A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
IDADE MODERNA

Pré-visualização | Página 2 de 2

Dissolve o Parlamento e inicia uma ditadura 
Repressão à Revolta Católica na Irlanda 
Elimina grupos radicais: Diggers (escavadores) e Levellers (niveladores) 
Atos de Navegação 
Monopólio inglês (supremacia marítima da Inglaterra) 
Todo transporte de mercadorias deveria ser feito entre a Inglaterra e suas colônias somente 
 
Revolução Gloriosa 
Em 1688, Guilherme de Orange, com o apoio de tropas holandesas, invadiu a Inglaterra, 
derrubando do trono britânico o rei Jaime II (Golpe do Parlamento). Coroado Guilherme III, 
tornou-se rei e se comprometeu a respeitar e defender a Declaração de Direitos, aprovada pelo 
Parlamento em 1689. Institui-se uma Monarquia Parlamentar. 
Revolução Industrial 
Foi um processo de grandes transformações econômico-sociais que começou na Inglaterra no 
século XVIII. 
Pioneirismo Inglês 
A Inglaterra possuía grandes reservas de carvão mineral em seu subsolo, ou seja, a principal 
fonte de energia para movimentar as máquinas e as locomotivas à vapor. Além da fonte de 
energia disponível, possuíam grandes reservas de minério de ferro, a principal matéria-prima 
utilizada nesse período. A mão de obra disponível em abundância (desde a Lei dos Cercamentos 
de Terras), também favoreceu a Inglaterra. A burguesia inglesa tinha capital suficiente para 
financiar as fábricas, comprar matérias-primas e máquinas, e contratar empregados. O mercado 
consumidor inglês também pode ser apontado como importante fator. 
Fases 
Na 1° fase da Revolução o material industrial básico é o ferro, a principal fonte energética é o 
carvão e o setor predominante é o têxtil. Já na 2° fase, material industrial básico é o aço, as 
principais fontes energéticas são eletricidade e petróleo e os setores predominantes são 
petroquímico, siderúrgico, bélico e naval. 
Consequências 
Produção em massa e extrema divisão do trabalho 
Aumento demográfico 
Crescente urbanização 
Duas classes sociais antagônicas: burguesia e proletariado 
Melhoria das condições de vida das classes altas 
Proletarização dos artesãos 
Péssimas condições de vida e de trabalho da classe operária 
Afirmação do Estado Liberal 
Surgimento de novas teorias: Socialismo