A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Trombose

Pré-visualização | Página 1 de 1

Formação de uma massa
intravascular, constituída por
elementos sanguíneos, aderida
à parede do vaso.
Exacerbação da resposta
hemostática!
Hemostasia: Prevenção da perda
sanguínea;
Rompimentos de um vaso provoca
 constrição vascular 
formação de tampão plaquetário 
formação de coágulo sanguíneo 
fribinólise
Trombose
Lesão endotelial: 
- Necrose do endotélio –
Desnudamento endotelial
• Vírus
- Adenovirus canino tipo I
- Peste suína
• Bactérias
- Erysipelothrix rhusiopatiae
- Mannheimia haemolytica
- Haemophilus somnus
- Salmonella typhimurium
• Fungos
- Aspergillus
- Mucor
- Absidia
• Parasitas nematóides
- larvas Strongylus vulgaris
- larvas Spirocerca lupi
- Dirofilaria
• Vasculite imune-mediada,
• Toxinas
• Injeções intravenosas
incorretas
Tríade de VirchowConceito
1 - Adesão e agregação
plaquetaria na área de
desnudamento  formação da
cabeça do trombo
a) ativação da cascata de
coagulação
2 - Deposição de fibrina 
formação do pescoço do trombo
3 – Deposição de hemácias 
hemácias aumentam o tamanho
desse trombo  cauda do
trombo
Ausencia de celulas endoteliais
no trombo!!!!
- Quanto à localização:
cardíaco, valvar,
Arteriotrombo, flebotrombo e
microtrombos
(Capilares)
- Quanto à oclusão:
murais/parietais ou oclusivo
- Quanto à aparência: branco,
vermelhos e mistos
Trombose
Fluxo sanguíneo anormal
- Fluxo sanguíneo com
marginalização de hemácias 
favorece a formação de tombos
- Axial: normal
- Turbulência: acelerado e
com fluxo marginal (bifurcações
d evasos)
- Estase: fluxo lento/
estático – se concentrando e se
tornando marginal
Ex:
• Estase local/fluxo reduzido
• Doenças cardíacas
• Aneurisma
• Hipovolemia
Hipercoagulabidade
• Neoplasias
- Algumas células
neoplásicas produzem
substancias que ativa a cascata
de coagulação
• Procedimentos cirúrgicos
• Inflamação
- aumento de fator tecidual
- Maior ativação plaquetária
- Maior concentração de
fibrinogênio
Desnudamento endotelial 
exposição colágeno subendotelial
com fator de von Willebrand
adesão e ativação plaquetária
 trombose
Patogenia
Classificação
Área de desnudamento endotelial!
Relevância do trombo depende...
• Localização
• Capacidade de alterar a perfusão
de um tecido dependente
• Dissolução - trombólise
• Propagação - fornece um
estímulo constante para a agregação
plaquetária e a coagulação
• Organização: fibroplasia e
Angiogênese - plaquetas e fibrina
são quimiotáticos para fibroblastos
– formação do tecido cicatricial –
pode ocorrer incorporação à parede
vascular
• Embolização - o trombo ou
parcela dele podem se soltar,
ganhando a circulação
Trombose
Trombos cardíacos e arteriais
• Opacos
• Aderidos à parede vascular
• Vermelho-acinzentados
• Geralmente aparência laminada,
exibindo camadas alternadas, de
plaquetas, fibrina, hemácias e
leucócitos (linhas de Zahn)
Trombos valvares
- Se fixam as valvas
cardiacas
- De etiologia bacteriana 
Tártaros e periodontites
Trombos venosos
• Geralmente em áreas de estase
• Gelatinosos
• Moles
• Brilhantes
• Vermelho-escuros
• Amoldamento à luz vascular
• Ponto de fixação à parede
vascular
Trombos microvasc1ulares
Em geral relacionados à infecção
sistêmica, neoplasia, coagulação
intravascular disseminada
Macroscopia Microscopia
Evolução

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.