assoalho. 
 
 
 
- Sulco nasolabial 
 
 
 
 
 Divisões da cavidade bucal: 
- Vestíbulo bucal (entre a mucosa da bochecha, os lábios e os processos alveolares da mandíbula e da maxila); 
- Processo alveolar e arcos dentais; 
- Cavidade bucal propriamente dita (separada do vestíbulo pelos proc alveolares). 
 Músculos do lábio: 
a. Constrictor - m. orbicular da boca 
b. Dilatadores/levantadores do lábio superior 
~ medial p/ lateral - 
- M. levantador do lábio superior e da asa do nariz; 
- M. levantador do lábio superior; 
- M. levantador do ângulo da boca; 
- M. zigomático menor; 
- M. zigomático maior. 
c. Dilatadores/abaixadores do lábio inferior 
~ do lateral p/ medial - 
- M. depressor do ângulo da boca; 
- M. depressor do lábio inferior; 
- M. mentual. 
Irrigação do lábio: 
- A. facial (3º ramo da a. carótida externa); 
 - A. labial inferior; 
 - A. labial superior. 
 Inervação do lábio: 
- Lábio superior: nervo infraorbital (V/2 - 2ª divisão do n. trigêmio); 
- Lábio inferior: nervo mentual (V/3). 
* nervo infraorbital – inerva desde a comissura labial até a porção mediana do lábio (filtro) - superior 
* nervo mentual – entre o forame mentual e o dente canino (comissura-porção mediana do lábio inferior) 
 Vascularização dos lábios - artérias labiais: 
- Face interna dos lábios 
a. Freio labial superior 
b. Freio labial inferior 
* como pregas, servem p/ manter o lábio na posição habitual 
 
* em vermelho, gls salivares menores, tb presentes no palato 
- Bochechas 
1. Plano superficial: 
Mm. risório, zigomáticos, platisma. 
2. Plano intermediário: 
Corpo adiposo da bochecha (gordura de Bichat); 
Vasos faciais (artéria e veia); 
Rr. Bucais do VII par; 
Nervo Bucal (V - ramo do trigêmio). 
3. Plano Profundo: 
M. Bucinador c/ ducto carotídeo (passa p/ boca;). 
Papila parotídea - na parte interna da bochecha, na altura do 2º molar superior c/ óstio central – gl parótida secreta saliva na 
boca por meio dela -> em caso de parotidite, pode haver secreção de pus. 
Tônus palatino – desenvolvimento de tec osso entre os ossos palatinos. 
Palato duro – separa boca e nariz 
- Processo palatino das maxilas (lateralmente); 
- Lâmina horizontal do osso palatino (posteriormente). 
 
* irrigadas por artérias palatinas maior e menor 
Palato mole: 
Músculos do palato mole - 
- Músculo da úvula + M. palatoglosso (palato mole até a língua) + M. palatofaríngeo -> restabelecer o palato mole; 
- M. tensor do véu palatino (dá voltinha no proc pterigoide) + M. elevador do véu palatino -> mov superior p/ impedir o 
refluxo do alimento p/cavidade nasal. 
Inervação do palato - 
- Nervos palatinos maiores / menores e nasopalatino (no forame incisivo) 
* Tórus mandibular - formação óssea na parte interna do proc alveolar da mandíbula. 
Assoalho da boca: 
Músculos - 
- da língua; 
- Suprahioideos. 
Glândulas (representantes das salivares maiores) 
- Submandibular (superior e inferior ao m. milo-hioideo); 
- Sublingual. 
Vasos e Nervos - 
- A. Lingual; 
- N. Lingual (V – ramo do trigêmio); 
- N. Hipoglosso (XII). 
Lingua: 
- Base (posterior); 
- Ápice (anterior); 
- Bordas; 
- Dorso; 
- Ventre (parte de baixo); 
- Divisão em terços -> 2/3 oral + 1/3 orofaringe. 
 
* papilas - degustação 
* tonsilas – sistema linfático -> defesa 
* entre a raiz e o corpo – forame cego 
Composta por músculos esqueléticos cobertos por uma membrana mucosa, que movem a língua para frente, para trás e para os 
lados. É usada para movimentar os alimentos, deglutir e falar. Também responsáveis pela forma da língua; 
Forma o assoalho da boca; 
Está unida ventralmente ao assoalho da boca por uma membrana chamada: frênulo da língua. (ANCILOGLOSSIA: língua presa 
– frênulo curto -> prejuízo da fala e da alimentação) 
Músculos intrínsecos da língua - modificação da forma da língua 
- M. longitudinal superior; 
- M. longitudinal inferior; 
- M. transverso; 
- M. vertical. 
Inervação e vascularização da língua - 
Artéria lingual 
Sensibilidade geral: 2/3 anteriores (n. lingual – V3 - trigêmeo) e 1/3 posterior (IX par - hipoglosso) 
Sensibilidade gustativa: 2/3 anteriores (VII par) e 1/3 posterior (IX par) 
Inervação motora: XII par 
 
Dentes: 
- Órgãos digestórios acessórios localizados nos alvéolos dos processos alveolares da mandíbula e da maxila; 
- GENGIVAS: recobrem os processos alveolares, formando o sulco gengival. 
 Dentição - 
 
* incisivos -> caninos -> molares 
* novidade da 2ª dentição (permanente) - 1º e 2º pré-molares + 3º molar 
 
 
* ligamento periodontal: mov no proc alveolar + impede que o dente saia facilmente + na mastigação, o ligamento traciona e 
estimula osso alveolar -> osso é reabsorvido e é formado osso novo -> qnd perde dente, lig periodontal deixa de existir e 
estímulo para 
• INCISIVOS: cortam o alimento 
• CANINOS: perfuram o alimento; 
• PRÉ MOLARES E MOLARES: trituram e dilaceram o alimento; 
Glândulas salivares: 
- Órgão que secreta saliva na cavidade bucal (1000 ml a 2000 ml/dia); 
- Conservam a mucosa úmida, limpam a boca e os dentes, e ajudam na preparação do alimento, formando o bolo alimentar; fala; 
- Umedecimento, dissolução, lubrificação do alimento, início da digestão; 
- A saliva lubrifica e dissolve os alimentos e começa a decomposição química dos carboidratos e lipídios. 
Glândulas salivares maiores 
a. Glândulas parótidas = localizadas abaixo e anteriormente à orelha; ducto se abre no vestíbulo próximo ao 2ª molar 
- As maiores glândulas salivares; 
- 25 gramas; 
- Limites: M. esternocleidomastoideo, mandíbula + Arco zigomático + Meato acústico externo + M. masséter e ângulo 
mandíbula 
* Ducto de Stenon / Stensen (ducto parotídeo) - desemboca no vestíbulo da boca 
Irrigação da parótida 
- Ramos glandulares da artéria carótida externa; 
- Irrigação da veia retromandibular e veia facial -> desemboca no sistema da veia jugular (interna e externa); 
- Ramos glandulares da artéria carótida externa; 
- Veia retromandibular e veia facial. 
Inervação da parótida 
- Sensitivo: n. auriculotemporal (V3) e auricular magno; 
- Parassimpático: nervo glossofaríngeo -> gânglio ótico -> nervo auriculotemporal (inibe); 
- Simpático: plexo carotídeo externo (estimula) 
* simpático e parassimpático controlam produção de saliva 
* Síndrome de Frey – fibras terminais do sistema